Novas Mexidas na Carga Horária

Terá sido alguma influência chinesa, chilena ou brasileira?

Novas mexidas na carga horária

 

O Ministério da Educação e Ciência (MEC) vai voltar a mexer nos currículos dos ensinos Básico e Secundário, alterando a carga horária de algumas disciplinas já no próximo ano letivo. A informação foi transmitida às delegações dos sindicatos de professores nas reuniões realizadas a semana passada e confirmada, ontem, ao Correio da Manhã pelo MEC.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/03/novas-mexidas-na-carga-horaria/

11 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Mais uma bomba na vida dos professores e alunos.

    • Manuel Carvalho. Trofa. on 26 de Março de 2013 at 14:30
    • Responder

    Em prol das finanças e economia, desvirtua-se e delapidam-se os valores e o conhecimento. Na vida há coisas mais interessantes e fundamentais que o dinheiro e a ambição desmedida destes abutres, que com estas medidas estão a aniquilar o futuro dos portugueses em geral e do País em particular. Mexer sistematicamente no sistema educativo e avulso sem estratégia definida a longo prazo, é o mesmo que construír um edifício sem alicerces.

    • Jorge on 26 de Março de 2013 at 15:29
    • Responder

    Querem matar-nos aos poucos! É uma vergonha o que nos estão a fazer!

    • Paulo on 26 de Março de 2013 at 16:11
    • Responder

    O sistema educativo anda completamente à deriva!!!
    Assim, jamais deixaremos der ser um parente pobre da Europa…

    1. Acho que já não há sequer parentes na Europa…

    • Júlio Machado Braz on 27 de Março de 2013 at 12:59
    • Responder

    Diz-me fonte próxima do Ministério da Educação de que, o currículo de Educação Física no 2º Ciclo e 3º Ciclo, poderá baixar a carga horária, sobretudo no 2º ciclo, para 90 mn/semana, tal como já tem a EV ET e EM. Abraço

    • Carlos on 28 de Março de 2013 at 18:26
    • Responder

    Acho muito bem, se não há dinheiro e temos que cortar, devemos evitar cortar nas disciplinas nucleares. O ideal seria não fazer qualquer corte, mas isso não é possível.

      • Maria Portela on 29 de Março de 2013 at 1:35
      • Responder

      O que são disciplinas nucleares? o português e a matemática? E porquê? quem diz que o desenvolvimento de hábitos de prática de exercício físico e a prática deste são menos importantes que o português ou a matemática? E quem diz que o desenvolvimento da criatividade das expressões é menos importante que o português e a matemática?
      Diz a proposta de currículo do sr Crato e a mentalidade subdesenvolvida que se propaga assustadoramente…

    • Marisa on 31 de Março de 2013 at 23:25
    • Responder

    Triste comentário o do Carlos, então a sua visão é esta: Eu sou docente de uma disciplina nuclear, então que se cortem nas outras, pois assim já não sou afectado, serão os outros e com os outros posso eu bem! Valha-me!! Como conseguiu chegar a professor?

  2. Como é possivel que esta mentalidade aínda vigore, porque não reforçar as disciplinas de Expressões, analisem o sucesso dessas disciplinas, verifiquem quantos alunos estão inscritos voluntariamente nos Clubes que são dinamizados por essas disciplinas, as atividades realizadas e a quantidade de alunos envolvidos, sigam o exemplo de Câmara Municipal de Oeiras que reforça estas disciplinas para combater o insucesso escolar, quem disse que um aluno que não seja brilhante a português ou matemática não seja um bom pintor, um bom artista plástico, um bom designer, um bom músico, como é possivel serem formadores de mentalidades de pessoas e terem este tipo de comentários e de mentalidade, leiam o que escrevem…por amor de Deus!!!

    • Manuel Santos Ferreira on 3 de Abril de 2013 at 10:05
    • Responder

    É com espanto e tristeza que eu assisto a tudo isto.
    Não poderei dizer que foi com surpresa, porque nos tempos que correm já nada me surpreende.
    Quanto à noticia em si e para além de toda a minha incompreensão, já que foi feita uma alteração curricular o ano passado, isto só é possível porque a classe de professores (se é que ainda lhe posso chamar assim) está dividida, acomodada e cheia de medo e muito concentrada em ver se no meio disto tudo este ou aquele grupo é beneficiado em detrimento do outro.
    É ou não verdade que por bem menos juntamos 150 000 em Lisboa. Pois é, os tempos são outros e os interesses também.
    É ou não verdade que estamos nesta situação devido à incompetência dos políticos e à ganancia de um grupo de intocáveis que continuam agarrados ao sistema.
    Assim vai continuar tudo na mesma, nós a pagarmos a crise e os outros a arrecadarem cada vez mais e rirem-se do Zé povinho, porque este tem que aguentar.

  1. […] Diz-me fonte próxima do Ministério da Educação de que, o currículo de Educação  Física no 2… […]

  2. I liked your blog very much.

    I want to thank you for the contribution.

  3. Google Chrome Download

    Google Chrome Download Free

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: