80 ALUNOS, 16 PROFESSORES E 15 FUNCIONÁRIOS EM ISOLAMENTO

MELGAÇO: 80 ALUNOS, 16 PROFESSORES E 15 FUNCIONÁRIOS EM ISOLAMENTO

Quatro turmas, num total de cerca de 80 alunos, quinze funcionários, e dezasseis professores do agrupamento de escolas de Melgaço, estão em isolamento profilático. A notícia, que está a ser avançada pelo Jornal de Notícias (JN), da conta ainda de que a medida abrange também os familiares próximos dos visados, foi decretada pela Direção-Geral da Saúde.

Segundo aquele jornal, foi recentemente detetado um caso confirmado de COVID-19 numa docente.

No entanto, em declarações ao JN, a subdiretora do Agrupamento de Escolas, Alzira Domingues, considera que a medida imposta pela Direção-Geral da Saúde (DGS) foi “exagerada”. Isto porque a escola ficou a funcionar com “apenas quatro funcionários”.

Já quanto aos professores, conta ainda o JN, o problema acabou por encontrar solução no ensino à distância.

Recorde-se que o concelho de Melgaço sofreu na passada sexta-feira um disparo no aumento de casos ativos de infeção por COVID-19. De dois passou para nove, de acordo com o mais recente relatório epidemiológico da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) datado desse mesmo dia.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/04/80-alunos-16-professores-e-15-funcionarios-em-isolamento/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Zaratrusta on 20 de Abril de 2021 at 9:55
    • Responder

    Espelho meu, espelho meu, há algum tasco mais seguro que o meu?

    Esta ideia tem sido transmitida desde o início da pandemia pelos donos de todo o tipo de tascos. Donos de restaurantes, de bares, de discotecas, donos de câmaras municipais, de lojas, cabeleireiras, donos de escolas, etc. Não se compreende que com tanta segurança, as coisas tenham chegado onde chegaram. Enfim, sinais de um país atrasado.

    • Falar verdade on 20 de Abril de 2021 at 11:06
    • Responder

    Mais virão. Mas o sr. Ministro da Educação, bateu o pé e as escolas tinham que abrir. Abriram, E anda-se num vaivém de casos, ou seja há um caso vai tudo para casa, depois volta tudo à escola, depois volta a ir tudo para casa. Assim, se vai gerindo a pandemia deste país. Mas o importante é que as crianças não ficassem obesas, nem com infâncias ou adolescências perdidas. Perguntem por exemplo a uma criança da República centro africana, o sinónimo para os vocábulos:
    “infância” e “adolescência”.
    E são humanos como todas as outras crianças espalhadas pelo mundo e as vacinas ainda nem chegaram lá.

    As mentalidades devem ser reformadas e ajustadas ao mundo em que vivemos, não apenas ao mundo tecnológico e evoluído. O mundo que futuramente será marcado por pandemias. E as crianças e os adolescentes têm que estar preparados para momentos de resguardo, de proteção, porque eles compreendem que existe uma guerra e para isso é necessário esforço. Os adultos é que parecem não entender!

    • Alecrom on 20 de Abril de 2021 at 11:13
    • Responder

    Tinha de ser a senhora diretora a dizer que são medidas exageradas. Olha se o cargo dela não dependesse… da famiglia.

      • maria on 20 de Abril de 2021 at 18:22
      • Responder

      Diz o octogenário Ti Domingos : ” C…lho ! A culpa foi do Cabo da Guarda Fiscal que deixou entrar os contrabandistas !

  1. Comecem a fazer testes indiscriminadamente e depois queixam-se que fecha tudo no vosso concelho…
    Caguem nos testes….aquilo é do falsos positivos

    • Carlos on 20 de Abril de 2021 at 16:25
    • Responder

    .
    Foda-se………….

    Puta que pariu esta MERDA…..Tudo contaminado……..

    O Socialismo da Merda de António Costa serve para este tipo de gestão da pandemia e, diga-se, serve tambem para enrrabar os professores. Em 2022, 2023, 2024 e 2025 não haverá nem um cêntimo de aumento salarial porque Portugal está FALIDO, ou seja, não tem CHETA. Leiam com atenção o Programa de Estabilidade e Crescimento 2021-2025

    Está tudo Fodido…..nem a dita BASUKA…..
    .

    .

  2. És um malcriado …
    RUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: