Aulas «digitais e televisivas» são para manter no próximo ano lectivo

A incerteza do que vem a seguir a este fase de desconfinamento traz destas decisões. Desta vez bastante assertiva. Se não forem necessárias por uma razão poderão servir de recurso a alunos e profesores

Setembro é um incógnita, todos já nos demos conta disso. Não se sabe nem se consegue prever a evolução da situação que o mundo está a viver. Os dados e as experiências passadas não nos trazem bons agouros, por isso tem que se começar a planear a longo prazo.

O Costa deu-nos um cheirinho da sua insegurança, ou desconfiança, sobre o seu próprio discurso e plano de desconfinamento. O que mais virá por aí’

 

Aulas «digitais e televisivas» são para manter no próximo ano lectivo, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, exprimiu a vontade do Governo em continuar com as aulas «digitais e televisivas» no próximo ano lectivo.

«Estamos a adaptar as escolas para cenários de ensino presencial com normas de distanciamento e circuitos de segurança para que as possam ser frequentadas em segurança por todos e a fazer tudo para que este possa ser um ano lectivo tão normal como é habitual», sublinhou.

Costa defendeu que a telescola, através da RTP Memória, e as aulas digitais representam uma «dupla garantir de segurança». O primeiro-ministro lembrou, de seguida, que iremos ter de «continuar a conviver com este vírus».

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/05/aulas-digitais-e-televisivas-sao-para-manter-no-proximo-ano-lectivo/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Ele joga futebol?

    • Ana Tavares on 17 de Maio de 2020 at 19:13
    • Responder

    Eu não acredito que a escravatura vá continuar!

    • Mário Neves Silva on 17 de Maio de 2020 at 19:37
    • Responder

    So espero que a ideia não sirva para subalternixar algumas disciplinas do currículo!!! É melhor esperar para ver. Mas não tenho dúvidas que nada voltará a ser com antes!!!

    • Filipe on 17 de Maio de 2020 at 23:35
    • Responder

    Porque o Costa é burro ? Cedeu aos magnatas criminosos de Portugal na qual ostentam fortunas em paraísos fiscais , são untados todos os anos com fundos da UE a fundo perdido para os ditos projetos … compram tudo , empresas , parece que Tv´s … etc. E ? Depois , param um mês despedem trabalhadores e o resto os metem em LayOFF . Burro , porque se fosse competente teria confinado realmente Portugal 15 a 20 dias e colocado os casos ativos reduzidos a zero ou no máximo a 3 ou 4 por dia , a fim de identificar a origem do surto . Mas não , manda por Decreto conviver com o vírus , como se isso fosse possível sem aumento de casos e sem mortes . Parvalhão do Tuga que vai nestas cantigas inspiradas em Joseph Goebbels . A Madeira e Açores pelo menos são Governados por gente culta , e o inverso se passa em território Português governado por trafulhas e um bando de aldeagas .
    Eu percebo , teve medo a tempo de atuar , pois vinham logo outra meia dúzia dizer … olha o Salazar voltou . Tomara os políticos todos juntos do agora , chegarem – lhe aos calcanhares … e não percebo nada de política .

      • Rosario on 17 de Maio de 2020 at 23:47
      • Responder

      O Costa se pode esquecer que os instrumentos de trabalho, computadores e internet, devem ser disponibilizados pela entidade empregadora!


    1. Seu brazuca estúpido (não confundir com brazileiros). Ao invés de estar a insultar todos os portugueses vá lá pró seu Bolso aro que esse é que é BURRO. Não concordo com a gestão do Costa, mas é bem melhor da que a que está a ser feita no seu país, se não está bem ponha-se a andar para o outro lado do Atlântico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog