O Direito à Greve está em risco, a Democracia também… Raquel Varela

 

Quem achava que as ameaças à liberdade vinham de um grupo de criminosos de extrema direita infiltrados numa manifestação popular, hoje deve pensar bem, o dia todo, na casca de banana em que escorregou, e caiu, de tombo. Já que a Procuradoria Geral da República, – leiam para ver com os próprios olhos – acaba de fazer um parecer onde diz que a greve ou afecta mais os trabalhadores do que o patrão (é isto mesmo que lá está) ou deve ser considerada ilegal. Portugal vai ter mais conflitos sociais, e a resposta não vai ser o fascismo a curto ou mesmo médio prazo, mas o Bonapartismo, de Estado – que cai sobre quem não apanhou a doença da resignação e do possibilismo.

Se o parecer que a PGR fez sobre a greve dos enfermeiros for assumido pelos tribunais (se…) todas as greves eficazes daqui para a frente serão ilegais – na prática o parecer sugere a proibição de fundos de greves e diz – vejam! – que os trabalhadores deixam de receber por todos os dias que se solidarizam com a greve, mesmo quando estavam a trabalhar. É evidente que este parecer é um atentado ao direito à greve – e vai ser usado não só contra os enfermeiros, mas contra o sector industrial privado.

O Governo da Geringonça depois de patrocinar furas greves em Setúbal veio com a requisição civil e , agora, – em plena greve da função pública – lança este parecer. Há uns anos lembro-me de Marcelo, ainda comentador na TVI, nas conversas de Domingo em família, explicar que os Governos PS são muito melhores para mexer na lei laboral porque, cito-o, o PSD não tem força para isso…

Se algum sindicato pensa que são só os enfermeiros que estão em risco reflicta rapidamente, por favor. Hoje todos os sindicatos portugueses estão sob ameaça, e a democracia em risco.

Aos meus amigos e amigas que tanto me felicitaram pela minha defesa da liberdade no Metoo aguardo agora vê-los com a mesma determinação defender outra vez a liberdade, desta vez a sindical. É que isto da liberdade ou é um princípio geral, um valor, para todos, ou não é liberdade.

O que põe em risco o SNS são os salários baixos. É isso que desnata o SNS, levando os melhores para o privado. Mas essa já nem é a discussão – o debate agora é que em nome da segurança o Estado quer impor a restrição das liberdades – sim, é sempre assim que começa a mão dura do “afecto com autoridade”, que Marcelo evocou contra os enfermeiros.

Raquel Varela

 

Greve dos Enfermeiros

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/02/o-direito-a-greve-esta-muito-em-risco-a-democracia-tambem-raquel-varela/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Abel on 19 de Fevereiro de 2019 at 14:01
    • Responder

    Caros colegas, vejam a notía abaixo. A ADSE acabou. A razão é simples: tornou-se um sistema muito mais caro que os sistemas concorrentes.
    E os descontos que fizemos ao longo de décadas? Não bastava terem-nos tirado a aposentação também nos levam o dinheiro dos descontos para a ADSE? O que é isto? O socratismo é uma terrível maleita que destruiu e continua a destruir a sociedade portuguesa.

    https://expresso.pt/economia/2019-02-19-Consultas-na-Cuf-e-na-Luz-passam-a-custar-35-euros-aos-beneficiarios-da-ADSE#gs.fuuC28Tc

    • Sapo on 19 de Fevereiro de 2019 at 16:18
    • Responder

    Este blogue enquanto foi o Arlindo a gerir funcionou como um blogue de apoio aos professores.
    Neste momento mais parece um blogue de um qualquer partido da oposição, referência especial a este Rui Cardoso que aproveita até noticias que nada dizem respeito aos professores para atacar o governo.

      • Carlos on 20 de Fevereiro de 2019 at 23:07
      • Responder

      Peço desculpa, mas este post e importante para todos os trabalhadores.
      “Se o parecer que a PGR fez sobre a greve dos enfermeiros for assumido pelos tribunais (se…) todas as greves eficazes daqui para a frente serão ilegais – na prática o parecer sugere a proibição de fundos de greves e diz – vejam! – que os trabalhadores deixam de receber por todos os dias que se solidarizam com a greve, mesmo quando estavam a trabalhar. É evidente que este parecer é um atentado ao direito à greve – e vai ser usado não só contra os enfermeiros, mas contra o sector industrial privado”

    • Rosa on 19 de Fevereiro de 2019 at 19:06
    • Responder

    Concordo, Sapo… 😔

    • Libertário on 19 de Fevereiro de 2019 at 21:15
    • Responder

    Rosa e Sapo, espaços de Liberdade incomodam sempre aqueles que apenas prezam a sua liberdade (mesmo que seja ilusória). Geringonceiros! Doi, não doi?

      • Rosa on 19 de Fevereiro de 2019 at 22:41
      • Responder

      Não apoio a geringonça nem a oposição, mas acho que de vez em quando há um desvio do objetivo deste blog.
      Já não se pode dar uma opinião que o tom fica logo crispado?
      E não, não dói… Respeito os posts, mesmo que ache que estão um pouco ao lado.
      Tudo de bom para si e espero que se acalme.

    • ... on 19 de Fevereiro de 2019 at 21:29
    • Responder

    A democracia, nas escolas, não está em risco…foi MORTA há mais de 10 anos por este PS. A mordaça continuou com PSD e CDS. Do PCP e BE, defensores dos regimes venezuelano e norte-coreano, outra coisa não seria de esperar. Era de esperar…a história comprova-o.
    No entanto o post faz todo o sentido. Os professores não são sectários nem uma ilha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: