Professores terão de ser ouvidos pelas escolas na marcação de férias

 

Professores terão de ser ouvidos pelas escolas na marcação de férias

O Parlamento aprovou nesta quinta-feira alterações ao decreto-lei do Governo de Abril sobre as medidas excepcionais para a educação onde passa a constar que os professores terão que ser consultados pela direcção da escola para o ajustamento das férias ao calendário escolar, de forma a garantir as “necessidades decorrente do calendário de provas e exames”.

“A marcação de férias (…) é ajustada pela direcção da escola, ouvidos os docentes, ao calendário escolar garantindo as necessidades decorrente do calendário de provas e exames”, lê-se no novo texto, que acrescenta que isso “não prejudica o direito ao gozo de férias por parte dos docentes”.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/05/professores-terao-de-ser-ouvidos-pelas-escolas-na-marcacao-de-ferias/

1 comentário

    • Amaral on 22 de Maio de 2020 at 12:27
    • Responder

    Mas qual a novidade? Não foi sempre assim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog