Segunda-feira as escolas vão-se encher de alunos… do 1.º e 2.º Ciclo

 

Com a terceira fase de desconfinamento não serão só os alunos do Educação Pré-Escolar que regressarão à escola, haverá muitos mais a regressar.

Com as medidas anunciadas ontem e legisladas hoje, as famílias não terão outra hipótese de deixar as crianças nas escolas de acolhimento, em casa dos avós ou entregues a si mesmos.

O fim do teletrabalho obrigatório, o fim da suspensão de serviço, a cessação do apoio excecional à família por assistência a filhos ou outros dependentes a cargo decorrente da opção de não deixar os filhos ou outros dependentes na creche, ama, ou centros de atividades ocupacionais e a reabertura de valências, vai deixar muitos pais sem alternativa.  Para muitos o corte de vencimento que são sujeitos os que recorrem ao apoio excecional de apoio à família está a tornar-se insustentável. Juntando-se a tudo isto, teremos a pressão por parte dos patrões para o regresso ao trabalho.

As escolas deverão estar à espera de um aumento significativo do número de crianças a frequentar as escolas de acolhimento.

Isto traz outros problemas. As escolas de acolhimento não estão preparadas para o E@D a não ser através do telensino, o que faz com que, ou os alunos levam de casa o equipamento informático para assistirem às aulas síncronas e assíncronas que estão a decorrer, ou limitar-se-ão a aulas assíncronas ao final do dia quando voltarem a casa. Mais uma a juntar ao role de razões para a fomentação de desigualdade de oportunidades entre os alunos…

Não esquecer que com o aumento de número de alunos nas escolas de acolhimento será necessário destacar mais pessoal docente e não docente para essas escolas.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/05/segunda-feira-as-escolas-vao-se-encher-de-alunos-do-1-o-e-2-o-ciclo/

16 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Rui, gostava de saber onde foi buscar estas ideias. O plano para a terceira fase de desconfinamento prevê a continuação de apoios financeiros, até ao final do ano letivo, para pais de menores de 12 que não frequentem creches nem pré escolar. É aconselhável informar-se bem antes de emitir opiniões sob pena de as ver confundidas com fake news.

    1. É o post “para encher chouriços”.
      Pais com filhos no 1o ou 2o ciclo (menores de 12 anos) vão sim continuar a ter apoio.

    • Luluzinha on 30 de Maio de 2020 at 14:08
    • Responder

    Conjunturas??? Não será conje(c)turas? Haja paciência: piores que alunos!

    1. Quem escreveu conjunturas ????

        • Luluzinha on 30 de Maio de 2020 at 19:20
        • Responder

        Estava numa mensagem que, misteriosamente, desapareceu! Que coisa tão extraordinária!

    • Libertário on 30 de Maio de 2020 at 14:42
    • Responder

    E aconselhável ler bem este artigo. Também é aconselhável vestir as calças dos outros que não são professores ou funcionários públicos. Aqui em casa já chegou o email para o membro da família que não é professor se apresentar no posto de trabalho na segunda-feira e se não houvesse professores por aqui, lá teríamos de deixar os petizes em algum lado.
    Quantos patrões não estarão a enviar email’s neste momento?
    Não me venham com a história do subsidio que, como é referido no post, limita muito os orçamentos de vencimentos mais baixos.
    Vamos a um exemplo, um casal onde um membro é agente da PSP e outro é assistente de loja num centro comercial e trabalha por turnos. O agente da PSP é considerado essencial e não pode ficar em casa, o assistente de loja é coagido a voltar ao trabalho porque sem a sua presença os turnos na loja não poderão decorrer com o pessoal mínimo exigido . Julgam que a coação não dará resultado e que o patrão não acenará com soluções mais drásticas? Em que país é que vocês vivem? Saiam de casa que o confinamento anda-vos a retirar a noção da realidade.

      • Helder on 30 de Maio de 2020 at 14:49
      • Responder

      Nos anos transatos onde metiass os teus filhos em junho?

      É só artistas….
      As aulas ACABAVAM a 4 e a 9 de junho.

        • Libertário on 30 de Maio de 2020 at 16:54
        • Responder

        Aconselho-te a consultares o calendário escolar de todos os ciclos de ensino, não só o do secundário.

          • Brigas on 30 de Maio de 2020 at 17:13

          O artigo fala do 2 ° e. 3° ciclos.
          São esses a “multidão” para a escola.

  2. Correção correção, correção fraterna: NÃO É ENSINO PRÉ ESCOLAR!
    O correcto é EDUCAÇÃO !
    O ensino refere-se a: obrigatório/ básico/secundário/ superior/ formal.
    Grata por corrigir para a próxima.

  3. “Juntando-se a tudo isto, teremos a pressão por parte dos patrões para o regresso ao trabalho.”
    Falta de conhecimento leva a estas barbaridades!
    Este comentário é mesmo de quem está a leste da realidade.
    Olhe saia da concha, leia os jornais, informe-se antes de mandar bitaites para o ar!

    • Maria Teresa Canhão on 30 de Maio de 2020 at 20:30
    • Responder

    Não recebi qualquer notificação do meu agrupamento, por isso , desconsidero a publicação, sobre reabertura das escolas do 1º e 2º Ciclos, na 2ª feira.
    Foi aprovada hoje, para aplicar na 2ª feira? Não terá que ser publicada em DR, caso tenha sido legislado ontem e aprovado, hoje?
    Parece que alguém aqui, está a tentar cometer um atentado à sanidade mental de professores e todos quantos trabalham nas escolas!
    Já me agradaram mais, as notícias que fui recebendo deste Blog. Já me agradaram mais, porque lhes conferia credibilidade…!

    1. As escolas de referência para trabalhadores essenciais já estão abertas desde o início do confinamento. Cada Agrupamento teve que definir a sua.

    • Filipe on 30 de Maio de 2020 at 23:21
    • Responder

    Não querem confinamento , preferem pedir mais de 500.000 moratórias para andarem a fazerem vidas de luxo nas parias e restaurantes já cheios , coisa que o anos passado era impensável estas multidões no mesmo período do ano e havia calor na mesma , não havia o vírus . Os bancos nãos são parvos e depois um dia quando forem chamados a ter que pagar casa e carro , já não se lembram que os tinham de pagar . O Tuga é estúpido … apanha tudo para escapar aos pagamentos . Era de aproveitar o vírus para confinarem e pouparem dinheiro para pagarem o que devem . Deixem-se de armar em Califas … pois , o vírus não vai perdoar a estupidez do desconfinamento amestrado para dar dinheiro a privados criminosos . Os desconfinantes que comprem um ventilador para ter em casa de reserva , vai ser preciso brevemente …

    • Carla Garcez on 31 de Maio de 2020 at 19:15
    • Responder

    Os pais têm apoio desde que não trabalhem em instituições sociais como é o meu caso tenho uma filha de 8anos mas como trabalho numa ipss deixo de ter qualquer apoio e ir trabalhar

  4. Confirma-se escolas super cheias. Ehehehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: