adplus-dvertising

Listas Definitivas da Mobilidade Interna e Contratação Inicial

Acabaram de ser publicadas as listas de Ordenação, Colocação, Não Colocação e de Exclusões da Mobilidade Interna e da Contratação Inicial.

Parabéns a todos os colocados.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/08/listas-definitivas-da-mobilidade-interna-e-contratacao-inicial/

75 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • torradeira on 25 de Agosto de 2017 at 18:18
    • Responder

    Não fiquei colocado. Pudera, de todos os lugares que saíram, o mais próximo do norte acho que foi Loures… Bem, tenho 64 à minha frente. Nas próximas saem já alguns para o Norte. É o costume, já há muito anos. Parabéns a quem foi colocado!

    • Pois on 25 de Agosto de 2017 at 18:19
    • Responder

    Tanta gente a querer entrar em QZP​ que agora é horário 0! Dá vontade de rir…

    Bem vindos à realidade.

      • Fátima Carvalho on 25 de Agosto de 2017 at 20:20
      • Responder

      Está enganado. Prioridade 0 para os que concorreram a outro grupo que não o de provimento.

        • Pois on 25 de Agosto de 2017 at 20:26
        • Responder

        Não quero dizer isso. Quero dizer que há muitos não colocados. Deixo aqui a proposta para o Arlindo fazer a lista dos que vincularam e não foram colocados agora (não colocados = possíveis horários 0).

      • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:07
      • Responder

      Nas próximas duas semanas, dependendo do grupo, os QZP estarão todos ou quase todos colocados.

    • Peter on 25 de Agosto de 2017 at 18:31
    • Responder

    Como é possível só ter sido colocada UMA pessoa no grupo de História?!??!?! Aquilo está bem?!?!

    • Ele há cada parvoíce... on 25 de Agosto de 2017 at 18:42
    • Responder

    Já sonham com listas de exclusões? Deram jeito, não foi? Pois, mas agora não vejo listas dessas. Que disparate!! (Ou falta de atenção, ou gostar de a chamar, enfim…)

    • Orquidea Selvagem on 25 de Agosto de 2017 at 18:53
    • Responder

    No grupo de História foram colocada várias pessoas em MI. Ou fui eu que vi mal?

    • Ana Vinhal on 25 de Agosto de 2017 at 18:54
    • Responder

    Há recursos que ainda não obtiveram resposta!

      • Claudia Bastos on 25 de Agosto de 2017 at 19:31
      • Responder

      eu sou uma dessas

        • Ana Vinhal on 25 de Agosto de 2017 at 20:23
        • Responder

        Olá Claudia, foi excluída ou saiu hoje nas listas?

      • Maria on 25 de Agosto de 2017 at 19:48
      • Responder

      Eu também aguardo resposta ao recurso

        • Ana Vinhal on 25 de Agosto de 2017 at 20:22
        • Responder

        Olá Maria, mas está na lista ou foi excluída?

          • Maria on 28 de Agosto de 2017 at 11:03

          Estou na lista dos não colocados.

          • Ana Vinhal on 28 de Agosto de 2017 at 11:14

          Por que pediu recurso?

          • Maria on 28 de Agosto de 2017 at 11:17

          Porque não contabilizaram 3 anos que estive no IEFP, sendo um concurso do ministério da educação.

    • José Jorge on 25 de Agosto de 2017 at 18:57
    • Responder

    Como é que agora só aparecem horários completos na MI? A MI não engloba os horários com 8 ou mais horas?

      • Luís Choças on 25 de Agosto de 2017 at 21:04
      • Responder

      Eu também pensava assim… fiquei a 90 km de casa…
      Da minha zona era o mais bem graduado…
      Há qualquer coisa aqui que cheira mal!…

    • Dinis Nunes on 25 de Agosto de 2017 at 18:59
    • Responder

    Lista de colocados na contratação inicial 260… vazia…

    • Glaucia Saraiva on 25 de Agosto de 2017 at 19:09
    • Responder

    Boa tarde, Fiquei colocada em QA no concurso interno 2017/2018 no Agrupamento 171920 (Caneças-Odivelas). Concorri à mobilidade interna enquanto 3ª prioridade apenas a 1 escola (172121 – Queluz-Belas), tendo agora sido colocada numa escola para a qual não concorri, inclusivamente num distrito diferente (120340 – Santo André, Barreiro).
    Tendo em conta que não fiquei na única escola para a qual concorri, deverei ignorar esta colocação e apresentar-me na escola de QA, correcto? Queria apenas uma terceira confirmação àquilo que o sindicato me disse por duas vezes, por favor.

      • Glaucia Saraiva on 25 de Agosto de 2017 at 20:19
      • Responder

      E mais acrescento que na minha lista de ordenação, o meu tipo de candidato (sou QA, apareço como QZP) e escola de provimento (sou 171920, apareço como 172121) não correspondem com os tipos de candidato e escola de provimento da minha candidatura. O que deverei fazer?

        • Pois on 25 de Agosto de 2017 at 20:28
        • Responder

        Quer ver que andam fantasmas nas listas! Viu bem?

        • p2000 on 25 de Agosto de 2017 at 20:45
        • Responder

        se é assim como diz, faça recurso. Mas penso que terá que aceitar, senão incorre em procedimento disciplinar.
        Caso o recurso lhe dê razão, lá para meio do ano letivo, será
        colocada administrativamente

          • Glaucia Saraiva on 25 de Agosto de 2017 at 21:15

          Julgo que a origem do problema terá sido esta conversão da minha candidatura enquanto QA, e misteriosamente aparecer ordenada/colocada enquanto QZP, mesmo tendo aceite e validado a colocação na escola de QA.
          Julgo que esta regressão na carreira de QA para QZP não é de todo possível! Ou será?!

          • LC on 26 de Agosto de 2017 at 0:02

          Sim, é possível passar de QA a QZP se for a vontade do candidato. Não terá, no concurso interno, feito essa opção?


  1. Parabéns a quem ficou colocado.
    Parabéns à equipa do Ministério pela data da saída das listas.

    • Sónia M. on 25 de Agosto de 2017 at 19:29
    • Responder

    Fiquei colocada mas estou solidária com quem não ficou.
    É necessário proceder à aceitação da colocação?

    • Orquidea Selvagem on 25 de Agosto de 2017 at 19:33
    • Responder

    Sonia M. tem 48 horas,

    • Ana on 25 de Agosto de 2017 at 19:36
    • Responder

    De que forma deve ser feita a atribuição de horários em escolas onde foram colocados QZP e QE/QA que concorreram em terceira prioridade? Na lista de ordenação do concurso os QZP estão sempre á frente dos QE/QA, mesmo com menos tempo de serviço e menor graduação profissional. A ordenação indicada na lista continua a valer para efeitos de distribuiçao de horários na escola, depois de feitas as colocações, ou a escola deve refazer a ordenação dos professores colocados, para efeitos de distribuição dos horários, tendo em conta a sua classificação profissional e o tempo de serviço?

      • Pois on 25 de Agosto de 2017 at 20:31
      • Responder

      Que confusão vai nessa cabeça… Já ​está a pensar armar confusão na escola onde foi colocada. Vá lá perguntar ao diretor mas, se fosse eu, dava-lhe o pior horário só por perguntar…


    1. Estás mesmo preparada para armar confusão!
      Se lesses a legislação e vigor em relação a essa matéria já sabias que és obrigada a aceitar o horário que o diretor bem entender.
      Não vás com esse “paleio” todo, porque se também fosse eu “dava-lhe o pior horário só por perguntar”.
      É muita presunção…

      • Recurso on 26 de Agosto de 2017 at 0:52
      • Responder

      Não existe ordenação para a atribuição de horários, tal é competência única do diretor, ele é que decide que horário vai para cada docente colocado.

    • Maria on 25 de Agosto de 2017 at 19:43
    • Responder

    estranho nenhum contratado foi colocado em escolas da zona centro…

      • Maria Antonieta on 25 de Agosto de 2017 at 20:00
      • Responder

      Não estranhe. A zona centro está minada de “doentes”!
      Nem para a mobilidade interna existem muitos horários. Este governo não conseguiu resolver esta pouca vergonha.

    • Emanuela Filipa Moreira on 25 de Agosto de 2017 at 20:15
    • Responder

    Concorri a dois grupos de recrutamento. No entanto grupo 910 não apareço em nenhuma lista (colocados, não colocados, excluídos,). Já vos aconteceu? O que fazer nesta situação? Obrigada

      • Inês on 26 de Agosto de 2017 at 14:53
      • Responder

      grupo 910 não apareço em nenhuma lista…o grupo dos NEEs
      hummmmmmmmmmm….isso é suspeito

    • Ricardo on 25 de Agosto de 2017 at 20:16
    • Responder

    Onde se faz a aceitação no SIRGHE? temos 48h certo?
    E apresentação na escola é até quando?
    Obrigado desde já!

      • Pois on 25 de Agosto de 2017 at 20:33
      • Responder

      Eu dizia mas não digo porque a resposta é tão simples que até mete impressão…

      Vamos fazer um jogo, será que a resposta está no mesmo sítio onde foram publicadas as listas????

        • Ricardo on 25 de Agosto de 2017 at 21:07
        • Responder

        Bastava dizer “não ainda não há aceitação no SIRGHE” mas tudo bem, sempre aproveitou para dar um ar de sua graça.

    • Sandra Moreira on 25 de Agosto de 2017 at 20:37
    • Responder

    Boa noite a todos. Sou qzp e não consegui colocação. Na próxima fase do concurso vão colocar-me obrigatoriamente no qzp a que pertenço ou posso ainda ficar noutro, tal como coloquei nas preferências anteriores? Obrigada.

      • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:11
      • Responder

      Penso que as suas preferências se mantém na reserva de recrutamento.

    • José Miguel Flausino on 25 de Agosto de 2017 at 20:41
    • Responder

    Boa tarde a todos, supostamente colegas. Parabéns aos bem colocados, coragem para os menos bem colocados e esperança para os que ainda aguardam.
    Será que alguém me consegue esclarecer uma dúvida? É possível alguém ter sido colocado no concurso interno em quadro de agrupamento numa escola e agora aparecer colocada na mobilidade interna, noutra escola?
    Obrigado.

      • Glaucia Saraiva on 25 de Agosto de 2017 at 23:12
      • Responder

      Boa noite,
      Eu fui colocada no concurso interno numa escola em QA.
      Candidatei-me a mobilidade interna como QA nesta nova escola (e como 3ª prioridade). Na ordenação e colocação apareço ainda como QZP afecta à minha anterior escola e como 2ª prioridade.
      É isso a que se refere?
      Aconteceu-lhe o mesmo?
      Cumprimentos

        • José Miguel Flausino on 25 de Agosto de 2017 at 23:56
        • Responder

        Olá colega.
        Obrigado pela sua resposta.
        A situação que referi refere-se a uma colocação em QA, no concurso interno, portanto numa vaga disponível. A mesma pessoa aparece agora colocada na MI, em primeira prioridade, portanto, sem pelo menos 6 horas na escola onde havia sido colocada meses antes. Não percebo.

          • Recurso on 26 de Agosto de 2017 at 0:59

          Sim, existem casos de docentes que ficaram em QA e as escolas acabaram por não ter horário para lhes atribuir. É um erro na abertura da vaga no Interno, mas algo que realmente aconteceu em alguns casos.

          • José Miguel Flausino on 26 de Agosto de 2017 at 7:49

          Obrigado pelo esclarecimento.

        • Erro on 26 de Agosto de 2017 at 0:57
        • Responder

        Ui, que grande erro (para não chamar outra coisa). Foi completamente beneficiada por esse erro, sendo bem possível vir a ser alvo de reclamação.

    • ana on 25 de Agosto de 2017 at 20:43
    • Responder

    Dúvida !!
    Na nota informativa que acompanha a publicação das listas no ponto 10, diz
    “Os docentes opositores ao concurso da mobilidade interna que não obtiveram
    colocação, passam a integrar a Reserva de Recrutamento, e: … ”
    após consultar a legislação fiquei confusa – a reserva de recrutamento vai abranger as 3 prioridades? ou só a 1ª e 2ª?

      • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:15
      • Responder

      O ponto 11 da nota informativa, que remete para a legislação, esclarece que apenas os docentes da 1ª e 2ª prioridade passam a reserva de recrutamento.


  2. PERMUTA.
    Importante agilizar este procedimento. Por favor, deixem as pessoas escolher / mudar – não prejudica ninguém e faz toda a diferença no dia a dia do professor.
    Atreve-te a mudar de práticas …
    O concurso é um totoloto. Nesta fase a única solução para minimizar as distâncias físicas dos professores que ficaram longe de casa é deixarem e facilitarem a Permuta.

    • Sandra Pinto on 25 de Agosto de 2017 at 22:35
    • Responder

    Olá será que alguém me pode esclarecer? Sou QA e fiquei colocada por mobilidade por doença,tendo aceite a colocação na minha página do sirghe, como não era horário zero não concorri à mobilidade no entanto não consto na lista dos retirados, será por não ter concorrido nesta segunda fase? Qual a minha situação.?

    • Maria on 25 de Agosto de 2017 at 23:54
    • Responder

    Sou QA, candidatei-me a mobilidade interna na 3ª prioridade, fiquei colocada na escola em que sou QA. Não é estranho?

      • Recurso on 26 de Agosto de 2017 at 0:55
      • Responder

      Tal nem deveria ser possível. Indicação que deve haver vários erros nas listas.

      • Maria on 26 de Agosto de 2017 at 11:50
      • Responder

      Não sei o que fazer. Os colegas do concurso extraordinário, foram colocados, com graduação superior fico a uma distância superior.

    • concursos on 26 de Agosto de 2017 at 1:02
    • Responder

    Não há legislação para a distribuição de horários… A tutela faz essa distribuição com base em que critério legal?? Faz a distribuição de horários a seu belo prazer… Em 2015/16 horários de 8 horas ou mais foram tidos em conta na colocação de docentes da mobilidade interna. Neste concurso isso não aconteceu … PORQUÊ? Isto não pode acontecer, se há legislação e regras para os docentes,deve haver tb para o ME. O ME não pode mudar critérios em função do que lhe apetece…tem que haver regras claras e apresentadas na legislação…


    1. Os horários incompletos vão sair na próxima Reserva de Recrutamento e aí, os docentes QA ou QZP , que ainda não foram colocados terão prioridade em relação aos contratados. Os contratados só ficam com os horários que não têm ninguém. Sem stress!

        • Luís Choças on 26 de Agosto de 2017 at 3:06
        • Responder

        Isso é uma grande injustiça!
        Imaginem este cenário: sou qzp e existe um horário de 12 horas numa escola perto de casa. Com a minha graduação obtive colocação num horário completo mas numa escola a +/- 100km…
        Entretanto um colega tb de qzp e com menos graduação não obteve colocação… na próxima Reserva de Recrutamento fica colocado na escola que era a minha primeira prioridade…
        Fica beneficiado por ser menos graduado!…

          • raquel on 26 de Agosto de 2017 at 9:47

          Lol, lave essa boca quando mencionar a palavra “injustiça” andam com os valores todos trocados. Então ficar com um horário incompleto é mais nobre e justo que ficar num horário completo? As regras mudaram e bem, primeiro são colocados os horários completos e depois as sobras. Se isso choca com as suas conveniências, temos pena.

          • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:38

          Porque existem pessoas que tem prazer com o mal dos outros?
          Para mim é um distúrbio psicológico.

          • Francisco on 26 de Agosto de 2017 at 14:50

          distúrbio psicológico!
          Nós queremos é progredir na carreira.

      • raquel on 26 de Agosto de 2017 at 9:42
      • Responder

      Mudaram e muito bem. Que é para aprenderem a não contar com o ovo no c* da galinha. Querem ficar ao lado de casa e com poucas horas de preferência. Chupem o dedo este ano. E os que são do Minho e foram vincular no Algarve acreditando que na Mobilidade seria fácil ficarem perto de casa pois bastava terem um horário com poucas horitas? hehehehhe lixaram-se bem.

        • augusta on 26 de Agosto de 2017 at 12:04
        • Responder

        O problema não é esse.
        É o seguinte:os colegas menos graduados que não foram agora colocados, vão sê-lo, no próximo concurso, perto de casa, ficando em horários que podiam ter sido para os mais graduados que a eles concorreram também. O problema não é apenas ficarem em horários incompletos. É ficarem em horários incompletos e perto de casa e os mais graduados ficaram a 150/200km.
        Uma ultrapassagem muito injusta.

          • Mais injustiças. on 26 de Agosto de 2017 at 12:59

          Muito bem visto. É claramente uma INJUSTIÇA.
          O ME sem qualquer informação prévia procedeu, nestas primeiras listas, à colocação de candidatos exclusivamente em horários completos observando-se, no entanto, que muitos dos colocados têm direito a uma redução da componente letiva. Daqui advêm logo dois problemas: os candidatos mais graduados serão os que ficarão mais distantes de casa e aos colegas com redução da componente letiva serão atribuídos horários reduzidos indo o remanescente de horas ajudar a completar outros horários inicialmente incompletos ou o aparecimento de novos incompletos. Em setembro surgirão horários completos ou incompletos que serão atribuídos a candidatos menos graduados no caso de qzp´s, candidatos da 3ª príoridade ou até contratados. Estes últimos irão considerar-se necessidades permanentes do sistema e reivindicarão uma vinculação extraordinária em função da sua colocação num concurso só para eles aos quais o pessoal do quadro não pode ser opositor. Ou seja, quem tem mais graduação ficará longe de casa na MI e sem hipótese de concorrer em novas vagas. Relembro que os grandes prejudicados com esta equipa do ME são os QZP´s, pois foram discriminados de forma negativa nas prioridades do concurso interno não conseguindo um QA/QE ou mudar de qzp, prejudicados ainda por não puderem concorrer às vagas dos injustos concursos extras, prejudicados, novamente, na MI também pela criação de uma prioridade após os QA´s sem componente letiva acrescida das colocações apenas em horários completos e possivelmente se existir a injustiça das vinculações extraordinárias às quais não poderão concorrer. ISTO TEM DE SER DENUNCIADO E ESTOU A ESTRANHAR O SILÊNCIO DOS SINDICATOS E A FALTA DE ESTATÍSTICAS AQUI NESTE BLOG APÓS A SAÍDA DAS LISTAS!!!!!!

          Outra grande injustiça que se verificou este ano e que roubou horários à MI foi a colocação da mobilidade interna. A lista de retirados deveria ser organizada por grupo de recrutamento e não por ordem alfabética.

          Assim, todos os colocados nestas primeiras listas com horário completo e com componente letiva completa deveriam manter-se em concurso nas próximas listas obtendo nova colocação caso existam horários em escolas mais próximas independentemente dos horários serem completos ou incompletos.

          Continuam-se a mudar as regras de forma subtil que têm forte impacto na vida pessoal e profissional dos candidatos beneficiando uns em prejuízo de outros. Todos sabemos que muitos horários incompletos declarados pelas escolas já são completos quando os candidatos colocados se apresentam nas escolas.

          Tudo seria diferente se as colocações fossem feitas de acordo com a graduação dos candidatos e todas as vagas disponibilizadas ao pessoal do quadro ou contratado.

          Eu estou colocado a 170km de casa por um período de 4 anos e já sei que surgirão horários na minha zona de residência que serão entregues a colegas menos graduados ou contratados. Tenho 21 anos de serviço. Qual é a justiça disto??????

        • Pedro on 26 de Agosto de 2017 at 14:48
        • Responder

        .
        “Querem ficar ao lado de casa e com poucas horas de preferência. Chupem o dedo este ano. ”

        A malta não quer é trabalhar.

        Esta malta quer é o ordenado (chorudo) ao dia 23 de cada mês.

        Xiçaaaaaaaaaaaaaaa

        • Gonçalo Santiago on 26 de Agosto de 2017 at 15:08
        • Responder

        Espero que para o ano um QZP ou QA com 21 horas ou menos(caso seja 22 a sua componente letiva) possa concorrer a MI, para que haja coerência. E mais, os efetivos não colocados que vão a reserva de recrutamento devem ser colocados por grandeza de horário, ou seja, primeiro todos os horários de 21 horas, depois os de vinte, etc. Isto para que o ME seja coerente com estas colocações.

    • salome on 26 de Agosto de 2017 at 4:03
    • Responder

    Boa noite, fiquei colocada em QZP no concurso de integração extraordinário, mas apareço na lista de NÃO colocação da mobilidade interna. O que tenho de fazer agora!?? Qual é o passo seguinte?

      • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:33
      • Responder

      Não tem de fazer nada a não ser apresentar-se no dia 1 de setembro na escola indicada na nota informativa. Agora integra a reserva de recrutamento. Tem de aguardar as próximas colocações.

    • Emplastro(a) on 26 de Agosto de 2017 at 10:18
    • Responder

    ,
    Esta malta quer ter emprego à porta de casa e ordenado ao dia 23 de cada mês.

    Não pode ser!

    As férias terminaram e agora é tempo de ir trabalhar. Para o ano há mais.
    ,

      • Cristina on 26 de Agosto de 2017 at 13:32
      • Responder

      Emplastro.
      Vou-te explicar o que já percebi desde que era criança.
      Do dia 23 ao dia 23 passam-se tantos dias, como do dia 30 ao dia 30.
      Em qualquer circunstancia tem de se esperar um mês pelo próximo ordenado.
      E aproveito para explicar que todas as pessoas gostariam de trabalhar perto de casa, é um desejo racional e legitimo.
      Mais te digo, há pessoas que se trincarem a língua morrem envenenadas.

        • Emplastro(a) on 26 de Agosto de 2017 at 14:45
        • Responder

        Grande Cristina!….És a maior….se duvidas existissem, ficaram completamente dissipadas. Tu sim!….tens um raciocínio brilhante.

        Tenho que te dizer que os professores, mesmo trabalhando longe de casa, são uns privilegiados. Ganham bem, a empresa não abre falência enquanto os contribuintes pagarem, trabalham 22 horitas lectivas por semana….etc……que mais querem?

          • Escravo on 26 de Agosto de 2017 at 16:57

          Foi o calor da praia, não foi?…
          Atualiza-te. Desde pelo menos 5 anos que já ninguém ofende assim tanto os escravos do costume…
          Ensino é escravatura, há quem eufemisticamente lhe chame “vocação”, mas acredita, é mesmo é escravatura…
          Ter inveja de um escravo não abona nada de bom…

          • Emplastro(a) on 26 de Agosto de 2017 at 18:05

          Fui professora durante 15 e entretanto saí. Se fosse hoje não teria saído. É uma vida fantástica.
          Os professores queixam-se porque nunca experimentaram dar no batente que é o setor privado. Quando experimentarem, não se vão importar de fazer 200 ou 300 Km para leccionarem.

          • Gonçalo Santiago on 26 de Agosto de 2017 at 20:08

          Emplastro, porque saíste da vida fantástica?
          Se calhar era só boa vida e foste exonerada.
          Se já não és professora, porque raio andas neste blogue a enervar os professores com a tua maldita inveja?
          Vai tratar da tua vida e deixa-nos carpir em paz.

    • Maria on 27 de Agosto de 2017 at 6:26
    • Responder

    Dúvida sobre alterações de prioridades nas colocações
    Terão alguns colegas sido colocados indevidamente à frente de outros?
    Afinal, segundo o n.º 9 do art.º 28 do Decreto-Lei n.º 28/2017, de 15 de março (http://www.spn.pt/Media/Default/Info/17000/100/60/0/leiconcursos2017.pdf) os colegas em mudança de grupo deverão aparecer com prioridade 0 e colocados na lista depois da 2.ª prioridade? Ou não? Vejam o primeiro caso que identifiquei: colega n.º 28 na lista ordenada da MI do grupo 910. Muda do grupo de provimento de origem, o grupo 100 com n.º 1690 na lista ordenada da MI, e aparece em 2.ª prioridade no 910 como sendo provida no 910, e foi colocada nessa prioridade.
    Há mais situações logo a seguir… Será que está correto? Alguém sabe esclarecer?

    • Elisabete Lobato on 5 de Setembro de 2017 at 15:13
    • Responder

    Como é possível acabar hoje o prazo das permutas se ainda há tanta gente sem horário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: