Estranha coincidência

Escola emprega professora filha de vereador

Educadora de 24 anos, sem tempo de serviço, supera colegas com 10 anos de experiência profissional. Director de Almancil garante ser coincidência

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/09/estranha-coincidencia/

16 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Caty on 15 de Setembro de 2011 at 14:03
    • Responder

    Há coincidências e outras coisas que também começam pela letra c.

      • Anónimo on 16 de Setembro de 2011 at 0:12
      • Responder

      A colocação dos AECs no municipio de braga é uma pouca vergonha escancarada na cara dos professores que a elas concorrem. Telefonam aos professores para lhes entregarem os horários sem terem publicado a lista, nem previamente, nem na hora. Entregam horários aos quais os professores não concorreram, aos quais alguns aceitam! Vale tudo! Que professores são estes? Que tipo de alunos formam? Onde está a dignidade desta gente que forma futuros cidadãos? Todos os anos ocorrem ilegalidades e este ano foi o pior de todos. Pessoas que chegam acompanhadas da própria CUNHA para irem buscar o horário, professores que concorrem apenas a dois horários e ficam num deles! Como é posssível? Quando dizem a outros que concorreram a treze horários que nãom ficaram em nenhum porque concorreram a poucos horários! Horários guardados, deixados para trás para serem entregues quando lá estão professores de outras atividades para que não seja tão visivel. Quando se pede para falar com vereadoras, não podem atender, nem estão para ouvir reclamações. Que vereadoras e funcionários tâo humanos! Falam para os professores abaixo de cão, uma falta de humanidade, de educação, apoderando-se de uma entidade que é do Estado e que estes põem e dispõem como sendo uma quinta privada deles! Vergonhoso! Será que o Estado e as entidades responsáveis sabem que pagam vencimentos aos funcionários e a dirigentes para prestarem serviços destes? Será que são pagos para fazerem “jeitos” destes? Esquecem-se que tratam seres humanos como lixo, retirando-lhes toda a dignidade. Acham-se Deus ou juízes que tudo podem e a realidade é que fazem o que querem, lhes apetece e ainda lhes sobra tempo. Flagrante ainda são aquelas pessoas que ficam colocadas ao longo de seis anos consecutivos na mesma escola, com o mesmo horário. Quando a esse horário concorreram pessoas com mais tempo de serviço, sendo este um dos critérios. Vergonhoso será ainda casos de quererem ver-se livres das pessoas (sim, é esta mesma a expressão) e fabricarem avaliações pouco favoráveis nos agrupamentos, ou até colocarem culpas nos professores errados por escrito para que se possam manter nessa mesma escola as verdadeiras pessoas a quem se destinava a queixa!

    • cruz on 15 de Setembro de 2011 at 14:48
    • Responder

    É triste este forma de recrutamento , onde a cunha, o conhecimento o amizade pessoal passa à frente da competência e os muitos anos de serviço…
    Estes politicos e alguns directores de escolas com autronomia tem a mania que são donos de tudo, uma tristeza. Infelizmente caso não recuem na autonomia das escolas em termos de contratação de pessoal vai ser uma desgraça…só cunhas.
    Estes politicos , vereadores das câmaras municipais acham normal porque os critérios nas autarquias são esses, serem amigos pessoais ou do partido….a competência não interessa.
    Isto não é democracia é fazer de conta que existem concursos e atirar areia para os olhos dos professores sérios.
    Ainda hoje vi uma oferta de escola numa escola perto VN Famalição a concurso ainda , por acaso acedi à página da escola e lá estava o horário da turma com um nome do professor contratado, mesmo antes de ter acabado o prazo do concurso.
    Ou seja o candidato já está escolhido à partida.

    1. Faz-me um print screen disso.

        • cruz on 15 de Setembro de 2011 at 19:19
        • Responder

        Qual o teu mail ?
        Já fiz o print screen a oferta da escola perto VNF que termina hoje à meia noite mas o nome da pessoa selecionada já está no horário da escola.
        Este compadrio dá-me vómitos ?
        Se a autonomia das escola na escolha dos candidatos avança e o fim …quem é sério e honesto é que lixa….

      1. O meu mail está em cima na barra superior.
        Gostava era também de ter o print screen ou o link desse horário já com o nome.

          • cruz on 15 de Setembro de 2011 at 19:57

          Já mandei para o teu mail.

          Podes também confirmar na aplicação e na página da escola.
          Se puderes divulga estas situações de falta de transparência nos concursos tem de ser denunciadas.

          Parabéns pelo teu trabalho na defesa da justiça nos concursos.

    • Natália Pereira on 15 de Setembro de 2011 at 15:25
    • Responder

    Curiosamente quem decide os critérios é o conselho pedagógico. Considero isto mais grave ainda pois é um tipo de corrupção colegial e não individual. Todo o conselho pedagógico assume que os critérios podem ser falaciosos. São no mínimo 15 pessoas a anuir a critérios pouco claros e promotores de práticas corruptivas.

    • Lena on 15 de Setembro de 2011 at 18:36
    • Responder

    Hoje em dia não interessa a “competência” eu diria a “experiência profissional” mas o “compadrio, amizades,…” . Deixemos de ser “inocentes”!!!!A classe “professor” perdeu direitos ….que se pode esperar mais?…”Nada!!!!”
    São injustiças num “Oceano” delas…para mim este “Oceano” tem já vinte e sete anos de existência e continuo e continuarei a observá-las…

    • Ana Maria Gonçalves on 16 de Setembro de 2011 at 0:10
    • Responder

    A colocação dos AECs no municipio de braga é uma pouca vergonha escancarada na cara dos professores que a elas concorrem. Telefonam aos professores para lhes entregarem os horários sem terem publicado a lista, nem previamente, nem na hora. Entregam horários aos quais os professores não concorreram, aos quais alguns aceitam! Vale tudo! Que professores são estes? Que tipo de alunos formam? Onde está a dignidade desta gente que forma futuros cidadãos? Todos os anos ocorrem ilegalidades e este ano foi o pior de todos. Pessoas que chegam acompanhadas da própria CUNHA para irem buscar o horário, professores que concorrem apenas a dois horários e ficam num deles! Como é posssível? Quando dizem a outros que concorreram a treze horários que nãom ficaram em nenhum porque concorreram a poucos horários! Horários guardados, deixados para trás para serem entregues quando lá estão professores de outras atividades para que não seja tão visivel. Quando se pede para falar com vereadoras, não podem atender, nem estão para ouvir reclamações. Que vereadoras e funcionários tâo humanos! Falam para os professores abaixo de cão, uma falta de humanidade, de educação, apoderando-se de uma entidade que é do Estado e que estes põem e dispõem como sendo uma quinta privada deles! Vergonhoso! Será que o Estado e as entidades responsáveis sabem que pagam vencimentos aos funcionários e a dirigentes para prestarem serviços destes? Será que são pagos para fazerem “jeitos” destes? Esquecem-se que tratam seres humanos como lixo, retirando-lhes toda a dignidade. Acham-se Deus ou juízes que tudo podem e a realidade é que fazem o que querem, lhes apetece e ainda lhes sobra tempo. Flagrante ainda são aquelas pessoas que ficam colocadas ao longo de seis anos consecutivos na mesma escola, com o mesmo horário. Quando a esse horário concorreram pessoas com mais tempo de serviço, sendo este um dos critérios. Vergonhoso será ainda casos de quererem ver-se livres das pessoas (sim, é esta mesma a expressão) e fabricarem avaliações pouco favoráveis nos agrupamentos, ou até colocarem culpas nos professores errados por escrito para que se possam manter nessa mesma escola as verdadeiras pessoas a quem se destinava a queixa!

      • cruz on 16 de Setembro de 2011 at 0:14
      • Responder

      Conhecendo como funciona a câmara municipal em termos de recrutamento de pessoal…..tudo na base do compadrio…. imagino os concursos AEC….
      Boa sorte colega

      • Anónimo on 16 de Setembro de 2011 at 19:50
      • Responder

      Em Braga também já sofri com esse problema: CUNHAS! O que vale é que as AECs também devem acabar. Colega, faz uma exposição para os jornais.

    • Padeiro on 16 de Setembro de 2011 at 22:57
    • Responder

    Ja nao quero dar aulas… É impossível pactuar com “colegas” sem escrupulos, sem dignidade profissional, uma teia de cobras, e sao eles que educam os nossos filhos…

      • diogo on 19 de Setembro de 2011 at 19:12
      • Responder

      Onde podem ser consultadas as listas das aec`s de Braga relativas às Ciências Experimentais?

    • anabela on 10 de Outubro de 2011 at 12:20
    • Responder

    Vergonhosa é a redução salarial abaixo da lei a que fomos sujeitos na Câmara Municipal de Braga!Este ano lectivo brindaram-nos com uma redução extrema no salário, SEM QUALQUER JUSTIFICAÇÃO!
    As verbas enviadas pelo Ministério são as mesmas, apenas decidiram encher os bolsos à nossa custa e nós andamos aqui a trabalhar para alimentar pançudos!!!!

    É uma vergonha total!Estou a pensar expor isso ao jornal!

    Além disso, este ano não nos querem pagar o subsídio de férias, querem que as gozemos na interrupção lectiva do natal e páscoa, quando a lei diz claramente que essas interrupções lectivas NÃO SÃO FÉRIAS!

    Somos tratados como lixo e quase que temos que pagar para ir trabalhar, enquanto que certos senhores se riem de nós enquanto nos roubam todos os meses.

  1. Sim Sim todos nós sabemos ” DE BURROS NÃO REZA A HISTÓRIA” neste caso os lugares da função pública são dos : FILHOS,NETOS,SOBRINHOS,TIOS E TIAS E RESTANTE FAMILIA………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: