Madeira – Conteúdos lecionados por videoconferência não vão ser avaliados

 

Conteúdos lecionados por videoconferência não vão ser avaliados

Os conteúdos educativos apresentados através de videoconferência, durante o período de confinamento, não vão contar para a avaliação do terceiro período. A decisão foi tomada, esta manhã, após consensualização entre a Secretaria Regional da Educação e o Sindicato dos Professores da Madeira.

O assunto foi discutido, hoje, entre a Secretaria Regional da Educação e o Sindicato dos Professores da Madeira.

Em cima da mesa, tal como referiu o dirigente daquele sindicato, Francisco Oliveira, esteve também a questão da segurança face ao novo Coronavírus.

Estas matérias integram um conjunto de orientações que a Secretaria Regional da Educação está a preparar para enviar às escolas da Madeira.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/05/madeira-conteudos-lecionados-por-videoconferencia-nao-vao-ser-avaliados/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: