“O ministro que vá dar aulas”

Clique na imagem para ver e ouvir.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/12/o-ministro-que-va-dar-aulas/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Vanda Maria de Bragança Serrão on 7 de Dezembro de 2019 at 13:49
    • Responder

    Isto está a pedir uma greve geral de todo o pessoal da educação para pôr este ministro de lá para fora!
    A minha filha está farta de me pedir para deixar o ensino, pois não quer ser filha de uma professora morta em funções.

    • gin on 7 de Dezembro de 2019 at 14:17
    • Responder

    Ninguém abra os olhos não!

    • Man72f on 7 de Dezembro de 2019 at 15:17
    • Responder

    Trata-se de um ministério sem rosto…

    • assombrados on 7 de Dezembro de 2019 at 16:40
    • Responder

    Exactamente!
    Para grandes males, grandes remédios!
    Quem tem o dever de prevenir estes HORRORES não fez, nem faz nada, absolutamente nada!! Aqui chegados a esta choldra e a este lamaçal imundo, algo terá de ser repensado, obrigatoriamente!!
    A vagabunda, assassina e terrorista que cometeu o crime em questão, tem de penar e sofrer as consequências pelos actos cometidos. Estamos na presença de um homicídio e de grandes danos a todos os níveis para a mãe. O que é isto ? onde é que estamos?? a bebedeira do permissivismo já mostrou bem a face!! o que traumatiza é isto, por exemplo !!

    • mary on 7 de Dezembro de 2019 at 20:12
    • Responder

    Deixaram os paizinhos e as mamãs entrar escola dentro por isto e por aquilo como se uma escola fosse um mercado ou peixaria para se queixarem e discutirem… Entra-se escola dentro e por vezes Direção dentro sem respeito pelo contexto escolar e pela boa educação. Ainda se verão coisas mais assustadoras pois se há alunos que trabalham e QUEREM aprender ,outros nem deviam estar junto do portão da escola, quanto mais numa aula.

      • maomaobola on 8 de Dezembro de 2019 at 23:18
      • Responder

      Coisas desse tipo há numa escola do Sul do Mondego, onde manda nos profissionais uma fascizóide populista que controla grupos de EE. Gosta de circular pelos corredores nas reuniões de EE, para ir “auscultando” as suas queixas, por vezes incitando à queixa formal (“escreva, escreva”)… Vai comunicando por email com os EE, para controlar o que se passa… Em alguns casos chega mesmo a coordenar nos bastidores acções formais de EE que deram entrada na IGE, até os documentos a ser entregues pelos EE esta “senhora” revia e dava “parecer”.

      Arrebanha 99% dos professores, funcionários, EE e alunos. Nem a diretora tem mão naquela fanática do poder, que recorre aos estratagemas mais rasteiros para enlamear o nome de certos “colegas” “impuros” que não têm medo de dizer o que pensam e que não lhe lambem as botas.

      Entre os atos desta sacripanta mafiosa encontram-se:
      – alteração de avaliações feitas pelos “impuros”
      – difamação dos “impuros” em reuniões e posterior expurgação das atas (para não ir a tribunal) em reuniões expressamente marcadas para esse efeito
      – convocação de reuniões ilegais para sobrepôr decisões de reuniões do CT
      – difamação dos “impuros” de “mansinho” (para não ir a tribunal) em cada oportunidade que encontra, junto de profs funcionários EE e alunos
      – quando ninguém está a ouvir refere-se aos “impuros” como “fdp”, “atrasados”, “cagalhotos” e etc. (mas isto só com os fiéis mais próximos que não piam)
      – desautorização dos “impuros” em frente a alunos, invadindo as suas aulas e fazendo comentários difamatórios e jocosos frente a alunos
      – promoção e coordenação de ações de grupos de EE e alunos, com o objetivo de afastar os “impuros”
      – influência na distribuição de serviço de exames junto do rebanho denominado secretariado de exames (que procede a distribuir serviço aos “impuros” em 99% dos dias)
      – promoção de comportamentos criminosos dos alunos tais como gravação de aulas dos “impuros” (das quais só dá conhecimento aos fiéis mais próximos mas não à diretora da escola)

    • Marta on 7 de Dezembro de 2019 at 21:20
    • Responder

    Em casa, mandam os filhos, que mandam nos pais…. na escola mandam os pais e os alunos que mandam nos professores. A escola transformou-se num circo, em que os professores são os palhaços de serviço! É assim que me sinto nalgumas salas de aula!

    • Manuel on 8 de Dezembro de 2019 at 12:47
    • Responder

    Quando é que os pais vão perceber que estão a ser enganados por este governo? Por este ministro comediante ausente?

    Sucesso garantido? Os pais acreditam no pai natal,

    • Manuel on 8 de Dezembro de 2019 at 12:47
    • Responder

    ?

    • Raju on 9 de Dezembro de 2019 at 16:44
    • Responder

    Volto a escrever o que já escrevi antes. Greve por tmp indeterminado. Ninguém, mas ninguém responde a serviços mínimos. Só voltamos ao serviço qd estiver td preto no branco sobre indisciplina e regras a cumprir na escola, bem como as consequências p meninos e ee que não cumpram. Onde estão os sindicatos??? A espera de quê? Dos exames, querem ver?? O Costa que se demita, que esperneie, que cuspa fogo. Temos o poder de parar o país de forma tão grave como os transportadores de matérias perigosas, se formos unidos.
    Outra coisa, onde estão os iluminados que dizem que estes casos são residuais? E aquele colega dos prémios que nunca teve necessidade de colocar um aluno fora da sala? Vendidos.
    Parabéns a todos aqueles que apesar da for da agressão não se calam. Um grande bem haja e mt força.
    Que ninguém se cale.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog