É isto a Autonomia?

Surgiram só hoje a concurso horários de escolas com autonomia, curiosamente só depois das notícias de hoje na comunicação social a denunciar esta situação de largas centenas de docentes ainda por colocar.

Agora o MEC só precisa de explicar o que quer fazer para diminuir as turmas a partir do dia 18/10. 😀
Ainda tinha alguma esperança que esta situação de fim de contrato não aparecesse em escolas com autonomia, mas perdi-as hoje. Mas afinal para que serve um contrato de autonomia?

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/09/e-isto-a-autonomia/

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • SaraSilva on 15 de Setembro de 2011 at 14:31
    • Responder

    Arlindo, este post foi colocado na etiqueta certa – ARTIMANHA!

    • luisa on 15 de Setembro de 2011 at 14:45
    • Responder

    Divulguem e enviem para a comunicação social
    Como milhares de colegas, não fiquei colocado. Existem situações irregulares nas colocações, que já foram detectadas por colegas e que podem confirmar ao entrar no site do bloge professoreslusos (tanto na página inicial como no chat). Aliás, eu recomendo que vão ao chat para de aperceberem de todas as situações encobertas que por aí andam e de que ninguém da comunicação social fala.
    As escolas não existem para servir os professores, mas as escolas e os professores existem para ajudar na formação dos alunos. Ninguém fala dos alunos. Eu tenho filhos e preocupo-me com eles. Prefiro que os meus filhos não estudem numa escola com um quadro interactivo por sala mas que não tenham uma turma de 30 alunos (como as há neste momento).
    As escolas TEIP estão a funcionar como escolas privadas, não se trata de autonomia, trata-se de colocações arbitrárias sem qualquer respeito pela graduação dos candidatos.
    As Ofertas de Escola oferecidas pelo Ministério no site da DGRHE têm duração de um mês. Os professores vêem o seu contrato renovado mensalmente, assim que as aulas terminarem os contratos terminam, não se trata de precariedade… está abaixo disso.
    Algumas Ofertas de Escola apresentam como requisitos para a candidatura o ter estado previamente naquele agrupamento; outras que o candidato tenha terminado o curso há menos de 5 anos. Não me tinha apercebido que o ensino em Portugal já se tinha tornado privado uma vez que estes critérios são destinados a individuos concretos.
    As Bolsas de Recrutamento apenas são lançadas de semana a semana (esperamos que não seja mais tempo uma vez que ainda só saiu a primeira). Os alunos vão começar as aulas e não há Professores. Acho estranho que alguém defenda mais exigência no ensino e ache pertinente tirar aos alunos um mês de aula… porque esse vai ser o resultado dessas colocações tardias.
    Assinado
    Um Professor Qualificado

    • Aires on 15 de Setembro de 2011 at 15:44
    • Responder

    Eu já enviei a denuncia das ofertas de escola de um mês ao grupo parlamentar que tem sido coerente na Assembleia da República no que diz respeito à Educação. Julgo que devíamos inundar a caixa de correio dos deputados da nação com a denúncia destas situações.

    • Branca Saraiva on 15 de Setembro de 2011 at 16:29
    • Responder

    Eu sou uma professora do grupo 400, História, iniciei funções no ano lectivo 1993/1994, andei pelo país de norte a sul e ilhas e tal como muitos outros, estou no desemprego. Também concorri a escolas TEIP, mas também cheguei a conclusão que essas colocações são uma autêntica fantochada, os critérios são defenidos de acordo com a pessoa que pretendem colocar. Concorri a dois horários ao Agrupamento de Escolas Nuno Álvares – Seixal, mas os seleccionados foram colegas que estavam depois de mim uns 400 lugares. Onde para a democracia neste país? O que tinha de melhor as escolas que era o sistema democratico, desapareceu, agora reina a hipocrisia, o salve-se quem poder…

    • Indignado on 15 de Setembro de 2011 at 22:03
    • Responder

    Concordando com toda a revolta citada…Pode-se acrescentar que aparecendo nos critérios “continuidade pedagógica” e “experiencia em CEF / PCA / PIEF” nas escolas TEIP os horários são dirigidos a determinados professores porque nas escolas o horário que se entrega não tem nada disso: são novas turmas, são as melhores turmas… E os professores do quadro ficam com “experiência” citada porque são mais velhos, os horários podem nem estar completos mas são pagos como tal ou colocam-se uns cargos e fica completo …Ora então quem se candidata não deveria ter o horário para o qual se candidatou? Pois é … e reclamações não surgem porque e depois o conselho executivo? E depois a avaliação? E depois estão contra os colegas colocados pela direcção… Se não forem os de fora a fazer o necessário, mandar averiguar, impugnar…De dentro para fora nada feito!
    Bom ano lectivo!

      • Ricardo Ferreira on 16 de Setembro de 2011 at 18:52
      • Responder

      Parabéns Arlindo!
      Sou Professor de EVT do Grupo (240).
      Apesar de não estar colocado, pela 1.ª vez, sinto que este Blog me tem ajudado muito!
      Ricardo

  1. […] É isto a Autonomia? […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: