O “transporte escolar” vai deixar de ser um Porche

Escola profissional com participação pública quer trocar Porsche por outro carro de luxo

Segundo o caderno de encargos assinado pelo gestor da sociedade Val d’Ensino, João Nogueira, a escola pretende adquirir uma viatura de seis lugares com 265 cavalos, de cor cinza, novo ou usado, mas que não tenha mais de 11 mil quilómetros. Volante desportivo e acabamentos do painel de instrumentos em pele, bancos dianteiros aquecidos e com sistema de massagem, controlo por gestos, estribos em alumínio e serviços digitais “professional” são alguns dos requisitos.

Para retoma, João Nogueira quer deixar, por não menos de 40 mil euros, o Porsche que adquiriu logo após ter assumido a gestão da escola profissional, em 2013. Tem 147 mil quilómetros, diz o documento.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/12/o-tranporte-escolar-vai-deixar-de-ser-um-porche/

4 comentários

4 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Vanda Maria de Bragança Serrão on 6 de Dezembro de 2019 at 17:19

    Estamos em Portugal?

    • Carlos Bico on 6 de Dezembro de 2019 at 19:13

    Como posso processar esta pessoa? Se se pode chamar pessoa. Desde quando é que o estado AUTORIZOU, melhor ainda, desde quando EU autorizei que utilizassem o dinheiro dos meus impostos, a que uma escola profissional com dinheiros públicos a comprar um PORSCHE?

    • Vrumm, vrummm on 6 de Dezembro de 2019 at 19:32

    Uns a trabalhar a falsos recibos verdes para algumas dessas escolas profissionais, outros a andar de porche…

      • Raju on 9 de Dezembro de 2019 at 16:56

      E o estado a permitir esse circo. Pouca vergonha. Por isso é que não dou mais de 2 anos de vida a este governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog no Facebook