Também Conheço Adultos Agarrados Ao Zingarelho…Pior que Droga


(Clicar na imagem para aceder ao artigo)

Já agora: Saúde – Vício em jogos ‘online’ classificado como distúrbio psiquiátrico

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/07/tambem-conheco-adultos-agarrados-ao-zingarelho-pior-que-droga/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Do Contra on 4 de Julho de 2017 at 7:54
    • Responder

    Tecnologia?! Ai córror!!!
    Os livros é que são bons. Um bom livro… Eu sou muito livresco!

    1. Eu também sou muito livresco! Já leste aquele último que saiu?? Aquele que está na montra do continente logo à entrada! Daquele escritor que eu gosto muito e que tu gostas muito também???

      Ai como nós somos cultos!

        • augusta on 4 de Julho de 2017 at 20:16
        • Responder

        Há piadas que só são para quem as profere. Sabe que já se pode ler livros no tablet? Aliás os livros em formato de papel estão em vias de extinção (para bem das nossas árvores).

    • Maria Conceição Oliveira on 4 de Julho de 2017 at 10:37
    • Responder

    Não há diálogo,não há tempo para conversar,não há tempo para ouvir o outro,mas há tempo infinito para estar com os olhos e as manápulas no iphone.Em casa, no cafá , na rua, em todo o lado.Que maior falta de sensibilidade. Muitos pais são o pior exemplo,para os filhos e para eles próprios. Aposto que dormem com o iphone em cima da almofada .Que sociedade desiquilibrada! A tecnologia só pode ser útil se for entendida como útil para usar no lugar certo e no tempo certo.Ainda é preciso fazer um desenho para perceberem isto!!!!!!

    1. Ó velhota! Eu tenho net, que uso muito, e converso! Até tenho muitos amigos! Que vida é que estás a ter????

    • Vergonha on 4 de Julho de 2017 at 10:39
    • Responder

    Escolas estão a passar de ano alunos com cinco negativas

    Orientações da tutela resultaram em pressões exercidas por diretores das escolas a professores no sentido de subirem as notas a alunos

    Escolas a passarem alunos com quatro ou cinco negativas e escolas que estão a fazer pressão junto dos professores para que subam notas negativas dos alunos de forma a que estes se inscrevam no ano seguinte sem ficarem com disciplinas por fazer. A denúncia foi feita, segundo avançou o jornal de I na edição desta terça-feira, por vários diretores e professores a norte e sul do país. Em causa um conjunto de orientações dadas pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que admite o chumbo apenas como “medida excecional” no 2º, 3º, 5º, 7º, 8º, 10º e 11º ano. Porém, no Parlamento, o ministro e secretário de Estado já garantiram que essa não é a interpretação correta do despacho normativo 1-F/ 2016. No despacho, datado de 5 de abril de 2016, lê-se no artigo 21º – que regula os princípios de avaliação da aprendizagem dos alunos que “a decisão de transição para o ano de escolaridade seguinte reveste carater pedagógico, sendo a retenção considerada excecional”. Apesar de ter negado ter dado instruções às escolas, Tiago Brandão Rodrigues já assumiu, também no Parlamento, a 8 de novembro passado, que os chumbos são “ineficazes, caros, punitivos e segregadores”, diz o responsável.

    http://www.dn.pt/portugal/interior/escolas-estao-a-passar-de-ano-alunos-com-cinco-negativas-8611206.html

  1. Deixem lá as tecnologias, por favor. Isso faz mal ao cérebro!

    Vamos mas é desligar os telemóveis, sentar no sofá e ver umas boas horas de telenovelas! Depois, vamos passar mais umas horitas a ler Miguel Torga ou Aquilino Ribeiro para que todos os nossos desequilíbrios mentais sejam ultrapassados e voltemos todos à normalidade! Assim, com esse comportamento, já seremos cultos, ilustrados, fortes na verborreia e poderemos dizer que o mundo a mover-se na direcção contrária à nossa está mal!!!

    Ainda ontem definhou um dos do contra! Um indivíduo para quem tudo estava mal e, lá porque acertou numa previsão (em milhares falhadas), até pareceu o maior! Ainda faltam mais uns tantos destes contras para acabar com este discurso bacoco.

    Haja paciência com os Velhos do Restelo!

    • augusta on 4 de Julho de 2017 at 20:34
    • Responder

    Não há nada a fazer contra as novas tecnologias. É impossível viver hoje fora do mundo online.
    Os telemóveis, os tablet, a internet …são, neste momento, os “melhores amigos do homem”, Atrevo-me a dizer são o novo “Deus”, já que são omnipresentes, omnipotentes e omniscientes.
    Uma curiosidade: há alunos nas Universidades que, durante as aulas, confirmam ou infirmam o que o professor diz, consultando os seus tablet (os seus cadernos diários). Pois, não é fácil ser professor, hoje.
    Só para pensarem: Onde está a verdade?

  2. ser prof. é difícil. Estar numa sala de aula com todos os alunos ligados ao tablet- È um vazio, uma ausência na sala. Um silêncio confrangedor. Esta é a realidade dos nossos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: