Moral da História

Das 12003 vagas negativas o MEC fechou apenas 253, o que quer dizer que andam cerca de 11750 professores dos quadros de escola/agrupamento a mais na dotação de vagas das escolas.

Existem ainda cerca de 11000 docentes QZP que não entram nas contas de cima.

Assim, no total devem existir cerca de 23 mil docentes dos “quadros” que ficarão ao dispor do MEC para fazerem o papel que os professores contratados têm feito até aqui, ou seja, andar a saltar de escola em escola com alguma frequência.

Claro que muitos deles ficarão por 4 anos na mesma escola, mas outros não.

…são estes os novos contratados dos próximos 4 anos.

 

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/07/moral-da-historia/

19 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Estes “novos contratados” só são novidade para quem tem andado arredado dos concursos e da realidade…

    1. verdade

    • PipaII on 22 de Julho de 2013 at 18:56
    • Responder

    Sou do QE desde 97 e sempre andei a saltar de escola em escola, só nestes últimos 4 anos é que me mantive na mesma escola ,mas estou a ver que no próximo ano tenho que sair.

      • Maria M. on 22 de Julho de 2013 at 19:10
      • Responder

      Desculpe a pergunta, colega PipaII, mas se é QE há tantos anos, têm andado a saltar de escola em escola porquê? Isso quer dizer que pertence a uma escola, se fosse QA, pertenceria ao agrupamento e poderiam colocá-la onde qusessem, certo? Eu ainda não cheguei aí e gostaria de perceber asituação. Obrigada.

    • Maria on 22 de Julho de 2013 at 19:11
    • Responder

    Extamente Arlindo, efeito dominó. Os QZP são os novos contratados e os contratados serão, infelizmente, os novos desempregados… 🙁

      • Kukamona on 22 de Julho de 2013 at 19:28
      • Responder

      Era exatamente isto que eu ia dizer 🙁

      • mjoao on 22 de Julho de 2013 at 20:23
      • Responder

      Os QZP e os QE. E este ano já houve QEs a saltarem de escola em escola para substituir.

        • Maria on 23 de Julho de 2013 at 17:32
        • Responder

        Porque só concorreram para uma escola, acharam que não lhes ia tocar a eles… De certeza que este ano já vão arriscar mais. 😉

    • Joaquim Baião on 22 de Julho de 2013 at 19:14
    • Responder

    Não é bem assim, porque muitas das vagas negativas têm que ver com pessoas que estão afectas às escolas e estão destacadas para o ministério e outras estruturas do MEC, do governo, de centros ciência viva, sindicatos, etc… Obviamente que não são todas as 12000 vagas negativas, que correspondem e esses casos mas ainda devem ser algumas…
    Se essas pessoas não regressarem à escola, não há vagas negativas…

    1. mas disso quase ninguém fala….

    • Maria M. on 22 de Julho de 2013 at 19:16
    • Responder

    Eu também vou saltitar e não acho graça nenhuma. Nem para QZPs nem para Contratados. Não é justo para ninguém. Somos professores não somos saltitões (e agora lembrei-me da história do anão saltitão).

    • Joaquim Baião on 22 de Julho de 2013 at 19:17
    • Responder

    Queria dizer que se essas pessoas que estão destacadas não voltarem à escola, muitas vezes é como se não houvesse vagas negativas… a última frase não foi clara..

    1. foi clara e nós sabemos que não vão voltar à escola e eles no mec tambem sabem logo não tem sentido

    • Lena Santos on 22 de Julho de 2013 at 19:31
    • Responder

    Desde 2006 que os QZP´s andam a tapar buracos, houve colegas a fazer substituições em 4 agrupamentos de concelhos diferentes no mesmo ano letivo, para mim não é novidade esta alteração… o problema é que agora a Zona é maior e as distâncias entre um agrupamento e o outro pode ser de 200km ou mais… é esperar e ver o que vem por aí, para o meu grupo o meu agrupamento irá lançar a concurso 9/10 vagas que eram os lugares de qzp (mantendo o nº de turmas).

    1. isto entende-se??? é uma trapalhada

  2. Os que ainda estão adormecidos, parece que agora começam a acordar. Bem-vindos ao pesadelo, resultado da nossa não união.

    1. mas isso é o resultado de quem sempre esteve bem nada ter feito… e sinceramente estamos muito mal representados, falam que vão fazer mas depois cedem sempre, como foi os titulares os megas a avaliação,,,, agora,,,, em tempos idos fiz greve nessa altura era a altura de TODOS terem aberto os olhos mas não… ainda por cima tiveram aulas na mesma, por isso e depois disso e do resto não me peçam para entrar em greves, há e houve outros meios… agora o sapato aperta a todos, pena que paguem sempre os mesmos…
      mas hm ainda andam muitos a dormir re outros a fazer que dormem

    • surita on 23 de Julho de 2013 at 0:31
    • Responder

    Só de pensar que no tempo da Lurdes “deixámos de existir”…. incrível !!! Quem é QZP vai ser qzp para o resto da vida….e depois quando não precisarem somos nós a saltar para a RUA!!

    1. pois surita não a foi por falta de aviso, nem de luta!
      desistiram de nós e projectaram o fim do ensino desde o pre-escolar ao superior?

      por isso digo muitos ainda dormem e para outros é bom ir dormindo….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: