Docentes no 9.ºescalão devem fasear os 2,9,18

Os docentes que presentemente se encontram no 9.º escalão da carreira docente, deverão aderir ao faseamento.

Porquê?

Porque se não o fizerem, não terão qualquer recuperação do tempo de serviço. Se os mesmos esperarem pelo próximo escalão, 10.º, para recuperarem os 2 anos, 9 meses e 18 dias, este tempo de nada lhes servirá, uma vez que já se encontrarão no topo de carreira. Se querem recuperar algum tempo, (não será na totalidade) devem requerer o faseamento para subirem ao 10,º  escalão mais cedo.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/05/docentes-no-9-oescalao-devem-fasear-os-2918/

34 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Marília Gomes on 20 de Maio de 2019 at 14:01
    • Responder

    Quando se refere aos docentes que presentemente se encontram no 9.º escalão, tem em conta os que tiveram acesso a este escalão em 2018 e 2019 ou também os que, no momento em que se iniciou o descongelamento, já se encontravam no 9.º?
    Gostava que me ajudasse a compreender.

      • Alberto Miranda on 20 de Maio de 2019 at 16:31
      • Responder

      Boa tarde,
      A interpretação que eu faço é que este conselho é para as ambas as situações: (…)”Se os mesmos esperarem pelo próximo escalão, 10.º, para recuperarem os 2 anos, 9 meses e 18 dias, este tempo de nada lhes servirá”.
      Cumprimentos,

    • Madalena on 20 de Maio de 2019 at 14:23
    • Responder

    Enquanto partem e repartem, decidem pela parte ou pelo todo, não se esqueçam de continuar a trabalhar de borla: prescindam dos fins de semana para realizar trabalho para a escola, lecionem aulas suplementares de preparação para os exames, dinamizem clubes e projetos, acompanhem os alunos em visitas de estudo. O profissionalismo acima de tudo!

    • António on 20 de Maio de 2019 at 14:57
    • Responder

    Boa tarde

    Alguém tem a minuta para o requerimento?

    Podem disponibilizar.

    Obrigado

    • Maria Salomé aguiar on 20 de Maio de 2019 at 15:15
    • Responder

    Boa tarde
    E o que acontece com os que estão retidos à espera de vagas, para o 5 e 7 escalão?
    Será que correm o risco de ser ultrapassados pelos que vão pedir o faseamento?
    Estes professores continuam a perder tempo de serviço e ninguém fala neles.
    Obrigado.


    1. Pois… essa também é a minha dúvida. Estes colegas vão sofrer na pele mais uma injustiça. Ou aderem ao faseamento para não perderem posição nas listas do próximo ano (e desperdiçam assim 11 meses ) ou ficam quietinhos e aguardam que não tenham mais surpresas (vulgo ultrapassagens). Entre as duas soluções venha o diabo e escolha.

    • António on 20 de Maio de 2019 at 15:32
    • Responder

    O que é que isto significa?

    Art. 3
    3 — Aos trabalhadores que, após o dia 1 de janeiro de 2018, tenham alteração do seu escalão ou posicionamento remuneratório, em resultado de promoção, não é contabilizado o período de tempo de serviço previsto no artigo anterior.


    1. Este ponto refere-se aos militares e polícias.

    • Conceição Ferreira on 20 de Maio de 2019 at 15:50
    • Responder

    Quem espera por vaga para passar para o 7º escalão, deve pedir este faseamento?

    • m.elis on 20 de Maio de 2019 at 16:15
    • Responder

    Tenho uma dúvida (aliás, tenho muitas) que gostaria que alguém me esclarecesse. A minha situação é a seguinte:
    – mudei para o 7º escalão em 1/1/2018

    – faço 66 anos e 6 meses em abril de 2021

    – quando mudo de escalão?

    – o dito faseamento também se aplica à minha situação?

    Grata pela atenção,
    m.elis


    1. No seu caso, faseava. Se não o fizer reformar-se-á no 7.º escalão. Se o fizer poderá reformar-se no 8.º.

        • m.elis on 20 de Maio de 2019 at 20:15
        • Responder

        Obrigada 🙂

        • João on 20 de Maio de 2019 at 21:36
        • Responder

        Também não se preocupe muito, porque o que conta para a Aposentação é o que você ganhava em dezembro de 2005.


    2. Olá colega !
      Deixar a escola no 7º ou no 8º escalão pouca diferença faz, porque contando toda a carreira contributiva, o tempo que estiver no novo escalão não terá grande peso no valor final da reforma a receber.
      Mas vale sempre a pena quanto + não seja pelo nº de meses em que irá receber pelo novo escalão !
      P/ isso deverá optar pelo faseamento, recuperando já 11 meses em junho de 2019, que c/os 12 meses de 2018 + 6 meses de jan a junho de 2019 perfazem 29 meses.
      Com a 2ª tranche de 11 meses a recuperar em junho de 2020, mudará então para o 7º escalão, com 52 meses dos 48 que necessitava (4 anos x 12 meses).
      Não esqueça que pode ficar p/ além dos 66 e … meses e que cada ano a + que os 40 de serviço lhe encurtam o tempo de permanência em 4 meses, no caso de querer ir embora na idade mínima p/ o poder fazer.
      Vá á cga on line, peça uma password que receberá em casa via CTT veja a data correta e montante bruto estimado a receber nessa data.

    • Isabel on 20 de Maio de 2019 at 16:33
    • Responder

    Expliquem-me p.f. o enquadramento do que vai dito no ponto nº2 do artigo 1 do do Decreto-Lei nº65/2019….”A Contabilização do tempo de serviço……………….obedece ao disposto no Decreto-Lei nº36/2019 de 15 de março .”


  1. Se me pudessem ajudar!!!
    Estou no 7º desde junho de 2010. Compensa-me pedir o faseamento??? Obrigada!

      • Fernanda Costa on 20 de Maio de 2019 at 18:24
      • Responder

      Sim.

      • Fernanda Costa on 20 de Maio de 2019 at 18:31
      • Responder

      Sim, se tiver pouco tempo de serviço que não foi contabilizado, antes do descongelamento.


    1. Olá Rosa !

      O faseamento vai-lhe permitir mudar 1 ano + cedo, pois se optar pela recuperação na próxima mudança de escalão esta só se efetivará em jun de 2021.
      Ao receber a 1ª tranche em junho deste ano já fica c/ 35 dos 48 meses necessários p/ a mudança (6m de 2010 + 12m de 2018 + 6m de 2019 + 11 faseamento).
      Em junho do ano que vem decorridos + 12m e recebendo a 2ª tranche de 11m mudará então para o 8º escalão c/ 58m ou seja +10 do que necessitava.
      Segundo os dec. lei aprovados, embora não se perceba bem, … , “o tempo pode repercutir-se ainda no escalão seguinte, em função da situação de cada docente ???


  2. Uma coisa se pode verificar:
    Em muitos casos se se ganha na progressão com o faseamento, nos mesmos perde-se na passagem ao escalão subsequente. Ou seja, por exemplo, se se ganha 1 ano , perde-se outro com o faseamento. Em muitos casos, o 2A9M18D é melhor…
    Contudo, neste mundo de incerteza e de tugas “chico-espertos”, se calhar mais “vale um pássaro na mão do que dois a voar”…

    • Manuela on 20 de Maio de 2019 at 18:02
    • Responder

    Neste momento tenho 4 anos, 8 meses e 18 dias de permanência no 9 escalão. Claro que vou pedir o faseamento, até porque já não há mais escalões para subir….

    • Maria on 20 de Maio de 2019 at 19:28
    • Responder

    No dia 2 de julho mudo para o 6º escalão. Penso que será melhor os 2A9M18D. Está correto? Como realizar a avaliação? Mt obrigada


  3. Mudei de escalão em Fevereiro deste ano e com avaliação de Muito Bom (bonifico 6 meses). Posso pedir a totalidade dos 2a,9m e 2dias e mudarei em outubro de 2019 para outro escalão. Estou a fazer bem as contas?
    Caso esteja correto e não tendo frequentado qualquer ação de formação, pois não estava à espera que fosse tão rápido, não poderei mudar de escalão, pois não?


  4. Boa tarde! Quem acaba o 4o escalão em 2019 e tem entrada directa no 5o escalão via MB ou Excelente, passa directamente ao 6o escalão ou tem de lá ficar um ano obrigatoriamente?

    • Maria on 20 de Maio de 2019 at 20:02
    • Responder

    No dia 2 de julho mudo para o 6º escalão. Penso que será melhor os 2A9M18D. Está correto? Como realizar a avaliação? Quantas horas de formação?

    • Maria Fernandes on 20 de Maio de 2019 at 22:12
    • Responder

    BOA NOITE. EM 1 DE JUNHO DE 2020 TENHO 1734 DIAS, COMO SÓ PRECISAMOS DE 1460, PASSO PARA O 10º ESCALÃO.

    SÓ GOSTARIA DE SABER SE FAÇO A AVALIAÇÃO SOBRE ESTE ANO LETIVO , UMA VEZ QUE TENHO FEITO TODOS OS ANOS A AVALIAÇÃO CORRESPONDENTE E TENHO 70H DE FORMAÇÃO.

    MUITO OBG

    • EMariaDuarte on 20 de Maio de 2019 at 23:03
    • Responder

    Isso de os docentes, que presentemente se encontram no 9.º escalão da carreira docente, devam aderir ao faseamento, não é verdade para todos.

    Estou no 9º desde 1 de janeiro de 2019. Tenho toda a conveniência em recuperar os 2,9,18, por inteiro já, de forma a chegar o mais depressa possível ao 10º.
    Esta é a minha leitura, corroborada por informação que considero fidedigna.

      • RAlves on 20 de Maio de 2019 at 23:24
      • Responder

      EMariaDuarte
      Estou na mesma situação e também interpreto desse modo.


    1. Quem muda ou mudou em 2019 aplica-se o DL 36/2019, ou seja beneficia 2a9m18d (1018 dias), passando mais cedo para o 10º escalão.

    • Helena Maria Barata Correia Barreira on 21 de Maio de 2019 at 0:09
    • Responder

    Estou no 9.º escalão, desde março de 2010. Irei passar para o 10.º escalão em fevereiro de 2020, pois tive “um bónus” de um ano. Aconselha-me o faseamento?

    • Maria João on 21 de Maio de 2019 at 8:36
    • Responder

    Estou no 6º escalão desde 01/02/2019. O que é mais vantajoso?
    Obrigada.

    • Maria de Lurdes Ferreira Valente Laranjeira Chibante on 21 de Maio de 2019 at 10:57
    • Responder

    Bom dia.
    Gostaria que me esclarecessem sobre o que será mais vantajoso para mim. Comecei a trabalhar em 1986. Os meus anos de serviço são completos. Mudei para o sétimo escalão em 30/01/2018. Fez, pois, um ano no dia 30/01/2019. Tive Excelente, com aulas assistidas, que no meu caso não eram obrigatórias. Este excelente dá-me um ano de bonificação. Já possuo as 50 horas de formação necessárias para este escalão. Devo pedir um ano, agora e outro no oitavo ou os dois agora?
    Muito obrigado.

    • Fernanda Baebosa on 24 de Maio de 2019 at 17:11
    • Responder

    Boa tarde
    Passei ao 9º escalão em Janeiro de 2019. Fiquei com cerca de ano e meio de tempo para contar para o próximo.
    O que devo fazer agora?

    • EMaria Duarte on 26 de Maio de 2019 at 8:49
    • Responder

    Caros colegas à procura de conselhos,
    Cada caso é um caso e deve ser convenientemente analisado. Peçam aos vossos sindicatos que o façam.
    Sobretudo, não se precipitem. Há informações e esclarecimentos ainda a sair.
    E não se esqueçam de que o nosso objetivo, de que não abdicamos, é o 942, por isso ao requerimento juntem a declaração de não desistência.
    Bom domingo e bons votos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog