adplus-dvertising

Aparentemente o 1º critério Seria Justo

…não fosse o critério seguinte ser como é.

Nem sei porque se deram ao trabalho de elaborar dois critérios.

Agrupamento de Escolas de Custóias, Matosinhos

Nota: A partir de hoje começo a identificar a escola com um link para o mail institucional e para a própria direção de cada escola.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2012/01/aparentemente-o-1o-criterio-seria-justo/

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Miguel Castro on 31 de Janeiro de 2012 at 19:10
    • Responder

    Arlindo, todas as palavras são poucas para te agradecer a denúncia desta bandalheira.
    Obrigado e continua o teu excelente trabalho.

    • MC on 31 de Janeiro de 2012 at 19:13
    • Responder

    É uma vergonha!!!

    • lm on 31 de Janeiro de 2012 at 19:42
    • Responder

    alto e pára o baile

    SE É O MESMO HORÁRIO, pode ser porque o/a titular voltou a, por exemplo, meter novo atestado médico…

    é natural que uma escola prefira o retorno do contratado que já lá esteve (eu até aceitava que pusesse como primeiro critério, vejam lá!)

    • luisa on 31 de Janeiro de 2012 at 20:27
    • Responder

    sinto-me indignada e maltratada por estes estupores que tem algum poder….continuem a apoiar a autonomia das escolas

    • sandra s. on 31 de Janeiro de 2012 at 20:44
    • Responder

    Desculpe IM, mas o seu raciocínio está errado!
    Abrir precedentes é escancarar a injustiça…Se o sistema quisesse lá o mesmo professor que fizesse um real apuramento de vagas assim como uma bolsa de professores integrados no quadro para esse serviço.
    Agora assim é o salve-se quem puder, é exaltar o pior que existe no humano.

    • Pedro on 31 de Janeiro de 2012 at 22:49
    • Responder

    Façam como eu e mandem sempre um email de repúdio à escola !!! Vão-se passar com tanta gente a reclamar!!!!!

    • lm on 31 de Janeiro de 2012 at 23:03
    • Responder

    vamos por partes

    Eu defendo a continuidade das colocações nacionais (até defendo o regresso das cíclicas)

    e vejo poucos a defendê-lo!

    mas agora não há bolsa para contratados, só há contratação de escola

    se querem que só valha a graduação, então defendam a continuidade da bolsa (ou o regresso das cíclicas)!

    Agora se uma escola tem um profesor que mete atestado, é substituído por um, ou dois meses; regressa e pouco depois há novo motivo para ser substituído, que fazer?

    Defendo o regresso do contratado que por ventura nem devia ter saído…

    MAS CONTINUO A SER CONTRA AS CONTRATAÇÕES DE ESCOLA HAVENDO LISTA NACIONAL COM NÃO COLOCADOS QUE CONCORRERAM PARA ESSE HORÁRIO

    • Margarida on 1 de Fevereiro de 2012 at 2:01
    • Responder

    Arlindo! A Esc.Sec.Padre Alberto Neto, Queluz, Sintra pede um tecnico especializado com licenciatura em Enfermagem. Trata-se de uma Disciplina/Projecto SAÚDE , curso EFA ação educativa são 9 horas. A questão é a seguinte é possivel existir pedido para leccionar uma Enfermeira (nada contra a Profissão de Enfermagem), mas neste caso onde existe a profissionalização no Ramo Educaçional (não seria melhor fazer o pedido para um colega de Biologia????) não entendo este pedido.

    Olha! eu não sei como se copiam as ofertas das escolas para enviar, porque o fazia principalmente para serem denunciados pedidos tão esquesitos que tenho visto. 420.

    • PCCO on 1 de Fevereiro de 2012 at 14:29
    • Responder

    E ESTES CRITÉRIOS???
    PARA QUE “RAIO” SERVEM: A GRADUAÇÃO, O TEMPO DE SERVIÇO, A PROFISSIONALIZAÇÃO, ETC…?

    1 – Em caso de empate serão realizadas entrevistas aos candidatos empatados.

    2 – Ter trabalhado em escolas do Agrupamento com parecer favorável do Órgão de Gestão ( ouvido o respetivo coordenador de departamento/estabelecimento).

    3 – Ter trabalhado em escolas TEIP. Especificar.

    4 – Ter trabalhado com alunos que tenham o Português como língua não materna. especificar.

    SÓ ACEITO O ÚLTIMO, MAS APENAS COMO DESEMPATE (TALVEZ…)

    • Pedro on 1 de Fevereiro de 2012 at 16:24
    • Responder

    Penso que o Código do Procedimento Administrativo, Decreto-Lei nº442/91, de 15 de Novembro e alterado pelo Decreto-Lei Nº6/96, de 31 de Janeiro) no Capitulo II, artigo 5º e 6º não permite este tipo de situação…

    • Paula on 1 de Fevereiro de 2012 at 22:27
    • Responder

    Boa noite, Arlindo.

    Por favor pode indicar-me o email para o qual podemos denunciar situações da aplicação de critérios impróprios para concurso das OE?
    No Agrup Escolas Júlio Brandão – VN Famalicão, para o grupo 110 aparece como 2.º critério : “Ter trabalhado neste Agrupamento num dos dois últimos anos”. Lamentável!!!

    • Maria Sousa on 2 de Fevereiro de 2012 at 10:32
    • Responder

    Olá Arlindo,

    Obrigada pelo trabalho que tem feito em prol dos professores.
    Venho assim, denunciar mais uma situação que me parece muito injusta.
    Concorri para uma oferta de escola para o agrupamento de escolas de Idães – Felgueiras para o grupo 520- Biologia e Geologia e para espanto meu, ficou lá uma colega 447 lugares atrás de mim, com apenas 248 dias de serviço, pois o terceiro critério era ter trabalhado na dita escola e ela esteve lá colocada 227 dias!!!
    Afinal, trabalhar muitos anos, não compensa, temos é que trabalhar na escola certa…

    Maria Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: