A única solução possível para resolver a BR2

…passa por fazer novo apuramento da duração previsível dos horários pela mesmo ordem declarada nos pedidos das escolas e fazer correr a “máquina” para atribuir novamente as colocações.

As vagas que resultem de aposentações, de recusa de colocação na BR1 ou do acréscimo do número de turmas devem passar todas a anuais.

O MEC que assuma os seus erros e reponha a legalidade mesmo que tenha de ter dois professores para o mesmo lugar.

Voltarei ao assunto da BR2 e dos horários mensais em breve. Por falta de disponibilidade não me foi ainda possível fazer uma análise a tudo o que tem acontecido desde ontem, no entanto fico feliz por saber que os dados que tenho aqui disponibilizado vão servindo para alguma coisa.

Espero que a DGRHE não esteja a preparar alguma para tornar ainda menos claras as colocações pela Bolsa de Recrutamento já que desapareceram todas ao final do dia de ontem. Será que vão notificar apenas o candidato colocado?

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/09/a-unica-solucao-possivel-para-resolver-a-br2/

3 comentários

2 pings

    • fátima correia on 21 de Setembro de 2011 at 22:06
    • Responder

    Alguns dos horários dos Técnicos Especializados pertencem a grupos de recrutamento existentes nas escolas e aparecem na contratação de escola desde a BR1 por motivos de aumento de turmas. Estou confusa.
    Docente do grupo 430.

    • Jake on 21 de Setembro de 2011 at 22:14
    • Responder

    Para o ano, entre os asteriscos finais de 2010-2011, a balbúrdia/cunha/tráfico de influências das autonomias a contratar e a previsível mexida nos artº 79, entrarei, porventura, numa prolongada “licença sabática” .
    Eu e mais uns milhares valentes.
    Já não dou para peditórios de ninguém.
    Cada qual tem o que merece. E nós, professores, temos a bela merda que merecemos todos. Contratados e Quadrificados, DRE´s deslocados de volta às Escolas, etc, etc, etc. Tirando mesmo os que estão a um passinho da reforma, estamos todos a competir uns com os outros. Uns melhor “colocados” do que outros para o osso.

    Jake

      • on 21 de Setembro de 2011 at 23:10
      • Responder

      Já me ri muito com este comentário, colega. Parabéns


  1. […] « A única solução possível para resolver a BR2 […]


  2. […] Seria fácil ultrapassar este problema se a DGRHE assumisse os seus erros e fizesse correr novamente a BR2 conforme disse aqui. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog