Ao que se prestam alguns Diretores…

 

O “alemão” ataca muitas cabeças quando chegam ao poder. Essas cabeças podem chegar ao cúmulo de  pensar que os cargos são eternos… mas, também eles podem saltar do poleiro e voltar a ser professores.

 

A imagem abaixo foi retirada de um post do Facebook, a ser verdade é vergonhoso para quem é Diretor de uma escola. (já tinha previsto que tal coisa acontecesse, resta saber se foi um caso isolado ou se está generalizado)

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/06/ao-que-se-prestam-alguns-diretores/

45 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. 没玩过博客,感觉还挺好玩!

    • luis Torre on 15 de Junho de 2017 at 10:36
    • Responder

    Como vai ser com os serviços mínimos ?

      • Serviços minimos on 15 de Junho de 2017 at 11:59
      • Responder

      Os serviços minimos ainda não foram decretados.

    • Mary3 on 15 de Junho de 2017 at 11:37
    • Responder

    Há mais… Na minha estão todos convocados também.

    • maria on 15 de Junho de 2017 at 12:40
    • Responder

    Desculpem mas não estou aperceber… Não é de esperar que o diretor tente assegurar a realização dos exames? Agora cabe aos professores decidir se fazem ou não greve!

    • Fernanda on 15 de Junho de 2017 at 13:32
    • Responder

    Ao que parece, os serviços mínimos serão decretados por outra entidade que não as direcções da escola.
    Assim sendo, estas convocatórias (que irão multiplicar-se) são obviamente ilegais.
    Jogam no Medo e chantagem psicológica. Mas têm pés de barro e são facilmente desmontadas.

      • Serviços minimos on 15 de Junho de 2017 at 13:56
      • Responder

      Estas convocatórias não são ilegais porque não são os serviços mínimos.
      É dever dos Diretores assegurar a realização dos exames.
      É um direito dos professores fazerem ou não greve.
      Se forem decretados serviços mínimos será feita uma nova convocatória referente a esses serviços mínimos, de acordo com o que for estabelecido.

        • Fernanda on 15 de Junho de 2017 at 14:06
        • Responder

        “Estas convocatórias não são ilegais porque não são os serviços mínimos”
        Quer parecer-me que são serviços “máximos”.
        “Se forem decretados serviços mínimos será feita uma nova convocatória ”
        Aí, quem mais será convocado?

          • Serviços minimos on 15 de Junho de 2017 at 14:21

          Mais uma vez, esta convocatória não são os serviços mínimos. Quem estiver abrangido por esta convocatória pode faltar ao serviço, porque está a fazer greve. E quem quiser fazer greve não tem desculpa para não a fazer. Não poderá, por exemplo, dizer que queria fazer greve, mas como não tinha serviço não fez.
          SE forem estabelecidos serviços mínimos, o que será estabelecido é quantos professores serão necessários para assegurar a realização do serviço. E será feita uma convocatória com os professores que estão abrangidos por esses serviços e esses terão de assegurar o serviço.
          Terá assim duas convocatórias. Uma com os professores do serviço mínimo e esta que abrange todos os outros.

          • Fernanda on 15 de Junho de 2017 at 15:19

          Tem razão.
          Obrigada pelo esclarecimento que é importante.

  2. Acho que todas as escolas deveriam seguir o exemplo desta escola. Se o sindicato decreta greve a direção deve colocar todos os professores na lista de convocados para a chamada dos exames, só assim é que se saberá com certeza quais os docentes que realizam ou não greve. Quem assina a presença como suplente certamente que não está em greve, não dá para fingir que se está sem levar falta. Se querem participar na greve sem levar falta basta concorrerem para uma delagação da FNE ou da FENPROF, quem os convoca para a greve não desconta nem 1 cêntimo do ordenado para “a luta” (he, he). Não faço greve porque não concordo com o modelo dos concursos extraordinários de vinculação que estão a ser apoiados, mais uma vez, pelos sindicatos dos professores. Sinto-me traído por esta gente era só o que faltava andar a dar-lhes o meu apoio. A greve vai ser um flop. Antes de começar já morreu .

    • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 16:22
    • Responder

    Grande lata a deste Diretor

    “Convoco (…) todos os docentes de 2º e 3º ciclo e ensino secundário…”

    Então!…E os outros? E o professor primário José Carlos Campos não foi convocado? Sim!… aquele que diz que tal e coiso…que até devem ter mais regalias que os outros. Esse mesmo.

    Ver aqui:

    http://www.arlindovsky.net/2017/06/o-grito-do-ipiranga-dos-monodocentes-opiniao-j-c-campos/#disqus_thread

    :::::::::::::::::::::::::::::::::::::

      • sofia on 15 de Junho de 2017 at 17:22
      • Responder

      Os outros estão a dar aulas.

        • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 17:31
        • Responder

        Façam greve ás aulas.

        Apoiem o vosso colega do “Grito do Ipiranga dos Monodocentes” o José Carlos Campos.

        http://www.arlindovsky.net/2017/06/o-grito-do-ipiranga-dos-monodocentes-opiniao-j-c-campos/#disqus_thread

        …………………………….

      • Desconhecimentos on 15 de Junho de 2017 at 17:24
      • Responder

      Os outros estão com aulas e com Provas de aferição do 2º ano.
      Perdeu uma boa oportunidade para não revelar o desconhecimento do calendário escolar dos outros ciclos!!!

        • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 17:33
        • Responder

        Façam greve ás aulas e ás Provas de aferição do 2º ano

        Apoiem o vosso colega do “Grito do Ipiranga dos Monodocentes” o José Carlos Campos.

        http://www.arlindovsky.net/2017/06/o-grito-do-ipiranga-dos-monodocentes-opiniao-j-c-campos/#disqus_thread

        ………………………………..

        • juno on 16 de Junho de 2017 at 18:34
        • Responder

        fazer greve às provas é que não… deixem isso para os outros

      • Fátima Carvalho on 15 de Junho de 2017 at 18:27
      • Responder

      Não sabe que o pré-escolar e 1º ciclo terminam dia 23 de junho?

    • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 16:27
    • Responder

    Caros Professores do 2º e 3º CICLO E SECUNDÁRIO

    De um total de 33 países da OCDE, a grande maioria (23 países!) detém um regime de vencimentos diferenciado em favor dos Professores do Secundário. Apenas oito países não registam diferenças salariais (Portugal e mais sete). Será que os outros 23 países é que estão errados? Penso que não! É de uma total injustiça colocar no mesmo “saco salarial” professores que têm uma complexidade de tarefas totalmente diferentes. É que volto à carga e não me canso de o afirmar: os docentes dos 2º e 3ºciclo e do secundário têm muito mais trabalho do que os docentes do 1º ciclo e pré-escolar, pelo que os regimes salariais deveriam ser totalmente diferentes.

    Ver aqui:

    http://maisumaaula.blogspot.pt/2012/11/dados-da-ocde-sobre-os-salarios-dos.html

    Mandem as BÁBÁS e os PROFESSORES PRIMÁRIOS fazerem a GREVE AOS EXAMES.

    Não alinhem com o discurso do Comuna e Camarada Mário Nogueira.

      • Educadora por paixão on 15 de Junho de 2017 at 18:05
      • Responder

      Mais uma vez “dividir para reinar”!
      Não percebo, deve ter um trauma ou uma insegurança grande, aliada a uma grande frustração para falar sempre nas “Babás e Professores Primários”. Primeiro, não são “Babás nem Professores Primários”, mas sim “Educadores de Infância e Professores do 1º Ciclo (antigamente Professores do Ensino Primário) “; em segundo lugar, se não tivesse sido o(a) seu(sua) professor(a) do Ensino Primário como é que sabia ler, escrever, interpretar…?
      Pois é, “Sr. Serafim ” facilmente se esquece quem nos dá a mão e ajudou a crescer ou então tem muito más recordações da sua infância!
      Lamento a sua situação em ambos os casos.

        • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 18:12
        • Responder

        “dividir para reinar”….

        …..é a especialidade do monodocente José Carlos Campos

        Leia!

        Está aqui:

        http://www.arlindovsky.net/2017/06/o-grito-do-ipiranga-dos-monodocentes-opiniao-j-c-campos/#disqus_thread

        Se souber ler, faça esse exercício. Não faça dos outros papalvos.

        • Maria on 17 de Junho de 2017 at 16:19
        • Responder

        Sabe colega há pessoas como o Serafim Saudade que nascem a saber tudo!
        Mas como dizia uma vez o nosso Presidente Marcelo nos seus comentários da TVI, a carreira docente deveria obrigar todos a passar pelos diversos graus de ensino e lamentou que os docentes do secundário e do Universitário não saibam valorizar o Pré escolar e o 1º Ciclo. Os colegas do 2º ciclo já sabem valorizar porque a muitos foi permitido lecionar o 1º ciclo quando no 2º havia poucas vagas e todos eles( que eu conheço) concluíram que os anos iniciais são mais difíceis.

      • Afonso Henriques on 15 de Junho de 2017 at 18:48
      • Responder

      Vai chamar Babá e Professores Primários à raiz da PUTA QUE TE PARIU, meu granda panasca! Precisas de um doutoramento para ler isto?

        • Serafim Saudade on 16 de Junho de 2017 at 0:05
        • Responder

        háaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa….

        O menino afonsinho a chamar nomes à própria mãe.

        Olhe que a sua mãe não tem culpa de ter tido um aborto chamado afonsinho.

        Se o menino tem na família algum PROFESSOR PRIMÁRIO E/OU REGENTE ESCOLAR ou alguma BABÁ (antigas AMAS) a sua mãesinha não tem culpa.

        É melhor chamar de PANELEIRO ao seu paizinho. Tá bem?….peça á sua mãesinha para lhe dar os comprimidos com um copinho de água.

          • Afonso Henriques on 16 de Junho de 2017 at 0:07

          A puta da tua mãezinha (e pasme-se que nem isso sabes escrever) é que foi chamada aqui à colação, porque nunca te devia ter dado à luz!!! Tens ódio visceral aos professores primários e às babás, grande paneleiro, porque reprovaste no exame da 4.ª classe e o que fizeste foi à custa do dinheiro dos papás! Para além de usares o nome “enrabador” que não deverias usar porque és apenas um enrabado, e estás a usurpar esse nome ao teu paizinho, néscio, vê-se bem que te saiu o curso num brinde da farinha amparo!

          • Serafim Saudade on 16 de Junho de 2017 at 12:33

          já te disse para não insultares o coirão da tua mãe….ela não tem culpa afonsinhuuu….

          Vá lá!…toma os cumprimidus com um cupinhu de água que isso passa….

          Se o menino tem na família algum PROFESSOR PRIMÁRIO E/OU REGENTE ESCOLAR ou alguma BABÁ (antigas AMAS) o coirão da sua mãe não tem culpa.

          Vá lá….contenha-se

          • Fátima Carvalho on 16 de Junho de 2017 at 17:17

          Espero sinceramente que o Arlindo elimine as suas baboseiras de mau gosto. E nada me admira que seja professor!!!

          • Fátima Carvalho on 16 de Junho de 2017 at 17:16

          Vê-se que foi educado num estábulo.

        • Fátima Carvalho on 16 de Junho de 2017 at 17:15
        • Responder

        Perdeu toda a razão.

        • Paulo Pereira on 18 de Junho de 2017 at 21:16
        • Responder

        Parece que neste Blog a linguagem porcalhona é aceite “democraticamente” em nome do “povo”, por mais inculto e boçal, e nunca há-de ser censurada. Por mais professor que seja.
        Pelo contrário, quando o assunto versa assuntos mais elevados, sem asneiredo, mas que teçam considerações sobre as misérias dos nossas contradições e atrasos em que a nossa “democracia” se encontra, por mais “liberdade” apregoada, tais comentários são liminarmente apagados deste Blog, por serem “alegadamente” matéria subversiva.
        E ainda dizem que não vivemos numa ditadura!
        Obviamente que sabemos bem a quem convém que o Povo se mantenha grunho, tacanho e labrego. Os marxistas sempre usaram da falta de cultura do Povo para o instrumentalizar.
        Por algum motivo é que o Ensino nunca estabilizou em Portugal. Porque não convém.

    1. Num blog respeitável, com a enorme implementação que tem o DeAr Lindo e ao público a que se dirige é verdadeiramente lastimável verificarem-se comentários tais como os de um pequeno grupo de fundamentalistas anti 1.º Ciclo e Pré-escolar que tem aparecido nos últimos dias. São comentários com meias verdades, mentiras e ocultação de factos, além de serem agressivos, arrogantes, provocadores e ofensivos.

      Se pretendem denegrir os profissionais da monodocência com este tipo de atitude, isto só define o tipo de pessoas que escreve semelhantes blasfémias e podem crer que com estes comentários só fazem que os professores do 1.º ciclo e os educadores de infância se sintam mais unidos e mais fortes.

      Agora, gostaria de salientar aqui aspectos de extrema importância para os monodocentes. É verdade que há mais países com carreira diferenciada do que com carreira única, só que os que têm carreira diferenciada também há países que os professores primários ganham mais que os seus pares. Um desses casos é o da Coreia do Sul que aparece sempre bem colocado no PISA. E nos testes TIMMS, em Matemática para os alunos do 4.º ano, os portugueses aparecem no pelotão da frente (13.º) e pasme-se à frente da mítica Finlândia, que nos deixa sempre a milhas de distância nos testes PISA que se destinam a alunos com 15 anos.

      Afinal, os professores do 1.º ciclo e os educadores do pré-escolar que só servem para limpar o rabo aos meninos, que não tem habilitações, são regentes, como afirmam certos detratores até conseguem dar bem conta do recado. Muitos destes docentes tem como habilitações mestrado e doutoramentos e nada lhes ficam a dever.

        • Serafim Saudade on 15 de Junho de 2017 at 23:36
        • Responder

        O que significa isto?

        “Por favor, aproveitem quando os ventos são favoráveis e tornem-se grandes, valorizando e dignificando os Educadores de Infância e Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico.”

        Leia!

        Está aqui:

        http://www.arlindovsky.net/2017/06/o-grito-do-ipiranga-dos-monodocentes-opiniao-j-c-campos/#disqus_thread

        Será para os PAPALVOS do Ensino Secundário engolirem?

          • Maria on 16 de Junho de 2017 at 11:07

          Isto é para ver se tu aprendes a ler e a escrever. O teu trauma é de infância. É lastimável um professor do secundário nem sequer saber escrever a palavra “mãezinha” e achar-se superior aos outros.Seu palerma!!! Vai mas é para a primária aprender a escrever.

          • Serafim Saudade on 16 de Junho de 2017 at 12:27

          Meu grande coirão quem te disse a ti que eu sou professor? Tinha vergonha de o ser no Ensino Público.

          ó Vacarrona!…Não te vi contestares o facto de Portugal ser “o ÚNICO PAÍS DA EUROPA em que as BÁBÁS e os PROFESSORES PRIMÁRIOS/REGENTES ESCOLARES (com cursinhos -ditos superiores – de 3 aninhos de PIAGETs, ESEs……ganharem o mesmo que os Professores do Ensino Secundário. Qualquer dia querem ganhar tanto como os Professores do Ensino Superior”. Sei perfeitamente que nada tem a dizer pela simples razão de contra factos não existirem argumentos.

          Tenha um Bom fim-de-semana (e já agora Faça Greve – ás fraldas).

          • Susete on 16 de Junho de 2017 at 13:11

          Maria, não vale a pena responder mais a esse infiltrado frustrado. Realmente não acredito que haja professores com tão baixo nível e com tão má formação. Ele que fique a falar sozinho. Se neste país a estupidez e a má criação pagassem imposto, só este já dava para equilibrar as finanças públicas.

          • Serafim Saudade on 16 de Junho de 2017 at 13:41

          Olha outro COIRÃO que vai fazer greve ás fraldas dos meninusssssssssss.

          Isto aqui deve ser o sindicato da Bar da Coxa.

          Juntem-se na esquina que ganham muito mais. Não faltam clientes.

          O Mário é um grande líder. Até já lhe chamam Mário – o Azeiteiro.

          • Educadora por paixão on 16 de Junho de 2017 at 22:34

          Será que para além de frustrado, não sabe utilizar uma linguagem mais decente? Acha que são todos da sua família? Trata assim os seus pais, filhos, amigos, vizinhos …?
          O vernáculo que utiliza é de um nível tão baixo que nem na tasca mais reles se deve ouvir! Por isso, só lhe posso pedir que tenha mais respeito, em primeiro lugar por si e depois pelos outros, para poder ser respeitado.
          Mas, se insistir em usar tal linguagem, só lhe posso repetir as palavras de Jesus quando estava a ser insultado e crucificado: – “Pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem”!

          • Fátima Carvalho on 16 de Junho de 2017 at 17:19

          Espero sinceramente que os professores do pré-escolar e 1º ciclo lhe respondam de forma educada.

    • Fátima Carvalho on 15 de Junho de 2017 at 18:24
    • Responder

    Não vejo onde está o problema. Bem haja o diretor que toma estas iniciativas.

      • Nuno Barata on 15 de Junho de 2017 at 19:24
      • Responder

      Gostas de viver em ditadura e com diretores autocráticos minha grande filha da puta? Se calhar até és diretora vaca do caralho!!!Deixa o modelo de gestão das escolas ser alterado que logo vês para onde vai a maioria desta corja. Dar aulas!!!!!!!!!!!!!E adeus ao suplemento remuneratório. Dar aulas!!!!!!Professor é para DAR AULAS não é para passar anos e anos à boa vida e a mandar nos outros. DAR AULAS!!!!!!

    • José Bernardo on 15 de Junho de 2017 at 19:17
    • Responder

    … afinal a(DEUS) tem uma cara e… bem bonita! – Stanley! (kkkkkkk)

    • Valia a pena pensar nisto... on 15 de Junho de 2017 at 22:59
    • Responder

    …é por isto que esta geringonça não quer o regresso da democracia à gestão das escolas. Agora têm verdadeiros comissários políticos/lambe-botas que basta a tutela mandar ladrar e começam logo a morder…
    Este PS é o coveiro da democracia nas escolas.

  3. pequenos ditadores … meu deus, como somos pequeninos!!

    • era_o_que_faltava on 16 de Junho de 2017 at 16:05
    • Responder

    Ao que se prestam? A isso e muito mais. Ora… cargo político, qualquer incompetente académico pode ser director desde que tenha votos, subsídio generoso (pode chegar a 700 euros), escolha da equipa que tem um sub, três adjuntos, assessores, coordenadores de estabelecimento… Poder de elaboração e distribuição de serviço lectivo e não lectivo (embora a lei exija critérios do pedagógico ninguém reivindica à espera de uma prenda (bom horário e “boas” turmas). Bolo enorme de horas não letivas para distribuir pelos bons votantes! Isto teria de levar uma grande volta para que a Escola Pública voltasse a ser decente.

    • Paulo Pereira on 18 de Junho de 2017 at 21:37
    • Responder

    O que se depreende é que há demasiados professores a desconhecer os seus Direitos e a desconhecer a Lei que os rege, o que considero algo triste.
    O Direito à Greve supera qualquer convocatória que se faça por um Director, por iniciativa própria.
    A única situação em que o docente tem de respeitar obrigatoriamente uma convocatória em período de greve é quando é requisitado para cumprir Serviços Mínimos.

    Dizer que um Director está a atemorizar seja quem for, é caricato.
    Se levarmos à letra o princípio de uma Greve, a presença de todos os professores na Escola poderia considerar-se como um Piquete de Greve, o que, no caso da Classe Docente, é uma fantasia. O que acontece é o oposto: quem está na escola vai para trabalhar.

    Logo, e partindo do pressuposto que não há requisição de Serviços Mínimos, quem não pretende fazer greve, cumpre a convocatória e apresenta-se ao serviço; Quem pretenda fazer greve, não se apresenta ao serviço.

    Havendo Serviços Mínimos, a situação é diferente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: