Orientações sobre direitos e deveres alunos

Olho com muitas reservas a aplicação das medidas de recuperação e de integração num modelo à distância. Mesmo de forma presencial é de difícil aplicação na maioria dos casos, quanto mais desta forma. E nesse caso se há incumprimento das medidas há retenção do aluno, o que contraria um pouco a ideia que o aluno não pode ser prejudicado por ausência de aulas presenciais.

Orientações sobre direitos e deveres alunos

 

Download do documento (PDF, 107KB)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/05/orientacoes-sobre-direitos-e-deveres-alunos/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Rui Manuel Fernandes Ferreira on 14 de Maio de 2020 at 18:01
    • Responder

    Mais umas orientações confrangedoras.
    Remeter para o EAEE o impossível.
    A isto nem se pode chamar uma manta de retalhos.


  1. Mais um ato desta peça de teatro.

    • Filipe on 14 de Maio de 2020 at 19:32
    • Responder

    Tretas para entreter o povo ! Não brinquem com este vírus , é muito provável que tenha material genético recombinado em laboratório com a fusão de genes de bactérias ( Bacillus anthracis ) e vírus ( HIV-1 ) , na tentativa de construirem uma vacina . Cuidado ! Não se fiem nos números da DGS , só servem para a Economia e Turismo . A realidade é outra . Cada pessoa infetada pode ter dentro de si cerca de 1 bilião de vírus ativos . Preocupem-se com as crianças …

    https://www.noticiasaominuto.com/pais/1479111/numero-de-infetados-em-portugal-pode-ser-cinco-a-10-vezes-mais

    https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)31103-X/fulltext

    • Matilde on 14 de Maio de 2020 at 21:29
    • Responder

    Alguém se terá esquecido de assinar o documento ou terá havido uma falha intencional?

    Perante o conteúdo do documento, só poderia existir uma resposta dos pais/encarregados de educação: não permitir que os seus educandos regressassem às escolas no dia 18 de maio…

    Num Estado que se arroga como Democrático e de Direito, não é aceitável que os cidadãos sejam sujeitos a chantagem e a estratégias ardilosas, como forma de serem cumpridos determinados desígnios impostos por um qualquer Governo…

    Mas, na verdade, já nem se estranha o conteúdo deste documento porque se antevia, por todos os outros anteriormente emitidos, que o crescendo de autoritarismo culminaria em algo deste género…

    E viva a Democracia, mas só quando todos concordam com o Governo! Se não concordarem, levam!

    (Recordando aquela frase lapidar do Jorge Coelho e que agora parece aplicar-se : “Quem se mete com o PS, leva!”…


  2. O documento não estar assinado lembra a situação de há dois anos atrás. Para além disso tudo o que lá está já sabíamos, excepto o estipulado na alínea e do ponto 2.1.

    Ou seja, despejaram umas quantas frases para enfiar a obrigação de os alunos irem a todas as aulas (ou seja, chegou aos ouvidos da tutela que as nossas crianças, que aparentemente até pensam por si próprias, queriam voltar à escola mas só tencionavam ir as disciplinas onde irão realizar exame).

    Isto parece feito pelo menino birrento que na infância era o dono da bola – só se brinca com as minhas regras e eu jogo sempre apesar de nem saber para que é a baliza.

      • Matilde on 15 de Maio de 2020 at 9:06
      • Responder

      Concordo consigo.

      E a alínea e) do Ponto 2.1. é efectivamente esclarecedora quanto à “birra”… 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog