adplus-dvertising

Timor – Novo concurso

Depois de um concurso aberto há pouco mais de um mês e com a partida dos últimos selecionados no dia de ontem não era possível abrir este concurso também a professores contratados ainda sem colocação?

Depois estranhem que seja preciso abrir segundo e terceiro concurso para manifestação de interesse em lecionar na Escola Portuguesa de Díli.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2011/11/timor-novo-concurso/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Concordo a 100%. Estes concursos só deviam ser para contratados porque os professores de quadro têm o seu lugar em Portugal. Usamos o destacamento para tudo e mais alguma coisa, enquanto os contratados demoram anos a fio para ganharem tempo de serviço.

    • Professor não colocado on 13 de Novembro de 2011 at 4:29
    • Responder

    Desculpem a minha ignorância, mas isto quer dizer que eu, professor sem colocação, não posso candidatar-me para leccionar em Timor? Em nenhuma circunstância? :S

    • LM on 13 de Novembro de 2011 at 14:44
    • Responder

    Sairá em breve um concurso para contratados. Este será para preencher vagas que sobrem deste concurso. Os professores contratados são muito bem vindos a Timor e acreditem que a coordenação da escola portuguesa prefere estes aos dos quadros. Os professores dos quadros vão cheios de vícios e exigências…se me faço entender. Mas o ministério não autoriza, só se não aparecer candidatos do quadro. Já agora, o vencimento de um contratado na escola portuguesa é cerca de 4000 dólares, com casa e viagem de ida e volta- e um sonho de país, com experiência própria.


    1. 4000 dólares?

      Os dos quadro recebem apenas 1000 dólares mais casa ou 2000 dólares sem casa mais o vencimento de portugal sem descontos para o IRS.

      O vencimento de Timor é pago pelo governo timorense e o estado português comparticipa com o pagamento do vencimento em Portugal.
      Por isso seria mais barato e possivelmente mais interessante para todas as partes que este concurso fosse aberto para contratados com um número mínimo de anos de experiência em Portugal.

      LM, fazes-te entender muito bem. Por isso a entrevista “eliminatória”. 😀

        • LM on 14 de Novembro de 2011 at 11:12
        • Responder

        Sim Arlindo. É mesmo cerca de 4000 dólares. mesmo os dos quadros recebem isso acumulando com o vencimento de cá. Mas para o ministério fica mais económico pagar as do quadro com horário zero…
        Mesmo na formação de professores de Língua Portuguesa, porque ninguém vai para lá dar aulas a miúdos como no início, o vencimento é cerca de 1000 dólares mais o vencimento de um contratado cá sem descontos.Mais casa e carro, viagens, deslocações e hotel em Díli.Em dólares é cerca de 3000 dólares só de vencimento.

    • Professor de Matemática on 9 de Novembro de 2012 at 2:41
    • Responder

    E para Matemática, será que haverá vagas? Ou haverá só para Português?

    • Atram on 9 de Novembro de 2012 at 14:25
    • Responder

    Boa tarde…e já agora p o pré-escolar?? n abrirão vagas p contratados?? obrigada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: