22 de Março de 2014 archive

O Teste Intermédio de Matemática do 9º Ano

Já se encontra disponível no site do IAVE o teste intermédio de Matemática do 9º ano que foi realizado no dia 21 de Março de 2014.

 

Matemática – 9.º ano

 

Teste – Versão 1Versão 2 (Caderno 1 e Caderno 2)

Critérios de Classificação – Versão 1Versão 2

Grelha de Classificação [XLS]

 

Para encontrarem uma Proposta de Resolução do Teste Intermédio de Matemática de 9.º Ano podem visitar o site do Portalmath.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/03/o-teste-intermedio-de-matematica-do-9o-ano/

Pedido de Divulgação

Venho por este meio solicitar a sua prestimosa colaboração no desenvolvimento de projecto relativo às atitudes dos professores de Educação Especial. Esta colaboração é da maior importância para mim, pois encontro-me a realizar uma pós-graduação em Educação Especial no ISCIA (Instituto de Ciências da Informação e da Administração), em Aveiro. Assim, solicitava se possível a disponibilização do inquérito, que se encontra no link abaixo descrito, de forma a que apenas os professores de Educação Especial o pudessem preencher
 

Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração – Formação para Projectos

 

Atenciosamente,
João Gabriel Martins Gonçalves Antunes da Inês

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/03/pedido-de-divulgacao-8/

Proposta Final do Diploma de Concursos

Foi apresentada a proposta final de alteração ao diploma de concursos que passa a considerar novamente que para a renovação de contrato basta a avaliação mínima de bom.

 

alínea c

 

Passa também a considerar horários anuais aqueles que possam ocorrer até ao último dia da abertura do ano escolar e que sejam até ao dia 31 de Agosto.

 

número 11

 

Finalmente, à terceira o MEC conseguiu resolver a redação do número 8 do artigo 7º que por duas vezes já considerei estarem erradas, aqui e aqui.

 

número 8

 

Download do documento (PDF, 231KB)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/03/proposta-final-do-diploma-de-concursos/

Acho Bem

Ministério da Educação investiga utilização abusiva de escolas por privados

“Com a promessa de soluções milagrosas para o insucesso escolar dos filhos e de os preparar para o exame de inglês do Cambridge, utilizando técnicas de marketing irresistíveis, os pais assinam quase de cruz um contrato de fidelização de 36 meses”

 

 

O Ministério da Educação mandou investigar uma denúncia de alegada utilização de escolas por parte de empresas privadas que tentam vender formação de inglês para ajudar os alunos a fazer o exame do 9.º ano.

A denúncia surge em vários blogues, que descrevem situações que estarão a ocorrer em escolas públicas. Várias famílias terão sido convencidas a assinar contratos de fidelização de três anos com empresas privadas que se oferecem para ensinar inglês aos alunos que este ano realizam pela primeira vez o exame do 9.º ano do Cambridge. O Ministério da Educação diz não ter conhecimento destes casos, mas pediu à Inspecção-Geral da Educação para os averiguar.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/03/acho-bem-6/

Quem Deu Esta Entrevista em 2011?

Agradeço ao Assistente Técnico o envio desta memória recente.

Antes de colocar o link da entrevista gostava de saber se sabem quem disse estas sábias palavras.

Profissão desgastante a nível psicológico

 

Correio da Manhã – Um estudo de Maria Alexandre Costa, do Instituto Superior de Engenharia do Porto, conclui que os professores não conseguem desligar-se do trabalho e recarregar baterias nos tempos livres, funcionando como “baterias viciadas”.

– A ciência vem demonstrando que há elevados níveis de stress na profissão docente, uma das mais desgastantes a nível psicológico. Mas a percepção social é a oposta, como se fosse uma profissão com muitas férias e pouco exigente.

– Como explica essa diferença?

– Decorre do desconhecimento em relação às dificuldades dos professores. A heterogeneidade dos alunos, a indisciplina, a falta de empenho. Há professores que fazem centenas de quilómetros para dar aulas e ficam esgotados. E quando vão para casa transportam a profissão consigo.

– Defende que devia ser uma profissão de desgaste rápido?

– Apesar de oficialmente a carreira docente ser especial dentro da Função Pública, na prática tem um tratamento idêntico. E as pressões exercidas nos últimos seis anos a nível social e governativo criaram mais dificuldades. As expectativas em torno da profissão são muito elevadas.

– Como superar o problema?

Reduzindo as turmas para um limite de 20 alunos; dando espaço e tempo para os docentes prepararem aulas na escola; dotando as escolas com psicólogos; dando estabilidade aos docentes, pois muitos não sabem se terão emprego no ano seguinte. Os docentes precisam de sentir confiança de quem governa e da sociedade.

– Com a crise actual não deverá ser fácil as coisas melhorarem?

– Sim, apesar de haver muito por onde cortar, para poder aplicar no essencial. Não faz sentido requalificações de escolas megalómanas. Há que investir mais nas pessoas e menos no cimento, reduzir os pequenos poderes intermédios e dar autonomia às escolas.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/03/quem-deu-esta-entrevista-em-2011/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog