18 de Dezembro de 2013 archive

Conclusões da PACC por Carlos Plágio

… e retiradas deste comentário.

 

Algumas conclusões:
 
– 31% dos itens pretensamente dedicados à “capacidade” de interpretação, mas desenvolvidos em questionários muito mal elaborados, com a apresentação de hipóteses semanticamente muito próximas e suscitadoras de dúvidas. A escolha dos textos foi globalmente infeliz, sobretudo no caso do primeiro, de fraca qualidade literária, opaco e carregado de um simbolismo que, por si só, poderá ter perturbado, à partida, o estado emocional de quem teve de fazer a prova.
 
– 69% de perguntas da área da matemática e das ciências exatas, com o regresso dos famosos carrinhos em périplos inclinados (dejà vu… faltaram apenas as alavancas e roldanas da FQ da nossa juventude…). Tudo tarefas que, hoje em dia, se fazem com recurso a meio informáticos. E que qualquer professor minimamente dotado resolve (e bem) dessa forma, gerindo tempo e recursos. Com a agravante de serem apresentados os problemas em enunciados pouco claros e (obviamente) longos e confusos.
 
– Claro que fazer horários (letivos ou de passeios à praia) e conjugar ementas, assim como reconhecer fachadas, são competências imprescindíveis a quem queira dar boas aulas…
 
– Nítida obsessão pelos números, pelos gráficos, pelas contas… Muito mais discreta a capacidade de a própria prova provar a capacidade de leitura de um texto do domínio educativo e transacional, com que a generalidade dos docentes trabalha habitualmente. Nada de pontuação nem de ortografia. A partir de agora, o importante é incluir provérbios (medievais, atenção!) e expressões idiomáticas com valor conotativo nas atas.
 
– Flagrante desproporção entre o tempo dispensado para a resolução da prova e o tempo exigido por cada uma das perguntas para a sua resposta, como se esperava.
 
– Sintomática escolha de uma citação de António Nóvoa…
 
Em breve conclusão, a loucura no seu melhor… Ou mais uma manifestação dela.
 
Dia infeliz o de hoje.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/conclusoes-da-pacc-por-carlos-plagio/

A Prova nas Televisões

RTP, SIC e TVI

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=AQaUHC_Gzbs]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/a-prova-nas-televisoes/

Resposta de Hoje

… nas perguntas frequentes da PACC.

Inacreditável como este pedido de resposta apenas foi colocado hoje no site oficial da PACC.

 

 

Encontro-me na situação de gravidez de risco e não me posso deslocar para realizar a PACC. Como devo proceder?

Todas as candidatas inscritas na prova de avaliação de conhecimentos e capacidades devem justificar a sua ausência, comprovando perante o Júri Nacional da Prova que o seu estado físico não permite a presença no local de realização da mesma no dia e hora determinados.

 

No dia previsto para a realização da prova, encontro-me de licença de maternidade. Existe algum impedimento legal à realização da prova?

Não. As licenças parentais (maternidade/paternidade) não são impeditivas da realização da prova. Porém, as candidatas inscritas na prova de avaliação de conhecimentos que estejam no gozo de licença de maternidade podem justificar a sua ausência, comprovando perante o Júri Nacional da Prova que se encontram em situação que, manifestamente, não permite a presença no local de realização da mesma no dia e hora determinados.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/resposta-de-hoje/

As Duas Provas e os Critérios de Classificação

100001

100002

Critérios de Classificação

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/as-duas-provas-e-os-criterios-de-classificacao/

O Enunciado 02 da PACC

Retirado daqui.

 

Download do documento (PDF, 3.52MB)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/o-enunciado-02-da-pacc/

Ainda no Porto

Numa escola que se realizou VIGILÂNCIA e que possivelmente faz parte da normalidade apregoada por João Grancho.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=L__5u7VtNaY]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/ainda-no-porto/

Na Alexandre Herculano no Porto

Cada sala onde se realizou a prova teve apenas um vigilante.

 

Terá sido ordens do diretor em fazer a distribuição dos vigilantes existentes (9) pelas restantes salas para a prova realizar-se em todas elas.

E isto não é motivo suficiente para anulação da prova?

Depois vem o Secretário de Estado dizer que a prova decorreu com normalidade na maioria das escolas.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/na-alexandre-herculano-no-porto/

Já Podem Começar a Analisar a Prova

18122013294
18122013295
18122013292
24
26

30

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/ja-podem-comecar-a-analisar-a-prova/

Concordo com a Mensagem

… deixada neste quadro.

 

Hoje, Nuno Crato deixou definitivamente de ter qualquer condições para se manter como ministro da educação.

A insistência no ERRO desta prova deve ter consequências políticas fortes e essa consequência só pode ser a saída do lugar que ocupa.

 

 

crato

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/concordo-com-a-mensagem/

Em Direto da Filipa de Vilhena no Porto

Às 11:06 da manhã encontram-se mais de 100 professores na cantina para fazer a prova.

Apenas existe um vigilante na “SALA” e estão a preparar a sala com mesas redondas para a prova ser feita por 4 professores em cada mesa.

A inspeção está presente na escola.

Ouvem-se gritos de revolta ao telefone e acredito que aquilo dê para o torto.

 

 

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/em-direto-da-filipa-de-vilhena-no-porto/

A PACC

Para relatarem na caixa de comentários o que se vai passando pelos 118 locais da prova de avaliação.

 

post em atualização ao longo da manhã.

 

t shirt

 

Podem enviar fotos e relatos para aqui.

 

 

Escola André Soares – Braga

18122013290 18122013291

 

 

ESCOLAS SEM PACC

Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima – nenhuma prova realizou-se apesar de estar a inspeção na escola

Faro – boicote total (pelo menos numa das duas escolas com PACC)

Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama – Boicote total à prova

Escola Marquesa de Alorna – Não se realizou

Escola Secundária do Restelo – Não se realizou

Nem um professor para vigiar no AE Piscina dos Olivais. Ninguém fez a prova. (Benditos colegas!)

Escola Secundária de Santa Maria Maior – Viana do Castelo – não houve

EB2,3 GIL VICENTE – Guimarães a prova foi anulada

Filipa de Vilhena – Porto (Prova anulada)

Em FARO (imagem recolhida no FB)

faro

Em Mirandela cerca de 75% dos inscritos não fizeram a prova

Mirandela

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/a-pacc/

Comprovadamente

… não existe o mínimo de condições para a realização da prova.

 

E a manutenção desta prova para o dia de hoje é um enorme erro de um ministro que de dia para dia se encontra em decadência.

 

 

Tribunal do Funchal defere providência sobre prova, diz Fenprof

 

O Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) do Funchal deferiu uma providência cautelar interposta por sindicatos, para impedir a realização da prova de avaliação dos professores, disse hoje a Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

 

Em comunicado, a estrutura sindical, que interpôs a providência cautelar para anular a prova, por a considerar ilegal, explica que a decisão do TAF tem a data de quinta-feira e que o Ministério da Educação tem agora dez dias para “deduzir oposição”.

Como a avaliação está marcada para quarta-feira, o Governo tem até à hora do início da prova, para “apresentar resolução fundamentada” junto do Tribunal, diz o sindicato.

A Fenprof, segundo o comunicado, tinha pedido a anulação da prova de conhecimentos marcada para quarta-feira.

A situação “reforça a necessidade” de os professores, na quarta-feira, “realizarem uma greve a todo o serviço relacionado com a aplicação” da prova, “pois a partir de agora também no plano jurídico se adensam dúvidas quanto à sua ilegalidade”.

Sindicatos da área da educação têm criticado a realização de uma prova de conhecimentos de professores com menos de cinco anos de carreira. A Fenprof marcou uma greve para quarta-feira, dia de realização da prova.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/comprovadamente-2/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: