Mais um Chumbo Para Nuno Crato

Adiada apreciação de recurso de Ministério sobre serviços mínimos em exames

 

O Tribunal Central Administrativo do Sul entende que o recurso do Ministério da Educação após a não fixação de serviços mínimos para os exames carece de ser aperfeiçoado.

O Tribunal Central Administrativo do Sul adiou a apreciação do recurso do Ministério da Educação por causa da não fixação de serviços mínimos para os exames de segunda-feira.

Contactada pela agência Lusa, fonte deste tribunal indicou que o recurso do ministério liderado por Nuno Crato carece de ser aperfeiçoado, tendo o juiz dado dez dias após a notificação por carta para que sejam cumpridos todos os requisitos.

Entre os requisitos que o Ministério da Educação não cumprir está o facto de não ter sido enviada cópia da decisão do colégio arbitral que optou por não decretar estes serviços mínimos.

Com esta decisão sobre um recurso que o magistrado deste tribunal entende ser «não urgente», o Ministério da Educação não pode fixar serviços mínimos para os exames de segunda-feira, tendo de cumprir a decisão do colégio arbitral.

 

 

😀

😀

😀

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/06/mais-um-chumbo-para-nuno-crato/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Maria on 14 de Junho de 2013 at 18:54
    • Responder

    Bem, pelo que tenho ouvido, pelo menos na minha escola, acho que os exames vão para a frente. Há muitos colegas que se opõem a esta greve e que não fazê-la. Escusado será dizer que estão no topo das listas dos grupos de recrutamento nas escolas e no topo da carreira. Não querem saber dos colegas para nada.

      • Braga on 14 de Junho de 2013 at 19:18
      • Responder

      Na minha escola parece que nao vão fazer greve total mas sim parcial as avaliações pois dizem que duas greves no mesmo mês e muito dinheiro a desembolsar. Como e um agrupamento de escolas e na segunda nao há exames nao querem saber. Enfim nunca seremos uma classe unida pois so olham para o próprio umbigo.

  1. Os meus parabéns a quem teve esse entendimento! Só falta apontarem-nos uma metralhadora….Isto é a democracia?????

    • Raquel on 14 de Junho de 2013 at 20:00
    • Responder

    Infelizmente a nossa classe é muitas vezes desunida e na hora H muitos olham só para o seu umbigo… o que as pessoas se esquecem é que ser do quadro já não é um posto e que os cortes salariais, o aumento do horário de trabalho, o aumento de alunos por turma, o acabar do 79 é para todos… É hora de lutar, não de fechar os olhos! Aqui em casa somos 2 professores e vamos os dois fazer greve, porque a luta é necessária pela defesa da classe e da escola pública dos nossos alunos e dos nossos filhos, também alunos dessa escola pública e que são a futura geração. Se pelos alunos devemos lutar, pelos filhos ainda mais!

    Façam greve!
    Vão amanhã à manifestação/marcha pela educação!
    Não deitem para trás das costas um problema importante, num país em dificuldade! Num país que precisa dos professores, porque afinal são eles que formam as pessoas, que ensinam a ler, a escrever, a pensar, a saber estar, são eles que ensinam os professores, os médicos, os bombeiros, os atores, os músicos, os cientistas, … é o ensino que forma as pessoas, que lhes dá uma arma de trabalho!

  2. Quem não fizer greve no próximo dia 17, não se queixam depois … Isto não toca so a uns mas sim a todos… sejam do quadro ou contratados….

    • Margarida on 14 de Junho de 2013 at 20:44
    • Responder

    http://p3.publico.pt/actualidade/educacao/8295/greve-dos-professores-aluna-que-diz-estou-convosco

    Um texto de apoio aos professores de uma aluna de 12ºano.

    Vale a pena ler.

    • maria on 14 de Junho de 2013 at 20:53
    • Responder

    ÓOOOOOOOOOOOOOOOO, que chatice…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: