Afinal Para Que Servem Os Critérios das Escolas?

email enviado para vários organismos do MEC e IGE.

 

Muito boa tarde, o meu nome é FC e venho por este meio apresentar uma queixa em relação à selecção incorrecta do candidato para o horário 67 do grupo 600 do Agrupamento de escolas D. Domingos de Jardo.
O Agrupamento D. Domingos de Jardo colocou a concurso uma oferta de escola de 20 horas de substituição temporária do grupo de recrutamento 600, à qual concorri. A oferta de escola foi descrita tal como vai em anexo, sendo que 50% da ponderação iriam para a graduação profissional e os outros 50% de ponderação para uma entrevista de avaliação de competências. Essa entrevista de avaliação de competências consistia de 5 subcritérios apresentados na própria candidatura:
Conhecimento do meio local e da realidade educativa – 15%
Desenvolvimento profissional – 10%
Sentido de organização – 10%
Integração no meio sócio profissional – 10%
Utilização de novas tecnologias – 5%
Para além disso colocou na informação adicional que a justificação da substituição: Junta médica + Gozo de Férias.

No entanto extra candidatura terminada, e após lista ordenada, enviou para os candidatos, a dia quatro de outubro de dois mil e doze, o seguinte mail:

Exmo. Sr.(a) Professor(a),

Tendo em consideração a aplicação dos requisitos de admissão existentes para a candidatura aos horários deste agrupamento a que se candidatou, solicita-se que nos informe, por este meio, e até às 18:00 horas de dia 08/10/2012, se leccionou em escolas TEIP nos anos letivos 2009/2010, 2010/2011 e 2011/2012.
Para qualquer esclarecimento é favor contactar.

Hoje, dia nove de Outubro de dois mil e doze, o candidato foi selecionado o candidato nº 56 da lista de ordenação da escola, tendo ultrapassado todos os outros candidatos com maior graduação, inclusivé eu.
Não me foi feita qualquer entrevista que respeitasse os subcritérios apresentados pela escola aquando da candidatura. Tudo isto fez-me questionar as razões pelas quais aquele candidato foi selecionado e não outro com maior graduação.
Fui rever a minha candidatura e vejo que no estado está escrito Não considerar, como demonstra o anexo, e em justificação da não consideração está escrito:
Excluído por não cumprir os requisitos de admissão: Não ter prestado funções em Agrupamento TEIP nos últimos 3 anos.
Este critério não apareceu em parte nenhuma da candidatura, logo não pode ser usado como critério de exclusão ou de selecção.
Como tal exijo que a candidatura cumpra os seus requisitos e seja feita uma nova selecção tendo em conta os subcritérios.
Não é admíssivel que a candidatura seja retirada e colocada novamente a concurso de modo a que seja mais uma vez manipulada.
A candidatura é válida, tdos os seus critérios e subcritérios respeitam a legislação, logo deve-se retirar o candidato selecionado e proceder-se a uma nova selecção que cumpra todos os parâmetros da mesma.

Aguardo a emenda desta irregularidade.
Muito obrigada.
FC

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2012/10/afinal-para-que-servem-os-criterios-das-escolas/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ju29 on 9 de Outubro de 2012 at 23:10
    • Responder

    Acho estranha esta situação, porque sei de colegas que foram colocados nesta escola, estando nos cinco primeiros graduados e sem terem leccionado em TEIP em anos anteriores. Foram contactados, por telefone, para comparecerem na escola para a entrevista e acabaram por ficar. Não faz sentido esta mudança de critério.

    • aluap on 9 de Outubro de 2012 at 23:23
    • Responder

    Os atalhos vão-se aprendendo com os amigos!Se a moda pega estamos tramados!Começam todas as escolas a usar o novo método!

  1. olá a todos… A mim aconteceu me exactamente a mesma coisa… na oferta para o grupo 500. É UMA SITUAÇÃO TÃO ESTÚPIDA QUE FIQUEI SEM PALAVRAS…

    • Maria on 10 de Outubro de 2012 at 0:40
    • Responder

    Espero que o(a) Senhor(a) director(a) explique a situação. Urge um explicação da direcção e um pedido de desculpas a todo os professores. Estes abusos têm que trminar e JÀ. Todos os dias assistimos a este tipo de irregularidades … não aceitamos este tipos de comportamento por parte das direcçõs. A Escola PÙBLICA não pode ser gerida assim.
    Aguardamos uma reacção destaescola … é o mínimo que se pode pedir. Urge terminar com estes critérios “patetas” … que espelham a falta de profissionalismo e de ética profissional.
    Aos colegas peço que ajudem a denunciar aqui todos estes casos – pode ser que as direcções recuem nestes procedimenos fraudulentos

    • Pedro on 10 de Outubro de 2012 at 16:11
    • Responder

    A escola não pde excluir candidatos que não cumpram os subcritérios! Tem de aplicá-los aos 5 primeiros e PRONTO! Mesmo que nenhum tenham estado em teips, tem o direito de ter 0 e ver a sua média final. Quem tiver a mais alta é o escolhido. Qual a dúvida da escola??? Se Só escolhem quem cumpre os subcritérios então o peso da graduação não faria qualquer sentido. Certo? Acho muito bem que reclamem e exijam explicações! Façam todos o mesmo e estes diretores lixam-se. Quem cala é porque está tudo bem. Eu já declarei guerra a estes abusos e vou sempre denunciá-los e pressionar as escolas. Façam todos o mesmo!

    • Grupo 600 on 10 de Outubro de 2012 at 17:13
    • Responder

    Tambem sou do 600 e respondi a esse mail da escola. Mas, foram tantos os horarios que concorri de outros grupos (234 horarios) que nem me dei conta. Hoje quando fui ver a lista achei estranho que o colega que foi selecionado só tenha 18 de graduação o que faz com que esteja muito depois de mim.
    Mais uma reclamação depois de Marrazes que tambem utilizou uns criterios manhosos em que estranhamente na plataforma aparece candidatos notificados e que no site da escola já diz quem foi colocado. entre outras coisas que a inspeção já esta a investigar.
    Mais uma reclamação… para nada tenho quase a certeza.

    • sandra s. on 10 de Outubro de 2012 at 20:48
    • Responder

    Arlindo vou responder à tua pergunta muito sucintamente: AS CONTRATAÇÕES DE ESCOLA SERVEM PARA OS AMIGOS. Penso que todos já viram que o valor mais cultivado em Portugal é a AMIZADE.
    Viva a amizade!

      • I. Cruz on 11 de Outubro de 2012 at 0:44
      • Responder

      Vou contar-vos uma história: sou alguém que em setembro de 2009 concorri (quando pouquíssima gente o fez, porquê?) para uma O. E. de uma escola TEIP e fiquei; no ano seguinte concorri de novo e fiquei; no ano seguinte a mesma coisa (nunca houve reconduções)! Este ano, concorri de novo; um dos subcritérios era o tempo de serviço em escolas deste tipo e não fiquei, fui ultrapassada por um colega.
      Moral da história; não estou revoltada nem passo a vida a julgar diretores, subcritérios, ….., simplesmente aceito! E não estou infeliz nem a pensar mal de toda a gente.
      Tentem ser menos infelizes pois assim é mais fácil a vida sorrir-nos!

        • Grupo 600 on 11 de Outubro de 2012 at 10:14
        • Responder

        “quando pouquíssima gente o fez, porquê?”. É muito simples pq a tua média era baixa na altura e não conseguiste ficar no concurso nacional como os teus colegas. Todos os que estavam à tua frente foram colocados a 31 de agosto – algo que nem sonhas o que é…
        “nunca houve reconduções”. Nem eram precisos pq o subcritério “continuidade pedagógica” tratava disso.
        Não estás revoltada/o pq tal como já dei a entender no 1º parágrafo deste comentário deves estar tão mal colocada/o na lista que “simplesmente” aceitas.
        Agora, se estivesses nos 200 primeiros a nível nacional, e fosses ultrapassado por “teipolas” (gostei deste termo que vi neste blog e adotei-o) que estão no 1000 e poucos a tua “história” seria outra…

          • I. Cruz on 11 de Outubro de 2012 at 13:37

          Realmente tenho pena de pessoas tão pobres de espírito! Nem mereces resposta mas aqui vai: leciono desde 1994 e tu? O querer ir para uma TEIP deve-se a fazer aquilo em que acredito e, ao mesmo tempo, ficar perto de casa e ser mãe …. Chega-te? Antes de falares na vida alheia pensa no que dizes! Sempre pensei que o pessoal de artes fosse sensível mas a exceção confirma a regra!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: