Memórias de 2004

Se o post anterior revelava algo anormal para os tempos de hoje esta situação ainda é mais caricata.

Em 2004, das 10266 colocações em 28/09/2004 (sim, fim de Setembro de 2004), duas foram em horário anual e incompleto de 0 (ZERO) horas.

Era Ministra da Educação na altura, Maria do Carmo Seabra (17 de Julho de 2004 a 12 de Março de 2005).

 

memórias 2004 memórias 2004-2

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/01/memorias-de-2004/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Teresa on 20 de Janeiro de 2014 at 22:54
    • Responder

    Eu fiquei colocada com 2h. Quando cheguei à escola o horário era completo e anual, mas nem todos os colegas de outros grupos tiveram essa sorte.

    • Susana on 20 de Janeiro de 2014 at 23:11
    • Responder

    Esse foi um ano bem invulgar. As colocações atrasaram muito, tanto assim que o mes de setembro foi pago aos colegas contratados colocados em fim de setembro!

    • Ana on 21 de Janeiro de 2014 at 0:15
    • Responder

    Exatamente,pagaram o mês de setembro…apesar de tudo verificou se que não agiram de má fé…e o programa informatico havia sido deixado para testar pelo então ministério de David Justino…estou certa?Já os posteriores ministérios tinham obrigação de não ter feito tantas asneiras,uma vez que o programa já tinha tempo para funcionar corretamente…esse foi um ano atípico,mas ainda vi boa vontade em remediar os males e muitos pedidos de desculpa públicos…já estes fazem as maiores barbaridades nas colocações e continuam a apregoar a maior normalidade…

    • Ana on 21 de Janeiro de 2014 at 0:17
    • Responder

    Até houve colegas com 100 anos de serviço…

    • Manel on 21 de Janeiro de 2014 at 9:23
    • Responder

    Eram os “mini-concursos” ou horários de escola
    muitas vezes eram informados que tinham 12…14,,,horas numa escola e quando se apresentavam tratava-se de horário completo!!!!

    • ma on 21 de Janeiro de 2014 at 21:00
    • Responder

    desde quando é que contam os contratos? são ao longo do nosso tempo de trabalho??? são os últimos???? é que no inicio da minha carreira eu tive até mais de cinco contratos anuais completos, estes dois últimos anos é que não…. deixem de ser uma pessoa não grata no local onde me encontro apesar de ter já algum tempo de serviço! e os novatos a serem beneficiados…..

  1. Eu, que sou de Aveiro, fui colocada em Pias com 2 horas. Cheguei à escola e a Diretora disse que não tinha mais nada para mim. Labutei e Labutei e através de um miniconcurso da DREAlentejo fiquei mais seis horas e concorri a um horário do ensino recorrente e fiquei com horário completo no final de outubro. Horário este que foiu recusado pela diretora da escola e só com a ajuda do advogado do sindicato consegui que esse ano me fosse contabilizado o ano de serviço completo. Trabalhei em cinco escolas e dois lares e fazia 500Km por semana nestas voltas.

      • Sussas on 14 de Setembro de 2014 at 23:29
      • Responder

      Adriana, precisava de falar consigo, sobre BCE!!!

      • drica on 15 de Setembro de 2014 at 12:00
      • Responder

      quem precisa falar comigo e porquÊ?

  2. Nesse ano fui colocada com 1 hora no 410. Quando cheguei nà escola estavam tão incrédulos quanto eu. O que me explicaram é que o sistema tinha pedido o número de horas totais a concurso, que no caso eram 21. Como na altura ainda havia a redução de secundário, o sistema dividiu as horas: 20 para um horário, 1 para outro. Entretanto deram-me mais 10 horas. O que vale é que estava perto de casa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: