5 de Dezembro de 2018 archive

As fases de uma reunião que nada trouxe de novo…

 

A expectativa e a curiosidade, antes da entrada na reunião.

 

À saída “da reunião mais estranha que se possa imaginar”.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/as-fases-de-uma-reuniao-que-nada-trouxe-de-novo/

A reunião mais estranha que se possa imaginar…

 

… num país estranho, com politicas estranhas e cheio de gente estranha que nada estranha…

“É uma questão de tempo. Os professores vão ganhar”

Cerca de duas horas de reunião deixaram o governo e os sindicatos de professores exatamente no mesmo ponto no que respeita à discussão da progressão nas carreiras com base na devolução do tempo de serviço o congelado. A tutela voltou a propor os dois anos, nove meses e 18 dias que já tinha aprovado e os sindicatos reiteraram que não abrem mão dos nove anos, quatro meses e dois dias exigidos.

À saída, Mário Nogueira definiu a ronda negocial como “a reunião mais estranha que se possa imaginar”, acusando a tutela de pretender apenas “cumprir calendário”. Porém, deixou a garantia: os docentes “não vão desistir” e levarão a melhor. “É uma questão de tempo: os professores vão ganhar”, assegurou, prometendo para breve o anúncio de medidas de luta a desenvolver em 2019.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/a-reuniao-mais-estranha-que-se-possa-imaginar/

Reunião Sindicatos/ME, uma questão de recuos ou de avanços…

 

Foi uma espécie de tentativa para convencer uns a andar aos arrecuos, enquanto  outros não se dignam a andar para a frente.

(até houve, dizem por aí, quem abandonasse a reunião)

Mais pormenores a altas horas da noite.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/reuniao-sindicatos-me-uma-questao-de-recuos-ou-de-avancos/

669 Docentes Aposentados em 2018

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Os números de docentes aposentados em 2018 já estão fechados com a publicação da última lista mensal de aposentados.

Foram 669 docentes que se aposentaram este ano e as previsões para os próximos anos é que as aposentações venham a aumentar.

Fica aqui o quadro que tenho feito desde 2012 com os números de aposentados por categoria expressa em Diário da República, com a separação do género.

Os números a partir de 2019 e que estão a vermelho são as previsões do documento linkado em cima.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/669-docentes-aposentados-em-2018/

Reposicionamento Madeira – Portaria nº507/2018

 

Download do documento (PDF, 376KB)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/reposicionamento-madeira-portaria-no507-2018/

Reposicionamento de docentes ainda em Dezembro de 2018

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Reposicionamento de docentes nos termos da Portaria nº 199/2018, de 4 de maio – Esclarecimento

 

 

Exmo. (a)  Senhor(a) Diretor(a) do (a) Agrupamento / Escola,

Na sequência da comunicação enviada aos AE/ENA, autorizando a cabimentação da verba resultante do reposicionamento dos docentes nos termos da portaria supracitada, e com vista à uniformização de procedimentos, emite-se os seguintes exemplos:

Exemplo 1 – Docentes com efeitos de reposicionamento ao dia 1 de janeiro de 2018:

Docente posicionado no 1º escalão – índice 167 (1.518,63€) com reposicionamento no 3º escalão – índice 205 (1.864,19€) e sem ausências que implicaram perda de vencimento:

Diferença entre o valor atual e o que resulta do reposicionamento: 1.864,19€ – 1.518,63€ = 345,56€

Acréscimo remuneratório referente ao período de janeiro a novembro:

Vencimento: 345,56€ x 11 meses = 3.801,16€ (Requisição na Cl. 01.01.03.A0.A0 ou 01.01.04.A0.A0)

Subsídio de Férias345,56€ (Requisição na 01.01.14.SF.A0)

Subsídio de Natal345,56€ (Requisição na 01.01.14.SN.A0)

Total de retroativos: 3.801,16€ + 345,56€+ 345,56€ = 4.492,28€

No mês de dezembro processa-se o vencimento com o valor atualizado, ou seja, 1.864,19€

 

Exemplo 2 – Docentes com efeitos de reposicionamento ao dia 1 de setembro de 2018:

Docente posicionado no 1º escalão – índice 167 (1.518,63€) com reposicionamento no 2º escalão – índice 188 (1.709,60€) e sem ausências que implicaram perda de vencimento.

Diferença entre o valor atual e o que resulta do reposicionamento: 1.709,60€ – 1.518,63€ = 190,97€

Acréscimo remuneratório referente ao período de setembro a novembro:

Vencimento: 190,97€ x 3 meses = 572,91 € (Requisição na Cl. 01.01.03.A0.A0 ou 01.01.04.A0.A0)

Subsídio de Natal190,97€ (01.01.14.SN.A0)

Total de retroativos: 572,91€ + 190,97€ = 763,88€

No mês de dezembro processa-se o vencimento com o valor atualizado, ou seja, 1.709,60€

 

Nota: Esclarece-se ainda, que no reposicionamento dos docentes nos termos da Portaria nº 119/2018, de 4 de maio, não se aplica o nº 8 do artigo 18º da Lei nº 114/2017, de 29 de dezembro (LOE), ou seja, não se aplica o faseamento no pagamento destes acréscimos remuneratórios.

Com os melhores cumprimentos

Lourdes Curto

Diretora de Departamento do DGRH

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/reposicionamento-de-docentes-ainda-em-dezembro-de-2018/

3 horas livres no primeiro dia de escola dos filhos

No próximo ano letivo a calendarização do primeiro dia de aulas vai ser complicada, porque os professores também têm filhos e terão o mesmo direito que os outros funcionários. Eu sei que irei usufruir…

 

Funcionários terão 3 horas livres no primeiro dia de escola dos filhos

Dirige-se à Função Pública e é das poucas medidas com calendário definido: avança no próximo ano lectivo, garante a ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/12/3-horas-livres-no-primeiro-dia-de-escola-dos-filhos/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog