Afinal a DGRHE existe

NOTA INFORMATIVA

Os horários pedidos pelos Agrupamentos de Escolas e Escolas não agrupadas na Bolsa de Recrutamento (BR) que não foram preenchidos aquando da realização da BR 01, ficaram disponíveis para Contratação de Escola (CE), devendo as escolas aceder à aplicação informática e accionar o botão “enviar para CE”, desencadeando, assim, todos os procedimentos inerentes à Contratação de Escola.
Este mecanismo terá lugar nas Bolsas de Recrutamento subsequentes.
No ano lectivo de 2010/2011 a finalização de contratos e o aditamento a termo de contratos foi um processo algo complexo e que deu origem a situações problemáticas.
No sentido de agilizar procedimentos, no presente ano lectivo, os horários que passem da Bolsa de Recrutamento para a Contratação de Escola surgem com a duração pré-definida mínima de 30 dias, de acordo com os nºs 2 e 3 do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 35/2007, de 15 de Fevereiro, dando, origem a contratos a termo incerto que podem prolongar-se até final do ano escolar desde que a necessidade subsista.

DGRHE, 15 de Setembro de 2011

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/09/afinal-a-dgrhe-existe/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. “final do ano escolar” = Junho ou = 31 de Agosto???

    • SaraSilva on 15 de Setembro de 2011 at 21:35
    • Responder

    Final do ano escolar é o que lhes convier…e o que lhes convém é o período que coincide com o fim das avaliações!!

    • SaraSilva on 15 de Setembro de 2011 at 21:42
    • Responder

    É como o natal – é quando um homem quiser!!

    • Alexandra Castro on 15 de Setembro de 2011 at 21:44
    • Responder

    Quantos mais lugares forem para oferta de escola, mais dificil é a colocação para quem nao tem cunha! Mas porque é que os lugares que nao forem preenchidos nao passam para a bolsa seguinte??!!

    1. Se não foram preenchidos é porque ninguém concorreu a eles. Se fossem outra vez para a bolsa ia acontecer a mesma coisa, pelo menos nesta fase em que só foram atribuídos horários anuais.

    • Padeiro on 16 de Setembro de 2011 at 2:06
    • Responder

    Concorri a uma oferta de escola cujos critérios de selecçao eram no mínimo ridiculos, de entre tantos items, com a diversa cotaçao no critério, encontro a proximidade de residencia ao agrupamento esolar, ridiculo foi este item ter uma cotaçao de 50%… Suponho que os “professores” contratados tivessem algo a dizer acerca dos critérios de selecçao, pergunto ao colega Arlindo, para que serve uma lista graduada??? Nao será para graduar??? Se é para desistir, acreditem… NAO DESISTO… Proximamente falar-vos-ei da ilha da Madeira (lol)

    • Margarida on 16 de Setembro de 2011 at 2:38
    • Responder

    Boa Noite a todos em especial aos Colegas não colocados!

    Pois, este esquema de CUNHAS põem em causa o profissionalismo, a ética e mais adjectivos da Mantilha que anda para aí a solta. Quanto aos outros ficam a ver esta geração á rasca (era o que se dizia) a ensinar como se faz quando se quer ter algum dinheirinho. Mas, onde fica a graduação, o tempo de serviço, as pestanas queimadas para tirar a Licenciatura, as formações, etc…
    Um caso interessante, uma colega nossa concorreu pela primeira vez (nunca deu aulas ) tem zero dias, porém tem nota final de curso superior a minha , logo consta na lista primeiro do que eu. Onde estão os meus 14 anos de exercicio ao serviço do ME .

    • Padeiro on 16 de Setembro de 2011 at 2:52
    • Responder

    Venham mais Cinco já que nos obrigam a ir para a rua gritar, que é ja tempo desta palhaçada acabar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: