Posição do Conselho Geral da Escola Secundária de Avelar Brotero sobre as aulas presenciais

Mais um Conselho Geral que toma uma posição.

Download do documento (PDF, 69KB)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/05/posicao-do-conselho-geral-da-escola-secundaria-de-avelar-brotero-sobre-as-aulas-presenciais/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Filipe on 15 de Maio de 2020 at 14:53
    • Responder

    Resumindo , o que querem hoje é entulhar crianças menores de idade dos 0 aos 17 anos , como uma espécie de laboratório experimental , agora travestido de Escola , para daí colherem frutos na economia e turismo , custe o que custar . Dispõem assim dos humanos no século XXI tal como antes , antes ? Aqui : ” The victims of unethical human experiments and coerced research under National Socialism. ” ( 1 ) Pá … qual é aquela parte onde os novos casos de infetados em Portugal foi reduzido a zero ? Cada vez aparecem mais casos , de onde vieram ? De baixo dos Sobreiros ? Só pessoas dementes irão consentir que os descendentes sejam postos em Campos de Concentração do presente Nacional – Socialismo Nazi protegido por Comunistas Assassinos de Patarei ( 3 ) . Defendam as crianças . ( 2 )

    1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4822534/

    2. https://lifestyle.sapo.pt/familia/noticias-familia/artigos/covid-19-impor-distanciamento-nas-creches-e-uma-violencia-sem-nome

    3. https://www.inyourpocket.com/tallinn/patarei-sea-fortress-and-former-prison_8013v


  1. Deliberação
    O Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio, reunido em 12 de maio, de 2020, votou, por unanimidade, a seguinte posição relativamente ao retorno às aulas presenciais dos alunos dos 11º e 12º anos e à realização de exames nacionais no ano letivo de 2019/2020:

    Professores, assistentes operacionais, funcionários dos serviços de Administração Escolar, pais, alunos e repetivas famílias correm riscos com o regresso às aulas presenciais perante os quais as garantias de segurança dadas pela Tutela são manifestamente insuficientes, muito mais quando a relação “custo-benefício” se anuncia, no mínimo, duvidosa.
    Persistem sérias dúvidas quanto à existência de recursos físicos e humanos suficientes para a necessária desinfeção dos espaços escolares, com especial relevo para as casas de banho (poucas e com ainda menos lavatórios para higienização das mãos);
    A maioria das turmas é composta por 28 a 30 alunos, pelo que, e para manter a devida distância social recomendada, teremos dois tipos de situações que não trarão qualquer benefício nem para alunos, nem para professores: ou a turma, na sua totalidade, ocupa um grande espaço sem as condições acústicas necessárias à projeção de voz para que o docente, com máscara, e sem possibilidade de circular pelo espaço, seja ouvido, nomeadamente pelos alunos que se encontram mais longe do professor; ou a turma é dividida, no mínimo em dois turnos, pois cada sala não comportará mais do que 15 alunos, o que causa grandes limitações espaciais, assim como nos horários de alunos e de professores;
    Os constrangimentos resultantes da divisão das turmas, aliados ao horário de funcionamento definido pela Tutela (das 10:00 às 17:00 horas) implicam que os alunos tenham apenas, em regime presencial, metade da carga horária a cada disciplina;
    Em caso de infeção, mais do que previsível, não haverá equidade, na medida em que algumas turmas entrarão em quarentena, enquanto as outras continuarão presencialmente. Caso os professores sejam comuns, todas as suas turmas entram em quarentena.
    A avaliação externa, garantida pelos exames nacionais, será tida em conta exclusivamente para o ingresso no Ensino Superior, no presente ano letivo, sendo o Diploma do Ensino Secundário atribuído com a Classificação Interna Final;
    Não há uma solução equitativa para os casos de alunos com doenças graves que os impeçam de frequentar as aulas presenciais, muito menos para aqueles que, em situação de infeção ou de quarentena, ficam impedidos de realizar o exame nacional, pondo em causa, em particular no caso do 12.º ano, o acesso ao Ensino Superior na primeira fase, bem como o trabalho desenvolvido ao longo dos 3 anos.

    Concluindo,
    Os objetivos deste regresso não são explicitados pela Tutela com argumentos pedagógicos, mas antes como uma medida de desconfinamento, para se procurar “uma solução social e económica de equilíbrio”, escudando as orientações emitidas meramente em questões técnicas.
    Situações inéditas, como a que vivemos, implicam medidas extraordinárias. A insistência na manutenção dos exames, quando o Diploma do Ensino Secundário será atribuído com a Classificação Interna Final, torna ainda mais patente que os exames nacionais mais não são do que pôr o Ensino Secundário ao serviço do Ensino Superior, visto que servirão exclusivamente para a ele aceder.
    Tendo em conta estes condicionalismos, o Conselho Geral entende que o regresso às aulas e a realização de exames nacionais deverão ser suspensos.

    • Ana Costa on 15 de Maio de 2020 at 15:12
    • Responder

    Como é que foi possível, a dois dias úteis de retomar as aulas no 11º e 12º anos, o ME afirmar em esclarecimentos que ou o aluno vai às aulas todas de exames (que misteriosamente passaram a conter até a disciplina de Inglês) ou não vai a nenhuma? Mas quem ganha com isto? Porque duplicar os alunos na escola sem motivo? Se um aluno não vai fazer exame a uma disciplina o que vai lá fazer no mês que falta? Deixámos de estar em confinamento? É só para complicar a gestão da escola, criar instabilidade nos alunos, complicar a vida dos professores?… Há coisas incompreensíveis…

    • Paulo Pereira on 17 de Maio de 2020 at 3:06
    • Responder

    Entretanto, o Tiago Brandão Rodrigues é entrevistado pelo bimbo Fernando Alvim, no popularucho programa “Prova Oral”, da Antena 3.
    Para fazer tristes figuras de figurão, está por ali.
    Para prestar serviço como ministro… Mas esse gajo é ministro da Educação?
    Que patético…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog