Debate Parlamentar de amanhã…

Muito se tem falado sobre a aposentação docente. Lembro que, em junho de 2015, um sindicato foi ouvido por todos os grupos parlamentares sobre o assunto e que todos se mostraram “sensíveis” ao tema. Depois disso não faltaram petições… e poucos foram os que não se mostraram “sensíveis”…

Resta saber se algum grupo parlamentar, por acaso, se lembrou de redigir uma proposta legislativa sobre o tema.

 

(clicar na imagem para aceder a todos os documentos referentes a este debate)

13689802_1330782710283968_1726778392_n

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/debate-parlamentar-de-amanha/

32 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Lady Gága on 19 de Julho de 2016 at 13:44
    • Responder

    Continuo a afirmar que a Petição por uma Aposentação Digna dos Docentes possui três pilares fundamentais na sua fundamentação:

    a) o esgotamento a que estão sujeitos os docentes e que se agravam em função da idade, sendo o desgaste acumulado enorme. Neste sentido, importa ter presente que as condições de “exercício da função docente” são de um continuo stress devido à indisciplina reinante na esmagadora maioria das Escolas, ao número de alunos por turma, à obrigatoriedade da escolaridade até aos 18 anos de idade (em que muitos são já verdadeiros delinquentes)…São, por isso, muitos os factores que contribuem para um desgaste crescente dos docentes.

    b) uma escola mais atrativa, motivadora, próxima dos alunos exige um corpo docente mais jovem (uma Escola nada tem a ver com um Lar de Idosos). Os alunos tem uma maior receptividade perante alguém que etariamente esteja mais próxima, isto é, que seja mais jovem;

    c) quando um Governo (como é o caso do actual Governo Socialista) diz que quer fixar os Jovens recém formados… quando afirma que pretende estancar a Emigração dos mais qualificados… quando afirma que quer diminuir o Desemprego Jovem. Então, se assim é, deve o Governo ser COERENTE e agir em conformidade, permitindo a aposentação aos mais idosos e, desta forma, DESBLOQUEANDO os QUADROS DOCENTES permitindo o ACESSO AOS MAIS JOVENS PROFESSORES.

    Ainda bem que existem petições para abanar a consciência dos decisores políticos …cabe ao GOVERNO ser COERENTE na ação governativa e possibilitar a quem tanto deu a este País – OS DOCENTES…os NOSSOS PROFESSORES!… – uma aposentação digna.

    A este propósito convém ter presente que a criação de condições especificas de aposentação para os docentes nada tem de especial, na medida em que existem muitas outras profissões em que tal se verifica como por exemplo os Militares, a PSP, a GNR entre muitas outras.

    Por fim, cabe referir que os JOVENS PROFESSORES tem direito a um lugar no sistema. Se tal não ocorrer, resta a velha máxima de Pedro Passos Coelho “EMIGREM”.

      • EBASICUM on 19 de Julho de 2016 at 20:34
      • Responder

      “Os alunos tem uma maior receptividade perante alguém que etariamente esteja mais próxima, isto é, que seja mais jovem” – certamente tem 12 aninhos! Quando os seus filhos tiverem 12 anos talvez o metam num asilo! Em muito casos ser mais jovem é sinónimo de “Quero lá saber!”!!!

    • Professora on 19 de Julho de 2016 at 14:34
    • Responder

    “Na Assembleia da República, na sequência desta grande petição e segundo foi possível apurar, deram entrada duas propostas de diploma (PCP e BE).”

    Aqui: http://www.fenprof.pt/?aba=27&mid=115&cat=226&doc=10396

      • Lady Gága on 19 de Julho de 2016 at 15:44
      • Responder

      Onde anda a coerência do Partido Socialista?

      Qual a razão para o Partido Socialista não apresentar, nesta matéria, uma iniciativa legislativa?

      Não faz qualquer sentido um Partido politico mostrar-se sensível ao tema e depois nada fazer para responder de forma adequada a esta legitima petição dos docentes.

      Neste momento, não é só o futuro dos mais velhos que está em causa, é principalmente o dos JOVENS PROFESSORES e de todos aqueles que frequentam Cursos Superiores direccionados para o Ensino.

      O Governo e, em particular, António Costa, se nada for feito pressupõe-se que adopta a máxima de Pedro Passos Coelho – EMIGREM….

        • EBASICUM on 19 de Julho de 2016 at 20:36
        • Responder

        “Qual a razão para o Partido Socialista não apresentar, nesta matéria, uma iniciativa legislativa?” – não pode. Tem rabos de palha!!! Tal como os outros!

    • coeh on 19 de Julho de 2016 at 15:19
    • Responder

    Por ordem de Bruxelas serão mais 3 meses, 66 anos e meio até à aposentação… o resto são boas intenções e rédea curta para quem dá coiro. Na minha opinião temos que lutar por fora do sistema para ter resultados. Não será fácil!

      • Tarzan on 19 de Julho de 2016 at 15:56
      • Responder

      Quem me comeu a carne vai, com toda a certeza, ter que me roer os ossos.

      Para mim é assim! Vão ter que me aturar até aos 70 anos! Nem menos um dia…..

      Aos 66 anos e 3 meses as pessoas ainda são muito Jovens e, por isso, ainda devem «andar a limpar o cu aos meninos», digo dar aulas…

        • EBASICUM on 19 de Julho de 2016 at 20:39
        • Responder

        🙂

    • Julio on 19 de Julho de 2016 at 16:01
    • Responder

    Olha eu a dar aulas…e ainda só tenho 57 anos

    …estou um bocado esgotado….mas é a vida……

    https://thumbs.dreamstime.com/z/old-teacher-action-17537852.jpg

      • toninho on 19 de Julho de 2016 at 16:05
      • Responder

      é pá….não te apercebes que, enquanto tu estás para aí a falar, os alunos já deram de frosques….

      ….as carteiras estão vazias por algum motivo é…..

      ó professor….gande seca….

      • Entalado on 19 de Julho de 2016 at 21:00
      • Responder

      Já levo 43 anos de descontos com 60 anos de idade, pelos vistos tenho de “gramar isto” e dar aulas mais 1/2 dúzia de anos. Não considerar as carreiras contributivas mais longas, mas apenas a idade, é uma injustiça e altamente desmotivante!

    • Augusta on 19 de Julho de 2016 at 16:11
    • Responder

    Colegas

    ….faço 66 anos no próximo ano….mas também conto ficar a dar aulas até aos 70 anos que é a idade limite….

    http://a.disquscdn.com/uploads/mediaembed/images/3468/9198/original.jpg

    • Pepe on 19 de Julho de 2016 at 19:03
    • Responder

    Com que dinheiro?

    • Noémia on 19 de Julho de 2016 at 22:53
    • Responder

    Professores: Aposentação com 36 anos de serviço em debate no Parlamento

    Uma petição da Fenprof, entregue em dezembro de 2015, quer a aposentação dos professores com 36 anos de serviço, “sem perda de remuneração e independentemente da idade”.

    É já amanhã, dia 20 de julho, que “terá lugar na Assembleia da República o debate parlamentar na sequência da petição entregue pela Fenprof em dezembro de 2015” e que defende a “aposentação dos professores, sem perda de remuneração, a partir dos 36 anos de serviço, independentemente da idade”, escreve o Sindicato em comunicado.

    A Fenprof, que já foi ouvida em fevereiro na Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, afirmou que existe uma “crescente sobrecarga de trabalho dos professores”.

    “As políticas seguidas têm resultado numa crescente sobrecarga dos professores e num esforço, manifestamente insuportável, no exercício da profissão, que tem agravado o já elevado desgaste dos docentes”, explicam.

    https://www.noticiasaominuto.com/pais/625285/professores-aposentacao-com-36-anos-de-servico-em-debate-no-parlamento

      • atenta on 19 de Julho de 2016 at 22:57
      • Responder

      E para resolver esse desgaste ao invés de melhorar as condições mandam alguns para a reforma, inacreditável !

        • Gringo on 20 de Julho de 2016 at 1:07
        • Responder

        É preferível mandar para a reforma do que vê-los morrer ao Serviço! Não acha?

        Quantos colegas com cerca de 50 anos já morreram em serviço com “enfartes”, “AVC”………?

    • atenta on 19 de Julho de 2016 at 22:55
    • Responder

    Não concordo porque:
    – seria uma sobrecarga para a Segurança Social (iam ficar 40 anos a receber reformas gordas pois chegaram aos escalões mais elevados)
    – não temos que ficar mal vistos na opinião publica como “beneficiados”
    – foram estes docentes que subiram todos os escalões, não merecem ser beneficiados nesta questão também
    – são úteis às escolas pela sua experiência e devem contribuir para o seu melhoramento, e não fugir das mesmas.

    (Quanto a dizer que assim as escolas ficariam com mais jovens é igualmente uma mentira, quem entraria nos quadros para substituir estes docentes são os nada novos docentes do ensino privado que agora concorrem ao publico, raramente com menos de 45 anos)

      • Noémia on 19 de Julho de 2016 at 23:31
      • Responder

      Minha querida com que idade se começou a dar aulas?

      è só para eu saber….eu pela parte que me toca aos 20 anos já trabalhava….


      1. Porque não teve que fazer mestrados como agora, começou logo a ganhar e a subir na carreira. Eu também gostava de ter começado aos 20 mas agora já não vamos lá com o secundário e também não progredimos nada. Foram vocês quem sempre beneficiou do melhor que o país pode oferecer

          • Noémia on 20 de Julho de 2016 at 0:16

          Minha querida eu fiz Mestrado e Doutoramento. Comecei a trabalhar aos 20 anos porque trabalhava e estudava. Percebeu????????????

          • Glória on 20 de Julho de 2016 at 0:54

          Exatamente Noémia.
          Eu tenho 65 anos, faço 66 em agosto e não pretendo ir para a reforma. Estou muito bem a lecionar até aos 70 anos.

          • anónimo on 20 de Julho de 2016 at 10:39

          Pois, antigamente tudo se fazia, como por exemplo, frequentar o 11º ano e dar aulas ao 9º ano, quando não era ao décimo. Posteriormente a muitos destes professores foi dada a possibilidade COM REDUÇÃO DA COMPONENTE LETIVA concluir os estudos. Isto aconteceu nos anos 90. Coneci vários casos. Claro que desta maneira não foi difícil adquirir “rapidamente” os 36 anos de serviço e ser-se ainda relativamente “jovem”.

          • Mar on 20 de Julho de 2016 at 17:30

          Mas isso era no seu tempo, agora é preciso mestrado para conseguir um horário mesmo de 6 horas, percebeu?!

          • Noémia on 20 de Julho de 2016 at 18:14

          Voc~e é mesmo estupido(a) …eu comecei a trabalhar aos 20 anos mas não foi a dar aulas, foi sim numa empresa comercial privada.

          O País não são só escolas

          • zé do telhado on 21 de Julho de 2016 at 15:45

          Boa, eu comecei a trabalhar nas férias aos 14…

    • Lady Gága on 19 de Julho de 2016 at 23:00
    • Responder

    As 4 propostas em concreto sobre a aposentação dos professores.

    Seria uma lufada de ar fresco nas escolas, anda muita gente cansada e mais gente ainda a precisar de trabalhar. A petição foi assinada por mais de 30 mil professores e educadores.

    http://www.comregras.com/as-4-propostas-em-concreto-sobre-a-aposentacao-dos-professores/


  1. Eu possuo 64 anos e neste momento estou aqui na minha secretária a acabar o trabalho de Direcção de Turma.

    No próximo ano vou leccionar uma Turma de Vocacional de 2º ano, isto é, de continuidade….porque este tipo de cursos terminou. Espero ainda ter 2 turmas de 7º ano e 1 de 8º ano…..

    Sinto-me cada vez mais Jovem…

    http://i1.r7.com/data/files/2C95/948E/2FC4/1471/012F/C634/94A2/4FBD/professora_berta1.jpg

      • Lady Gága on 20 de Julho de 2016 at 1:18
      • Responder

      Vai-te tratar….os alunos já não conseguem sequer olhar para ti.

      Durante as aulas, ouvi dizer que na tua sala é um «cagaçal» que ninguem se entende lá dentro….é alunos de pé a andarem pela sala….é alunos a atirarem papeis uns aos outros….e tu não dás por nada…..

      Reforma-te….dá lugar aos mais jovens e desempregados que são aos milhares

        • anónimo on 20 de Julho de 2016 at 9:37
        • Responder

        Lady Gága
        Até concordo, em parte, com as suas posições. Há, de facto, muito desemprego jovem, mas não pense que o problema ficará resolvido com as aposentações. Para tentar minimizar um problema irá criar outro bem mais grave. Já pensou que, para pagaras reformas dos últimos ou penúltimos escalões, terá de receber muito menos do que recebe agora, como contratado?
        Esses professores trabalharam 36 anos, mas vão viver mais 36 ou 40. Acha que temos condições económicas para pagar a tanta gente durante tanto tempo quantias elevadíssimas? A menos que os professores “novos” passem a auferir vencimentos de 400 euros por mês. Claro, que a taxa de natalidade continuaria a diminuir, porque esses professores, com esses vencimentos, não iriam ter filhos. É isso que quer?

          • Lady Gága on 20 de Julho de 2016 at 13:20

          Com o sistema bloqueado com velhinhos é que o problema dos JOVENS DESEMPREGADOS não se resolve, seja no ensino, seja em que setor de atividade for.

          É muito importante para os jovens que frequentam cursos direcionados para o ensino e para os MILHARES DE PROFESSORES DESEMPREGADOS que se verifique uma saída dos mais velhos do sistema.

    • zé do telhado on 21 de Julho de 2016 at 15:53
    • Responder

    Espero aos 70 ainda dar as meias solas, é sinal de que estarei bem, talvez com essa idade cheque a 3/4 da tabela de professores, se isto algum dia descongelar. Com a minha idade, muitos dos meus colegas que agora esperam por essa aposentação já estavam no 8º ou 9º escalão, com redução de horário letivo de n horas, pois apanhavam todos aqueles cargos que lhes descontava nas aulas, e alguns colegas do 1º ciclo na aposentação, ou quase. O sistema não aguenta milhares de aposentados aos cinquenta/sessenta anos de idade e nos últimos escalões. O pilim não dá para tanto, os banqueiros e outros políticos ficavam com o quê ? Os professores a quererem sempre mais e mais deram um contributo para rebentar com o sistema. Pessoal com uma dúzia de horas de aulas semanais, a ganhar nos últimos escalões, tão cansadinhos, mas depois aquilo era um part-time, pois as explicações e outros negócios davam ainda mais dinheiro e exigiam muito mais horas que a escola. Claro que isto não serve para todos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog