Versão Atualizada do Simulador de Progressões

Fica hoje disponibilizada uma nova versão do simulador de progressões que corrige alguns erros e fica com algumas melhorias.

Neste momento é possível calcular os 70% do tempo recuperado de quem não possuiu os 2557 dias de serviço para efeitos de carreira entre 1/1/2011 e 31/12/2017. Para calcular o tempo a recuperar basta que indiquem qual o tempo de serviço que possuem nesse período para o simulador calcular as datas de progressão.

No exemplo da imagem o docente apenas tem 1260 dias para efeitos de contagem do tempo de serviço para carreira, pelo que o tempo a subtrair no escalão seguinte à progressão depois de 2019 ou ao faseamento é de 502 dias.

Desde o fim de semana alterei a questão sobre a avaliação de desempenho porque existem situações diferentes de progressão para quem já foi avaliado ao abrigo do Decreto-Regulamentar 26/2012 e quem ainda não foi. Quem não foi apenas pode optar pela melhor avaliação quando for efetivamente avaliado ao abrigo do Decreto-Regulamentar 26/2012. E neste caso a bonificação dessa avaliação só surtirá efeito na próxima mudança de escalão. Existem no entanto docentes que tendo progredido em 2018 ou 2019 já se pode considerar essa bonificação de tempo de serviço no escalão onde se encontram atualmente.

 

O quadro seguinte praticamente mantém-se, no entanto alterei o texto do campo da formação para dar indicação que as horas de formação necessárias aplicam-se para mudança ao escalão seguinte. Isto porque quem mudava ao 10.º escalão lhe aparecia 0 horas de formação. E essas 0 horas de formação não são o que o docente necessita para a mudança ao 10.º mas o que docente precisa de fazer no 10.º escalão.

O último quadro apresenta o vencimento ilíquido entre a data indicada no primeiro quadro até à data da última mudança no escalão indicado no quadro de cima.

 

O simulador corrige também um erro de 2 dias nas progressões devido a dois anos bissextos.

Neste momento o simulador está praticamente perfeito e se for encontrada alguma falha indiquem-na na caixa de comentários deste artigo.

Depois de sair de uma formação sobre o E360, arcaico tal como o inovar e o GIAE pergunto se ninguém do MEC quer fazer uma aplicação para as escolas decente. Tenho a certeza que o João Fonseca e eu daríamos melhor conta do recado do que o que pretende ser feito com o E360.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/05/versao-atualizada-do-simulador-de-progressoes/

69 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Filomena Afonso on 27 de Maio de 2019 at 19:04
    • Responder

    O simulador não dá para introduzir algumas datas porque meus dados são os seguinte: (Será que me poderiam ajudar )
    – mudei para 6º escalão em 1-7-2004, e na avaliação docente através do artigo … 2012 tive Bom.
    – Este ano na lista provisória de progressão ao 7º estou no nº 213 mas dependo de vaga para o 7º escalão porque não tive aulas assistidas.

    Para saber se devo ou não pedir faseamento, não estou a perceber que data devo introduzir no simulador.


  1. Quem subiu antes de 2005 está preso no funil e estão numa lista graduada que depende de vaga.

      • Filomena Afonso on 28 de Maio de 2019 at 20:16
      • Responder

      Arlindo

      mas no simulador então que data coloco? uma vez que o simulador dá a data inválida .

      Obrigada

    • Lina Horta on 27 de Maio de 2019 at 19:40
    • Responder

    Arlindo, acedi ao 5º escalão a 30-ago-2010, por via de uma avaliação intercalar. As minhas avaliações foram de Excelente (2007/2009) e de Muito Bom (2010/2012 e 2017/2018). A minha última avaliação foi atribuída ao abrigo do DR 26/2012. Optei pela avaliação de Excelente.
    De acordo com o simulador, a minha passagem para o 6º escalão seria (teria sido) a 29-08-2018 ou a 01-03-2019, respetivamente colocando o Excelente ou o Muito Bom.

    Penso que não está correto, pois a bonificação do tempo de serviço só deveria ocorrer após a mudança para o 6º escalão (escalão seguinte ao da obtenção da mesma). Assim, deveria surgir ” 01/06/2019″ para a opção do faseamento ou “30/08/2019”, para a totalidade.
    Estou a pensar mal? A bonificação deveria refletir-se já no 6º escalão e antecipar, nesta última hipótese, a minha passagem ao 7º escalão para 12-11-2019, o que não está a acontecer.


  2. Atrevo-me a dizer que tiveste uma avaliação ao abrigo do decreto regulamentar 26/2012 extemporânea.

      • Lina Horta on 27 de Maio de 2019 at 19:59
      • Responder

      Como a data de mudança para o 6º escalão era a 30 de agosto de 2019, tive de ser avaliada no ano letivo anterior, ou seja, 2017-2018. Penso que o processo está correto, embora só por 2 dias!!! Por isso não me enquadro nestas condições e o simulador dá este erro

      • Filomena Rebelo on 28 de Maio de 2019 at 1:30
      • Responder

      Ah… afinal não sou só eu que penso na extemporaneidade da avaliação ao abrigo do DR 26/2012!

    • Hugo Rodrigues on 27 de Maio de 2019 at 19:50
    • Responder

    Boa tarde
    Antes de mais gostaria de vos dar os parabéns pelo excelente trabalho que realizam.
    Para quem foi reposicionado, por exemplo, a 01.01.2018 com 1095 dias excedentários a data de progressão ao 3.º escalão dá 01.01.2019 mas esquece que para que tal fosse possível teria de ter aulas observadas, 12, 5 horas de formação e avaliação. Neste caso, apenas vai progredir em setembro. É assim?
    Obrigado,

      • Cristiana Marques on 27 de Maio de 2019 at 22:29
      • Responder

      Boa noite, o tempo de serviço a contar é só a partir do ano de vinculação?
      Obrigada


  3. O simulador diz que a data de mudança está sujeita ao cumprimento da observação d e aulas até essa data.

      • Helder Fialho on 31 de Maio de 2019 at 17:48
      • Responder

      Arlindo, antes de mais nada, parabéns pela iniciativa. O simulador, no meu caso, continua a apresentar me uma data de transição ao 7.º escalão que não coincide com as minhas contas… se me puder ajudar (só para confirmar): entrada no 6.º escalão em 24/06/2010; neste escalão concluí um mestrado (29/06/2010) e avaliado com excelente (1.º e muito provavelmente, o último). O simulador indica que transitaria ao 7.º esc. de forma normal em 23/06/2019 e ao 8.º em 07/09/2020. Pelas minhas contas, transitarei ao 7.º esc. apenas em 24 de junho de 2020 e em setembro ao 8.º.
      Obrigado!

      • Anabecas on 25 de Junho de 2019 at 0:10
      • Responder

      Boa noite e parabéns ilimitados pelo excelente trabalho feito!
      Estou na mesma situação que o Hugo. Mas fiz entre janeiro e maio de 2018 as 50h de formação, pedi em dezembro de 2017 as aulas observadas e entreguei o relatório de avaliação. Estes 2 requisitos não estavam cumpridos na data de 17/06/2018, mas não por minha culpa. Agora vamos progredir só na data em que as SADD reunirem?? Ou progredimos nesta data, mas com dias excedentes??
      Saber a data é fundamental para decidir o que fazer? Inteiro ou faseado?! E ainda tenho a questão de ter avaliação de muito bom em 2010/11 como contratada que não foi utilizada… ainda pode ser? Eis a questão!
      Obrigada

    • telma on 27 de Maio de 2019 at 20:10
    • Responder

    Fui para o 4º escalão dia 22 fev. 2019. Mudo para o 5º dia 9 maio 2020.
    Preciso de fazer 50 horas de formação ?
    Como vai ser com as aulas assistidas?
    E a avaliação do desempenho?
    Faço melhor em fasear ?

    Obrigado.

      • Helena on 28 de Maio de 2019 at 9:44
      • Responder

      Eu passei a 7/6/2018 e só passarei para o 5º a 27/7/2020.

      Mudou em 2019 e vai mudar novamente em 2020?

    • Ana Pires on 27 de Maio de 2019 at 20:24
    • Responder

    Arlindo, os professores que estão em período probatório podem pedir o faseamento???
    Na secretaria da minha escola não sabem o que fazer connosco.eheheh
    Tenho 3090 dias a recuperar mais o faseamento.
    Neste momento sou provisória. Em setembro, após a minha avaliação de Bom ou Muito Bom passo para o segundo escalão. No segundo escalão terei aulas observadas e depois tenho tenho para passar para o 3º. escalão. Tenho 200 horas de formação.
    Se puder solicitar o faseamento passo para o próximo escalão mas não há informação sobre nós ( probatório).
    Por favor alguém que me esclareça.
    Professora Since 1996 sempre no ensino publico.

    Help, Please.

    • Paulo on 27 de Maio de 2019 at 20:39
    • Responder

    Olá Arlindo.
    Estou no 3º escalão desde 01/10/2009. Entretanto fui avaliado em 17/10/2011 com Muito Bom. Supostamente este Muito Bom é para usufruir apenas no tempo do 4ª escalão.
    Mas o simulador altera a data da mudança (sem faseamento) logo no 3º escalão . Ou seja, se tivesse Bom a data de mudança era 30-09-2020 e com Muito Bom passa a ser 30-03-2020.

    • Elina Batista on 27 de Maio de 2019 at 20:55
    • Responder

    Eu fui avaliada com dois excelentes seguidos na Madeira e as bonificações acumulam. O simulador não prevê essa situação. Também fiz doutoramento, mas aguardo pelas listas da dgae, apesar de o ter concluído em 2013.

      • Susana on 21 de Junho de 2019 at 20:17
      • Responder

      Boa tarde Elina

      Onde posso obter informação sobre a acumulação de bonificação?
      Obtive MB em 2007/09 e MB em 2013/14 ao abrigo do dec-Reg 26/2012, o total de bonificação a usufruir no escalão seguinte (3º) é 1 ano uma vez que estou no 2º escalão desde 05-05-2009?!
      Agradeço desde já

    • Helena Silva on 27 de Maio de 2019 at 21:02
    • Responder

    Não entendi as cruzes nas casas de observação de aulas e obtenção de MB ou Excelente que me aparece no 5º escalão. Não teriam que aparecer no 4ºescalão? Neste momento estou no 3º escalão desde 04/08/2008, última data progressão.
    Agradecia esclarecimento. Obrigada!
    Helena Silva

    • Fernando on 27 de Maio de 2019 at 21:23
    • Responder

    Viva, fui reposicionado no 2º escalão em 01/09/2018, pois, fiquei colocado no concurso extraordinário de 2017/2018. No simulador diz que passo para o 3º escalão, pelo faseado e o que me é mais favorável, em 01/06/2019 mas fala em aulas assistidas que não as tive em 2017/2018 mas já as tive no presente ano lectivo. Para além disso e é o que me está a fazer confusão o simulador diz que a avaliação de desempenho é a do ano lectivo de 2017/2018.
    Agradecia um esclarecimento se possível.


  4. Boa noite.

    Subi para o 2º escalão a 5 de março de 2018 e vou beneficiar de uma bonificação de meio ano por um muito bom.
    Com o faseamento deveria subir no dia 1 de junho de 2020.
    Até lá tenho as 50 horas de formação necessárias e já pedi observação de aulas para 2019/2020. Mas a avaliação de desempenho se for como habitual é posterior a 1 de junho. A escola deve realizar a avaliação até até essa data ou a subida de escalão será concretizada apenas quando concluída a avaliação se for após 1 de junho?


    1. Desde já agradeço a atenção e o trabalho desenvolvido no blog.


  5. Boa noite Arlindo &Lda Trabalhadora!
    Excelentes tentativas em colocar em linhas directas as ruas estreitas da cidadela medieval que é a legislação actual quanto ao “reposicionamento” + “faseamento”.
    Bem tento compreender e entender. Leio. Questiono…e há sempre mais questões que se levantam.
    Tendo inserido os dados conforme as orientações fornecidas e, caso opte pelo faseamento, teria de ter sido avaliada no presente ano lectivo. Presumo que seja a avaliação “normal” (relatório de auto-avaliação), ao abrigo do decreto regulamentar nº 26/2012, de 21 de fevereiro, certo?! É que não se podia prever, no início deste ano, se haveria descongelamento-progressão e muito menos numa versão faseada. Estou errada?
    Obrigada.

    • Carlos Pedro Santos on 27 de Maio de 2019 at 23:26
    • Responder

    Parabéns por todo o trabalho, mas ainda não está perfeito…
    Se não vejamos o meu caso particular.
    Subi ao 5.º escalão em 3/2/19 com avaliação de excelente no 4.º escalão.
    Pela avaliação de excelente só tenho de cumprir 1 ano do 5.º para o 6.º escalão.
    Recuperando os 1018 de uma só vez ou faseadamente (pelos meus cálculos será igual) a data de mudança para o 7.º escalão (que necessita de quotas ou de obtenção de muito bom ou excelente na avaliação do 6.º escalão) deverá ocorrer a 21/4/2021. e a data que surge no simulador não é essa. Julgo que nos cálculos da recuperação normal não está a entrar com a bonificação de meio ano ao de um ano por via da obtenção de mto bom ou excelente. Nas diferentes simulações que fiz dá-me sempre a mesma data.
    Abraço
    Carlos Pedro Santos

    • Maria Manuela Trindade Carvalho de Matos Dias on 28 de Maio de 2019 at 0:56
    • Responder

    Muito obrigada pelo trabalho e empenho que muito ajuda os colegas.
    Para preencher o simulador, o que significam os dias excedentes? Não sei a que se refere… podem esclarecer?
    Manuela Matos

    • Filomena Rebelo on 28 de Maio de 2019 at 1:38
    • Responder

    Uma vez mais, excelente trabalho, Arlindo.
    Obrigada.

    • Rogério Correia on 28 de Maio de 2019 at 7:15
    • Responder

    Quando se coloca uma data de início de 2019 relativamente à última mudança e uma avaliação de Excelente, o simulador indica a avaliação de 2017/2018 para a situação dos 2A9M28D para a nova mudança que deveria ocorrer em março de 2019. Penso que terei de ser avaliado novamente este ano e apenas mudo depois dessa avaliação. Os dias entre março de 2029 e a data da mudança, provavelmente 31 de julho de 2019, terão de ser recuperados na progressão seguinte.

    • Cristina Maria Freire Marques Belo on 28 de Maio de 2019 at 10:59
    • Responder

    Bom dia, a minha ultima mudança de escalão foi a 01/04/2006, para o 6.º escalão. O simulador não está preparado para uma data anterior a 2008, pois não?
    O que fazer?

    Obrigada

    • Francisco Alves on 28 de Maio de 2019 at 11:46
    • Responder

    Mais uma vez parabéns por todo o trabalho, mas ainda tenho dúvidas em relação à minha futura progressão e, na minha opinião, poderá haver algumas imprecisões no simulador que apresenta, no caso dos docentes que progrediram ao 5.º escalão de janeiro a maio de 2019 …

    Se não vejamos o meu caso particular:
    Subi ao 5.º escalão em 04/01/2019 com avaliação de excelente no 4.º escalão. Pela avaliação de excelente (365 dias) só terei de cumprir 1 ano de permanência do 5.º para o 6.º escalão.
    Se recuperar os 1018 de uma só vez ou se fasear (pelos meus cálculos será igual em termos de opção) a data de mudança para o 7.º escalão (que necessita de quotas ou a obtenção de muito bom / excelente na avaliação do 6.º escalão) deverá ocorrer a 21/03/2021 e as datas que surgem no simulador são outras, ou seja as que se apresentar a seguir:
    6 7 8
    Normal (2A 9M 18D) 04-01-2019 21-03-2022 20-03-2026
    Faseado (1/3) 01-06-2019 01-06-2021 19-03-2025

    Julgo que nos cálculos da recuperação normal não está a entrar com a bonificação de meio ano ao de um ano por via da obtenção de muito bom ou excelente obtido no escalão anterior.
    Nas diferentes simulações que fiz dá-me sempre a mesma data.
    Cumprimentos,
    Francisco José

    • Frankieat on 28 de Maio de 2019 at 12:07
    • Responder

    A aplicação está incorrecta: se colocar Mb ou Exc faz logo a bonificação no próprio escalão. o que não pode ser. E isso influencia todo o processo

    Além disso, deverá ser referido que a avaliação referenciada é a melhor das 3 desde que tenha sido avaliado pelo DR.26. Por ex. quem progrediu em 2018 utilizado o OE2018, não bonifica

    • Paulo on 28 de Maio de 2019 at 13:00
    • Responder

    Olá, esclareçam-me uma dúvida por favor.

    Tendo eu subido para o 4º escalão em dezembro de 2018, se optar pelo regime faseado de recuperação do tempo de serviço e se não obtiver vaga para progredir, corro o risco de perder grande parte do tempo de serviço recuperado enquanto espero por uma vaga para subir ao 5º? Ou, por outras palavras, serve-me apenas para subir de posição na lista de espera? Mas se for assim e se todos os docentes do 4º escalão que aguardam vaga optarem pela recuperação faseada, ninguém irá adiantará grande coisa, uma vez que a posição relativa será sempre a mesma na lista de espera…

      • Msria on 28 de Maio de 2019 at 21:19
      • Responder

      E acha justo passar à frente dos outros que já estão na lista?

    • Manuela on 28 de Maio de 2019 at 13:41
    • Responder

    Depois de fazer a minha simulação, utilizando o simulador e comparando os resultados verifico que a recuperação não faseada, após a mudança de escalão, quando se deveria retirar os 2a9m28d é igual a recuperação faseada nesse mesmo escalão após a redução dos 339 dias.

    • Maria on 28 de Maio de 2019 at 13:52
    • Responder

    Boa tarde colega, seria possível confirmar se é possível utilizar créditos que não foram usados em avaliações anteriores? Há algum limite? Muito obrigada.

    • Carla on 28 de Maio de 2019 at 14:42
    • Responder

    Proponho que o colega Arlindo & colaboradores montem um “consultório” para analisar, contra um valor pecuniário, cada um dos inúmeros casos que “chovem” aqui…

    Não estou a brincar!

    • Ana Maria on 28 de Maio de 2019 at 15:03
    • Responder

    Errata:

    Na questão 3 onde se lê …para um docente que ingressou na carreira após 2011 ou para um docente em Licença Sem Vencimento na totalidade ou parcialmente entre 2011 e 2017, a recuperação não é de 2 anos, 9 meses e 18 dias, mas sim proporcional ao período de congelamento, devia ler-ser… para um docente que começou a lecionar após 2011 …

    • Licinio Borges on 28 de Maio de 2019 at 15:35
    • Responder

    Boa tarde Arlindo.
    Quem foi avaliado em 2009 ou 2010 e transitou na altura para o 9º escalão, com avaliação de MB ou EXC, ainda não foi avaliado pelo 26/2012 (seria extemporâneo, como dizes e bem) e, ao sê-lo agora, de nada lhe vai valer aquela avaliação. Resta-lhes aproveitar os 340 dias. Sempre mitiga um poucochinho (onde é que já ouvi isto?). Em suma, dar com uma mão e tirar com as duas..! dass…
    Abraço.

    • manuel on 28 de Maio de 2019 at 16:08
    • Responder

    Arlindo, Colegas,

    Há muitos erros no cálculo do tempo de serviço que agora vão passar pelos pingos da chuva… e que vão provocar grandes ultrapassagens. Já vimos isso nas listagens para acesso ao 5º e 7º escalões. Colegas com mudanças de escalão a 01 do mês…

    Há escolas que estão “caladinhas”. São erros de diretores e de secretarias.
    Vejam este exemplo: há colegas que completaram o tempo de serviço num escalão e entraram noutro em finais de dezembro de 2018. As escolas/secretarias por incompetência ou incúria introduzem na plataforma/recenseamento a data de 01/01/2019 como entrada no novo escalão, o que está errado. Esta data (dia 01 do mês seguinte) corresponde apenas à data em que a mudança de escalão produz efeitos no vencimento! Ora bem, já viram bem as “consequências” desse erro? Pois é, temos colegas a beneficiar, indevidamente, de quase 3 anos de uma vez só. (Decreto de março). Já perceberam as ultrapassagens e as situações de injustiça?

    Quem corrige os erros de contagem de tempo de serviço feitos nas escolas?

    Agora, anda um grande pandemónio nas escolas por causa da avaliação. Toca a preencher papéis à pressa, não interessa de que maneira. Avalia-se exactamente o quê? O que´é o “ciclo”? Um, 2, 3, 4, 5, 6, ou mais anos? Ninguém sabe. Há respostas para todos os gostos!

    Como é sequer possível passar pela cabeça de professores atribuir classificações quando ainda nem perceberam o que estão a avaliar? Uns vão ter Muito Bom com avaliação de um ano, e outros vão disputar a mesma nota com 6 ou mais anos?!!! Sim, porque, supostamente, o ciclo corresponde a vários anos, precisamente ao período em que se esteve no respetivo escalão! Quais os relatórios de avaliação anuais é que vão ser avaliados?!! Na minha escola preparam-se para avaliar um ano!

    O que é que têm a dizer sobre isto?!!

    • Lucas on 28 de Maio de 2019 at 16:32
    • Responder

    Em vez de andar a fazer perguntas por aqui que tal os sindicatos e as Direções das Escolas pedirem esclarecimentos CABAIS ao Ministério da Educação?

    Ps- é impressionante que até os sindicatos dizem para consultar o blog do Arlindo… Onde isto já chegou!

    • Maria on 28 de Maio de 2019 at 17:49
    • Responder

    Boa tarde,
    O simulador conta os 6 meses de bonificação antes da mudança de escalão.
    Eu mudei para o 4 escalão em março de 2009 e ia para o 5º em março de 2020.
    O simulador qd coloco o MB antecipa 6 meses a entrada no 5.º escalão.
    Se optar pelo faseamento como é feita a bonificação dos 6 meses?
    Obrigada

    • Maria Manuela on 28 de Maio de 2019 at 19:30
    • Responder

    Olá. Continuo sem perceber a que se refere os dias excedentes e em que situações se aplicam. Alguém pode esclarecer? Desde já o meu agradecimento.

      • Cristiana Marques on 28 de Maio de 2019 at 19:39
      • Responder

      Olá os dias excedentes, são para quem foi reposicionado pela portaria 119
      Por exemplo um colega foi para o 2° escalão, mas sobraram 120 dias


  6. Um ordenado de 332223.9 € de 2019 a 2024 não era nada mau! Há um pequeno erro no simulador.

    • António Olhícos on 29 de Maio de 2019 at 12:27
    • Responder

    Bom dia,

    O faseamento da contagem do tempo de serviço a partir de 2019 implica o faseamento do vencimento?

    Bem haja e parabéns a todos pelo blogue .

    • Helder Fialho on 31 de Maio de 2019 at 16:20
    • Responder

    Arlindo, antes de mais nada, parabéns pela iniciativa. O simulador, no meu caso, continua a apresentar me uma data de transição ao 7.º escalão que não coincide com as minhas contas… se me puder ajudar (só para confirmar): entrada no 6.º escalão em 24/06/2010; neste escalão concluí um mestrado (29/06/2010) e avaliado com excelente (1.º e muito provavelmente, o último). O simulador indica que transitaria ao 7.º esc. de forma normal em 23/06/2019 e ao 8.º em 07/09/2020. Pelas minhas contas, transitarei ao 7.º esc. apenas em 24 de junho de 2020 e em setembro ao 8.º.
    Obrigado!


  7. Boa tarde Arlindo.
    Refere em explicação ao quadro as situações diferentes de progressão para quem já foi avaliado ao abrigo do Decreto-Regulamentar 26/2012, acrescentando ” Existem no entanto docentes que tendo progredido em 2018 ou 2019 já se pode considerar essa bonificação de tempo de serviço no escalão onde se encontram atualmente.”
    Fui avaliada ao abrigo do DR 26/2012 com MB (2013/2014) progredindo em 2018 ao 6º, logo interpreto que poderei gozar neste escalão desta bonificação. Estou errada no raciocínio?
    Onde se encontra essa informação? (para contrapor às informações dadas na Direção)
    Muito obrigada.

    • rosa lameira on 4 de Junho de 2019 at 19:33
    • Responder

    Peço novamente a verificação do resultado que o simulador dá para a seguinte situação:

    Progrediu para o 5º escalão a 30/01/2019 com Muito Bom, sem mestrado.

    Penso que deve haver alguma anomalia pois as datas para contagem de tempo no 7º escalão diferem substancialmente das contas que eu faço, caso não opte pelo faseamento.

    Obrigada

    • Marília Gomes on 7 de Junho de 2019 at 17:55
    • Responder

    Boa tarde.
    Quero, antes de mais, agradecer o excelente trabalho que têm desenvolvido.
    Há diferentes interpretações por parte dos sindicatos e dos serviços administrativos e Direções do que está no n.º 1 do atigo 2.º do Dec-Lei n.º 36/2019: “1 — A partir de 1 de janeiro de 2019, aos docentes referidos no artigo anterior são contabilizados 2 anos, 9 meses e 18 dias, a repercutir no escalão para o qual progridam a partir daquela data.”
    É que o Dec-Lei n.º65/2019 refere no n.º2 do art.º 1.º “A contabilização do tempo de serviço aos docentes
    de carreira dos estabelecimentos públicos de educação pré -escolar e dos ensinos básico e secundário obedece ao disposto no Decreto -Lei n.º 36/2019, de 15 de março, sem prejuízo do direito de opção previsto no artigo 5.º” (faseamento)
    Eu gostaria de saber qual a interpretação que o Arlindo e a sua equipa fazem do mesmo. É que, no caso dos professores que já estavam no 9.º escalão antes de 01/01/2018, alguns Serviços Administrativos e algumas Direções entendem que não se aplica o Decreto-Lei n.º 65/2019 porque, segundo eles, essa recuperação do tempo de serviço só se efetuaria no 10.º escalão, ou seja, nunca.
    Cumprimentos.

    • rosa lameira on 8 de Junho de 2019 at 15:45
    • Responder

    Boa tarde,
    Continua a dar um resultado estranhíssimo no meu caso. Fui avaliada no ano passado pelo DR nº26/2012 com 93,7 mas por aplicação conjugada do artº3 do despacho 12567/2012 de 26 set, acabei por ter menção qualitativa de BOM, Pedi a recuparação do Muito Bom do ciclo anterior pois ia mudar para o 5º. Entrei no 5º escalão em 30/01/2019. Penso que tenho ainda direito aos 6 meses de bonificação do Muito Bom a gozar neste escalão. assim sendo, pelas minhas contas, quer pedisse faseado, quer pedisse normal, em 2021 estaria apta para entrar (após cumprimento das outras condições) no 7º escalão. No entanto o simulador continua a mostrar-me uma grande diferença entre faseado e normal, com vantagem para o pedido faseado. Será que o simulador continua a desprezar a bonificação dos 6 meses na recuperação normal? Por favor verifique-se esta situação pois a diferença é significativa e, no meu entender, enganadora. Obrigada.

      • António on 13 de Junho de 2019 at 18:50
      • Responder

      Caso idêntico… Passei para o 5.º escalão a 31/01/2019. Fui avaliado no final do ano letivo 2017/18 (ano letivo anterior ao da mudança) com Excelente. O simulador parece não ter em atenção a menção qualitativa, a não ser no caso de ser faseado… Não deverei mudar para o 7.º no dia (+-) 31/01/2021 (contando todo o tempo)?
      Parabéns pelo vosso trabalho.

        • rosa on 23 de Junho de 2019 at 17:11
        • Responder

        Boa tarde colega,

        Uma vez que tem uma situação semelhante à minha, já conseguiu apurar algo de novo? Eu ainda não percebi.

        Um abraço

          • António on 27 de Junho de 2019 at 21:31

          Olá Rosa. Já se passaram alguns dias mas a confusão continua…
          – Já me disseram que mudei nesse dia para o 6.º escalão, e que deveria já estar a receber a partir desse dia no 6.º escalão… e entregar a minha avaliação anual, como os restantes colegas…
          – Já me disseram que mudei nesse dia para o 6.º escalão mas que tenho que entregar a avaliação e ter 25h de formação (por um acaso já tenho esse n.º de horas de formação nesse dia, feitas no mês de dezembro) mas só agora posso entregar a avaliação… Que receberei retroativos…;
          – O mesmo que o ponto anterior, mas sem retroativos – só recebo no mês seguinte após ser avaliado (5-6 meses a receber no 5.º escalão);
          – Hoje disseram-me que o melhor é pedir faseado…

          Sei que não ajudei… mas também esperava que alguém nos ajudasse… Se souber entretanto o que fazer… diga.

          Abraço

          • rosa on 27 de Junho de 2019 at 22:01

          Boa noite colega António…
          Pois eu igual. Estive hoje na fila para “dar um tiro no escuro”. Decidi que não pretendia exercer o direito de opção, ou seja, pedi por inteiro.
          Vamos ver no que dá…
          Um abraço,
          Rosa

    • Mariazinha on 12 de Junho de 2019 at 19:22
    • Responder

    Boa tarde, Arlindo.

    Como entrei no novo escalão, índice 340, em 01/09/2010, embora em 01/01/2010 tivesse completado os 6 anos de permanência no índice 299 e nos termos do artº 9º, nº 2, do Dec. Lei 75/2010, de 23/06, cumprisse os requisitos para a transição ao índice 340 a partir daquela data. Para determinar a data da próxima progressão, qual destas datas é?

    Obrigado.
    Cumprimentos.

    • Emila Tavares on 21 de Junho de 2019 at 1:48
    • Responder

    Boa noite
    Mudei para o nono escalão no dia 2/3/2010 e tive avaliação de desempenho de Excelente no biénio de 2007/2009. Estou em condições de usar essa avaliação para a bonificação de 1 ano pois estou no escalão seguinte àquele em que a obtive. Obviamente esta avaliação não foi ao abrigo do DR 26/2012. Penso pois que no simulador não devia estar “última avaliação ao abrigo do DR 26/2012 “mas apenas avaliação obtida no escalão anterior pois é a única que interessa em termos de bonificação . Ou estou a pensar mal? Agradeço esclarecimento.
    Obrigada,
    Os meus cumprimentos

    • Susana on 21 de Junho de 2019 at 20:28
    • Responder

    Parabéns pelo vosso trabalho.
    Parece-me que o simulador não tem em consideração as bonificações de tempo na sequência de MB ou Excelente para quem ainda não usufruiu delas, verdade?
    Quem obteve Muito bom no ciclo avaliativo 2007 /2009 e obteve Muito Bom em 2012/13, tendo sido avaliado ao abrigo do Dec. Reg. 26/2012 nesse ano, bonifica no TOTAL de um ano a beneficiar no escalão seguinte?
    Como é que o Simulador contabiliza estes dados?
    Estou no 2º escalão desde 05-05-2009.

    • Fernanda Maria Pinto on 23 de Junho de 2019 at 16:28
    • Responder

    Arlindo
    Este simulador também se aplica para colegas em situação de reposicionamento?

    • Rosario Trinca on 24 de Junho de 2019 at 12:38
    • Responder

    Bom dia.
    Venho solicitar a vossa ajuda na tomada de decisão da escolha da modalidade de recuperação de tempo de serviço 2A9M18D .

    Passo a expor a minha situação:

    6º escalão
    Entrada no 6º escalão em 01/01/2018
    Tive bonificação de 1 ano nessa transição (mestrado em educação)

    Tenho avaliação em 2007/2009 ao abrigo do Dec Reg nº 26/2012 com classificação de “Muito Bom” que será segundo os serviços administrativos do meu agrupamento (AERMonsaraz) tida em conta na próxima transição de escalão (para o 7º).

    Faria (teoricamente) a transição para o 7º em 30/06/2021.
    Parece-me que a melhor opção seria o Faseamento.
    Contudo, tenho dúvidas nomeadamente, se o tempo que não for utilizado na transição do 6º para o 7º será tido em conta para a transição seguinte e se estando a transição do 6º para o 7º sujeita a vagas o facto de ter tido Muito Bom na avaliação referida anteriormente dispensa essa necessidade de esperar pela existência das ditas.

      • Paula Ângelo on 26 de Junho de 2019 at 0:58
      • Responder

      Estou praticamente na mesma situação.
      O problema é que vagas não é sinónimo de cotas.
      Podemos ter vaga pela menção de MB e não ter cotas

        • Rosario Trinca on 28 de Junho de 2019 at 16:36
        • Responder

        Mas é necessário pedir avaliação na transição do 6º para o 7º escalão e classificação de MB ou EXC para nos libertarmos da espera em vaga.
        E, se optarmos pelo modo “faseamento” o tempo será gasto com a permanência na lista de espera ????
        Esclareçam-me por favor.

        obrigada

    • Maria Martin on 24 de Junho de 2019 at 15:07
    • Responder

    Boa tarde
    Estive no 8º escalão desde 2004 e passei para o 9º em 1.1.2018 já com mais dias do que era pedido.
    No periodo de congelamento fiz Mestrado em Ciências da Educação.
    O ano de bonus que lhe corresponde não foi usufruído no 8º escalão. Sabe se pode transitar para o 9º escalão?
    Obrigada
    Maria Martin

    • Olga on 23 de Julho de 2019 at 14:29
    • Responder

    Boa tarde

    Estou no 9.º escalão, progredi em 2010.
    Estando em conflito com a direção foi-me atribuída em 2011 a menção de Regular. Estava em vigor o Dec-Lei ….de 2010.
    Recorri até à, então, DREN.
    Passaram 8 anos e nunca recebi nenhuma proposta de Plano de Formação, não obstante, numa ata (resposta a um dos recursos hierárquicos) existir uma “recomendação” para realizar o tal Plano … ( em dezembro de 2011).
    Poderei pedir o faseamento e progredir para o 10.º escalão? No Simulador só menciona o Dec-Lei … de 2012 que revoga o de 2010.
    Entretanto completei o 1.º ano de mestrado em supervisão pedagógica e avaliação de pessoal docente com 16 valores.
    Fiz formação da DGAE, no âmbito da Avaliação Externa….em 2013 e 2014 (esta última com Excelente, a primeira dava um certificado de presença.
    Por favor dê-me a sua opinião, pois os advogados dão informações divergentes e não criar “anticorpos”, no agrupamento onde me encontro, atualmente com recuros H.

    • Carla Correia on 26 de Julho de 2019 at 8:55
    • Responder

    Olá,

    Há algum problema com o simulador?
    Os dados que estou a colocar hoje dão-me datas de progressão para os escalões seguintes diferentes de há 1 mês atrás…

    Há 1 mês atrás a data coincidia com a simulação que o sindicato fez e agora não…
    Obrigada

    • Lídia Oliveira on 21 de Agosto de 2019 at 21:49
    • Responder

    Olá boa noite,
    experimentei hoje o simulador e o resulatado foi que eu mudaria logo dois escalões na mesma data. Isso é possível?? Não tem de haver uma avaliação. Eu estou no quarto escalão e segundo o simulador, na progressão normal, passaria logo para o 6º escalão. É legal isso ??

    Lídia Oliveira

    • António on 2 de Outubro de 2019 at 14:24
    • Responder

    Olá ! Boa tarde.
    Progredi ao 9º escalão em 22/02/2018.
    Apresentei o pedido de faseamento e , de acordo com o simulador a actualização remuneratória seria a 1 de junho de 2019. Penso que teria de ser avaliado em 18/19 . mas dizem-me que é só para o ano, pois a actualização remuneratória será em setembro.
    Pode dar-me por favor esclarecimentos sobre estas matérias ?
    Cumprimentos.

    • Ana Maria Guerreiro da Conceição Dominguez on 21 de Janeiro de 2020 at 13:04
    • Responder

    Olá ! Bom dia

    Mudei para o 9º escalão em 01/01/18.
    Com a recuperação dos 2A 9M 18D, penso que irei passar para o 10º em Junho de 2020. Certo?
    Que formação preciso de fazer? Tenho várias horas de formação feitas em 2012, 2013 , 2015 que nunca foram utilizadas para efeito de progressão. Será que as posso aproveitar?
    Antecipadamente grata pelos esclarecimentos que me poderão dar e por todo o excelente trabalho que têm feito

    • Carlos Miguel Coelho on 20 de Fevereiro de 2020 at 21:26
    • Responder

    No simulador o que se entende por dias excedentes?

    • Elvira Pires on 1 de Junho de 2020 at 22:39
    • Responder

    Peço ajuda para saber quando mudarei de escalão:
    Mudei em 01/01/2018 para o 9º escalão e pedi a recuperação faseada. Quando mudarei?
    Grata pela ajuda

    • Elvira Pires on 1 de Junho de 2020 at 22:41
    • Responder

    Tive avaliação de muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: