6 de Março de 2013 archive

Isto Também é Fazer Mais com Menos?

Uso abusivo de carro do Estado

 

O Ministério da Educação está a averiguar o alegado uso abusivo de uma viatura do Estado por um responsável da Direção de Serviços da Região Norte (ex-Direção Regional de Educação).

 

Aristides Sousa, delegado regional de Educação, faz diariamente uso pessoal de uma viatura do Estado, com motorista. Aristides vive em Viana do Castelo e trabalha no Porto, a 75 quilómetros. O motorista vai buscá-lo a casa de manhã e leva-o ao fim do dia, num total diário de 300 quilómetros. Como o motorista tem de fazer este serviço fora do seu horário, recebe horas extraordinárias.
O carro utilizado por Aristides Sousa integra-se na categoria dos veículos de serviços gerais. A lei determina que estes veículos “destinam-se a satisfazer necessidades de transporte normais e rotinadas dos serviços”, não sendo para uso pessoal. Aristides foi vereador em Viana do Castelo e nº 2 do CDS-PP pelo distrito às legislativas de 2011. O CM pediu esclarecimentos a Aristides Sousa. Foi solicitado o envio de perguntas por escrito, que não foram respondidas até ao fecho da edição.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/03/isto-tambem-e-fazer-mais-com-menos/

E se os “Continentais” se Lembrarem de Impugnar o Concurso?

O governo regional poderá abrir 350 vagas para o concurso de vinculação de professores.

 

Gilberto Pita conta pelo menos com esses para suprimir as necessidades das vagas criadas nas escolas, motivadas pela saída de cerca de 300 professores por reforma.
Estes números podem contudo, vir a ser aumentados, segundo o dirigente do Sindicato Democrático dos Professores da Madeira, dependendo do que a Secretaria Regional de Educação vier a apurar.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/03/e-se-os-continentais-se-lembrarem-de-impugnar-o-concurso/

Tou sim, Fala o Grancho?

Professora_atingida_por_porta_que_aluno_deixou_desencaixada

 

No Jornal de Notícias de hoje

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/03/tou-sim-fala-o-grancho/

O Mais com Menos pelo Barreiro

Barreiro perdeu 222 professores

 

As escolas do concelho do Barreiro perderam 222 professores desde 2009, apesar de se registar um aumento do número de alunos, alertou esta terça-feira a vereadora da Educação, Regina Janeiro.

 

“Segundo informações que nos foram entregues, temos uma redução de 23 por cento de professores, ou seja, menos 222 professores nas escolas do 2.º e 3.º ciclos e ensino secundário das escolas do Barreiro”, disse a autarca.

Regina Janeiro explicou que a autarquia fez a ligação da redução de professores com a criação do mega-agrupamento que juntou a Escola Secundária Augusto Cabrita com o agrupamento 2/3, onde o número de professores que saíram foi acima da média.

“Fizemos as contas e, depois da formação do mega-agrupamento, registou-se uma redução de 34 por cento, ou seja, menos 41 professores desde 2009/2010″, defendeu.

A autarca explicou que ao mesmo tempo que saíram 222 professores das escolas do Barreiro desde o ano letivo 2009/2010, o número de alunos aumentou.

“Temos um aumento de 570 alunos nestes ciclos de ensino. Isto faz-se com o aumento do número de alunos por turma, com a redução da carga horária de algumas disciplinas e com redução de pessoas nos conselhos diretivos”, disse.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/03/o-mais-com-menos-pelo-barreiro/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: