Alunas suspensas no caso do aluno atropelado

Escola suspende agressora e mais duas envolvidas no vídeo do jovem atropelado

A Escola Básica Dr. António Augusto Louro, no Seixal, suspendeu três alunas devido ao caso de bullying que foi divulgado através de um vídeo nas redes sociais.

Como resultado do processo disciplinar instaurado a seguir ao atropelamento de um jovem desta escola, a partir desta quarta-feira, a agressora que se vê no vídeo não poderá ir à escola durante 12 dias.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2021/06/alunas-suspensas-no-caso-do-aluno-atropelado/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Mirtha on 8 de Junho de 2021 at 18:32
    • Responder

    Porque não especifica se são 12 dias em que há aulas ou consecutivos, contando com os dias de fim de semana e feriados. Se for este último caso, o castigo é demasiado brando. Os jovens já vão aprendendo que o crime compensa!!!

      • Suspensão on 8 de Junho de 2021 at 21:09
      • Responder

      Só espero que não seja um professor a fazer este comentário. O mesmo só revela um desconhecimento do Estatuto do Aluno e da Ética Escolar (Lei nº 51/2012) .

        • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 9:24
        • Responder

        De onde venho as leis não estão acima das pessoas. Primeiro a pessoa e depois as leis só em casos de peleias em tribunal!!! Aqui vcs se agarram sempre à lei! E as pessoas que se desmerdem… ¿não é assim o típico tuga do Portugal dos Pequeninos bem espelhado em Coimbra? Só neste fim da europa! Os últimos em tudo na europa e arredores!

        • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 9:25
        • Responder

        lolololol

        • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 18:26
        • Responder

        lololololol

        • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 18:43
        • Responder

        És uma menina ou minino cumpridorazinha(o) do sistema!!! lolololololol

    • Phill on 9 de Junho de 2021 at 18:33
    • Responder

    E o condutor da viatura? Não será punido?
    Sendo uma estrada onde há uma escola, deveria estar a uma velocidade de, no máximo, 20 km/h. Se tivesse a conduzir com bom senso, não haveria atropelamento. Eu, sendo professor, quase fui atropelado duas vezes em frente a escola da Ramada, porque os carros ali não andam, voam.

    O bullying é um problema sério, mas faz parte dos nossos desafios quotidiano. O que me espanta nessa história foi o atropelamento diante de uma escola. Isso, sim é perigoso e fora do normal.

      • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 18:50
      • Responder

      lolololololollololololol

    • Mirtha on 9 de Junho de 2021 at 18:47
    • Responder

    Aqui se aprende desde muito tenro que o crime compensa e que tudo é muito facilitado e de mínimo esforço possível… Basta ir a todo o lado e sentir que somos muito mal atendidos … são os filhos da pseudo democracia da falta de respeito por si e pelos outros!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  1. Solução : “a agressora que se vê no vídeo não poderá ir à escola durante 12 dias.” Na minha opinião deve ser transferida de escola. Os casos muito graves devem ser transferidos….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: