E no Período Fértil da Insanidade

Nuno Crato…

 

 promete para “breve” novas vagas para professores

 

 

O ministro da Educação afirma que em breve vão abrir novas vagas no quadro de professores.

Em declarações aos jornalistas, no Centro de Caparide, no concelho de Cascais, Nuno Crato explica que, no curto prazo, as escolas vão precisar de novos docentes.

Devido a aposentações de professores, nós vamos precisar de sangue novo”, afirmou o ministro.

Vamos precisar de prosseguir a via de vinculação de professores, promover os concursos e portanto, em breve, os quadros começarão a abrir”, garantiu, sem, no entanto, adiantar datas.

 

 

Aproveitemos a insanidade do Ministro.

Fica gravado e registado. mas não nos podemos esquecer que o ciclo de abertura de lugares de quadro aprovado por MLR apontava para um ciclo eleitoral normal que foi modificado com a queda do segundo governo de José Sócrates.

E como 2015 está próximo…. 😉

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/e-no-periodo-fertil-da-insanidade/

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ana on 11 de Dezembro de 2013 at 21:36
    • Responder

    Com a trapalhada deste ano, só havendo novamente concurso no próximo ano é que poderiam minimizar os danos causados a tantas famílias. Acabem de vez com a palhaçada das ofertas de escolas, iefp, planos disto e daquilo e pelas vias normais dignifiquem de vez a vida dos professores. Perante este caminho que escolhi até agora, só me apraz dizer, desilusão!

    • Luísa on 11 de Dezembro de 2013 at 21:39
    • Responder

    ESTA NOTÍCIA É SÓ PARA FAZER CALAR OS CONTRATADOS QUE ESTÃO CONTRA A PROVA.
    NÃO SE FIEM NO CRATO SENÃO PARA O ANO SERÃO TODOS OS CONTRATADOS A FAZER A PROVA.
    TEMOS DE LUTAR PARA QUE ESTA SEJA SUSPENSA.

    • Bia on 11 de Dezembro de 2013 at 21:48
    • Responder

    «Sangue novo»?
    Canibalismos?

    Feitas as contas, na minha escola, ainda faltam muitas horas para quem lá anda agora e os «velhos» já saíram…

    Vão acreditando em quimeras e não tratem de lutar pela vida… (não é pela «vidinha», como esse tal sangue mais novo tanto gosta de fazer…).

    • Pedro on 11 de Dezembro de 2013 at 21:58
    • Responder

    O meu ódio a Nuno Crato é tão profundo, que esse senhor deveria lavar a boca antes de pronunciar a palavra “professores”! Um asco, cínico, manipulador! A maior nojice que apareceu como ministro da educação! Lixo como pessoa! Desejo-lhe todo o mal do mundo, similar ao que tem feito da pasta deste ministério, apoiado por um governo crápula, cinzento, uma cambada de incompetentes!!!!

      • ginbras on 12 de Dezembro de 2013 at 11:03
      • Responder

      O problema não é o Crato..é quem está acima dele…no fundo ele não manda nadinha! Mas se tb n concorda com as ordens que lhe dão que se demita!

    • Nuno Ferreira on 11 de Dezembro de 2013 at 22:32
    • Responder

    O Crato começa a sentir os calos apertados pela Comissão Europeia, resultado das inúmeras denúncias que os professores contratados apresentaram. Pena que para muitos, como eu, a vinculação devida (se chegar) será demasiado tarde.

    • Zeca Lima on 12 de Dezembro de 2013 at 0:26
    • Responder

    Esta declaração tem muito pouco de insane….é mesmo calo apertado pela UE. O prazo dado pela Comissão Europeia aponta para Janeiro. Vamos aguardar pelo que vai deliberar a CE.
    Seria um momento ótimo e uma grande lição para o poder politico, a entrada de um megaprocesso, subscrito por milhares contratados. Desta o estado não escapa. Não sei se 500 milhões chegam…

    • maria on 12 de Dezembro de 2013 at 2:16
    • Responder

    Pudera!
    Relembro que aqueles que entraram no últímo c.extraordinário ainda não conseguiram ver esclarecidos os atropelos aos seus direitos.

    • dedinho on 12 de Dezembro de 2013 at 14:56
    • Responder

    “SANGUE novo” – está tudo dito…

    • Anonim on 12 de Dezembro de 2013 at 19:19
    • Responder

    Ridículo! O que este senhor faz para convencer os professores a fazer esta prova! Além do mais, não faz qualquer sentido, com os incentivos à natalidade que estão a ser tomados…Enfim! Será que só eu estou preocupada com a diminuição alarmante da taxa de natalidade em Portugal? Qualquer dia entramos em extinção! Portugal não irá passar de um mito…Não tomem medidas, não!

    • Marques on 12 de Dezembro de 2013 at 19:42
    • Responder

    Se calhar sempre é melhor o ministro ir mentindo sobre um novo concurso no sentido de ganhar tempo, do que Portugal ser punido com uma multa de 490 milhões de euros aplicada pela UE. A corda está esticada ao máximo, já começa a não haver margem de manobra para fugir com o rabo à seringa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: