Os portugueses acham justas as reivindicações dos professores

 

A causa dos professores é justa, mas atenção às contas

Os portugueses acham justas as reivindicações dos professores, mas não que sejam mais importantes que o controlo das contas públicas.

Por outro lado, se é maioritária a ideia de que PSD e CDS foram à caça do voto, não é tão claro que fosse motivo para uma ameaça de demissão do Governo. Algumas das conclusões possíveis, quando se faz a avaliação da crise política que marcou a pré-campanha para as eleições europeias.

É justo os professores recuperarem os 9 anos, 4 meses e 2 dias? Rigorosamente metade (50%) dos inquiridos pela Pitagórica acha que sim (apenas 30% discordam), sendo essa uma posição maioritária entre os eleitores de todos os partidos. Os menos entusiastas são os socialistas.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/05/os-portugueses-acham-justas-as-reivindicacoes-dos-professores/

1 comentário

    • Mariana on 23 de Maio de 2019 at 14:00
    • Responder

    Pois, os portugueses preferem pagar as dívidas dos Berardos e companhia do que pagar o salário de quem lhes educa os filhos ou de quem lhes trata da saúde. Opções….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog no Facebook