adplus-dvertising

Rede de Cursos 2013-2014

Publicados hoje no site da DGEsTe

Rede de Cursos Vocacionais – 2013-2014

Clicar no item abaixo para fazer download do ficheiro em PDF

 

 

Rede PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação) – 2013-2014

Clicar no item abaixo para fazer download do ficheiro em PDF

 

 

Rede de Turmas de Percursos Curriculares Alternativos – 2013-2014

Clicar no item abaixo para fazer download do ficheiro em PDF

 

Rede de Cursos de Educação e Formação de Jovens – CEF – 2013-2014

Clicar no nome da DSR para fazer download do ficheiro em PDF

 

Rede de Cursos Profissionais – 2013/2014

Clicar no nome da DSR para fazer download do ficheiro em PDF

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/07/rede-de-cursos/

20 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Estava a imaginar um cenário mais negro, com menos candidaturas aprovadas. Óptimo!


    1. Já houve mais aprovações. Por isso, não percebo a alegria!


      1. Todas as candidaturas feitas pela minha escola foram aceites, o que me leva a pensar que o mesmo se terá passado na maioria das escolas.
        Só o Vocacional de 2º ciclo vai atribuir ao meu grupo (240) 18 tempos lectivos. O de 3º ciclo também tem horas do 600 e do 530, bem como o PIEF. Estes três grupos (mais uns que outros), foram altamente penalizados com a reforma curricular, logo, não é preciso fazer muitas contas para ver que, no meio de toda a desgraça, algo de positivo surgiu, certo? Claro que posso estar redondamente enganada e tudo isto ser um “presente” envenenado… Aliás, quem quer dar aulas a alunos de Vocacionais e PIEFs?
        Quanto a já terem sido atribuídos mais noutros tempos, não sei, não comento. Sei apenas que o ano passado muitos PAA e CEFs foram recusados.

          • Filipe on 27 de Julho de 2013 at 17:18

          Conheço escolas que tinham 5 e agora têm 3 🙂 O Arlindo se tiver dados de outros anos é que poderia dar-nos uma ideia da flutuação de horas nestes cursos ao longo dos anos, a nível global.

          • mjoao on 29 de Julho de 2013 at 12:28

          Não tenho dúvidas de que isso possa ter acontecido, tal como disse, não conheço, prefiro não opinar. No entanto aqui fica uma reacção que mostra que a minha vontade de ver algo positivo no meio disto tudo não passava disso mesmo, boa vontade 🙂
          http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=116344


  2. Alguém me saber dizer o que significa o,5 ( na coluna das turmas )? Obgd.

      • Daniel on 27 de Julho de 2013 at 10:33
      • Responder

      Meia turma, ou seja, dois cursos diferentes uma única turma,

        • imho on 27 de Julho de 2013 at 18:04
        • Responder

        Gracias:-)

    • Celestino on 27 de Julho de 2013 at 8:46
    • Responder

    Atenção, colegas dos grupos 200 e 400, por fonte confiável, soube que no agrupamento de escolas monte da lua (Sintra) há 4 horários que vão a concurso.


  3. E como é que estes cursos se traduzem no concurso dos contratados?

    • mocho4 on 27 de Julho de 2013 at 11:22
    • Responder

    Isso Lafolie depende de cada escola. A questão é saber se existiram cortes ou não. Se cortaram cursos que as escolas estavam a organizar turmas.. menos horas
    Os vocacionais sempre dão umas horas para os professores das técnicas e reduzem aos outros . O problema é que isto chega agora em 26 de julho quando as turmas e horarios estão quase definidos.

    • Lulu on 27 de Julho de 2013 at 12:00
    • Responder

    Como é que escolas profissionais como a Gustave Eiffel, por exemplo, fazem o recrutamento de docentes? É que nunca vi nem esta nem outras destas escolas no concurso de contratação nem nas ofertas de escola… Se souberem e quiserem responder, agradeço imenso.


    1. Por contratação direta em sites de anúncios de emprego ou então contacto após candidatura espontânea.

    • Lulu on 27 de Julho de 2013 at 12:26
    • Responder

    Obrigada M.

    • PipaII on 27 de Julho de 2013 at 17:12
    • Responder

    No meu agrupamento só foi autorizado um curso profissinal e tinhamos 24 alunos para outro que foi recusado; Foi divulgada como certa uma turma PCA que não está na rede, não percebo.

      • imho on 27 de Julho de 2013 at 18:06
      • Responder

      Será que é necessário um número de 30 alunos?


  4. Estas listas são um engano … até porque vem cá alguns cursos que estão propostos e aprovados para o meu agrupamento, mas não vão abrir por falta de alunos …

      • Maria on 28 de Julho de 2013 at 1:55
      • Responder

      Exatamente… e para onde vão os alunos que não pretendem os cursos aprovados? Exatamente. Para as excelentes propostas das escolas profissionais ao lado. E as escolas públicas perdem em duas frentes: nos cursos regulares e nos profissionais.

    • tete on 28 de Julho de 2013 at 21:30
    • Responder

    Grupo 550 implodiu.


  5. Eu gostava era de ver uma remodelação dos cursos profissionais existentes em Portugal. Gastam-se fortunas a formar pseudo profissionais em áreas sem qualquer futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: