Audição Pública sobre a Revisão Curricular

Comissão de Educação, Ciência e Cultura Audição Pública (18-01-2012)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OY-S78ex-a0]

 

12:10 – António Carvalho – Escola Superior de Educação João de Deus
17:25 – João Dias da Silva – FNE
20:40 – Jorge Santos – FNE
25:15 – Sindicato Inspetores de Educação e Ensino
29:25 – David Rodrigues – Associação Nacional de Docentes de Educação Especial
32:45 – Miguel Barros – Associação de Professores de História
33:33 – Emília Lemos – Associação de Professores de Geografia
35:48 – Filipe do Paulo – Presidente da Pró-ordem dos Professores
39:50 – Marques Onofre – Sociedade Portuguesa de Educação Física
43:00 – Maria José Viseu – CNIPE
47:15 – Paula Carqueja – Associação Nacional de Professores
50:45 – João Alvarenga – Presidente AEEP
54:00 – Inês Castro – Agrupamento de Escolas Monte da Caparica
57:40 – Mario Nogueira – FENPROF
1:02:10 – António Simões – Agrupamento de Escolas de Águeda
1:04:24 – Carlos Gomes – APEVT
1:09:35 – João Batista – APEVT Madeira
1:12:25 – Ricardo Reis – APECV
1:16:30 – Clara Guerra – Comissão Nacional de Proteção de Dados
1:20:06 – Graça Gerado – ACAPO
1:23.25 – Mónica Mendes – Ordem dos Biologos
1:26:30 – Margarida Guimarães – Agrupamento de Escolas de Vila de Rei
1:28:48 – Alexandre Abrel – Sociedade Portuguesa de Astronomia
1:31:20 – Carlos Chagas – SINDEP
1:35:27 – Iolanda Felix – Escola Francisco de Arruda
1:37:45 – Miguel da Silva – Juventude Popular
1:40:35 – Adriana Fernandes – APEVT Madeira
1:43:25 – Fátima Lopes – Agrupamento de Escolas de Ansião
1:47:04 – Ana Simões – FENPROF
1:50:17 – António Nabarrete – FENPROF
1:53:25 – Anabela Brás – Escola Secundária da Ramada
1:56:16 – Maria do Rosário Barros – Escola Secundária Virgílio Ferreira
1:59:35 – Maria do Carmo Borges – Agrupamento Miradouro Alfazina
2:02:50 – Luis Filipe Santos – SIPE
2:05:25 – Elsa Barbosa – Sociedade de Professores de Matemática
2:08:16 – Fernanda Ledesma – ANPRI
2:11:30 – António Ramos – ANPRI
2:13:50 – Rui Madeira – Agrupamento de Escolas do Barreiro
2:16:50 – Teresa Cunha – Associação de Professores de Português
2:20:30 – Fátima Viera – Agrupamento de Escolas Mendes da Maia
2:23:20 – Albino Almeida – CONFAP
2:26:20 – É criminoso acabar com a Educação pela ARTE
2:27:21 – Alberto Rodrigues – APEVT
2:30:35 – Francisco Mota – Juventude Popular
2:34:00 – Manuel Fernandes – CONFAP
2:37:35 – Domingues Veles – Agrupamento nº 1 Beja
2:42:05 – Heloísa Apolónia – PEV
2:48:40 – Ana Drago – BE
2:56:50 – Miguel Tiago – PCP
3:04:00 – Michael Seufert – CDS
3:10:00 – Acácio Pinto – PS
3:17:00 – Ester Vargas – PSD

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/01/audicao-publica-sobre-a-revisao-curricular/

3 comentários

4 pings

    • tic on 20 de Janeiro de 2012 at 22:41
    • Responder

    Vídeo deveras excitante. Estou todo aos pulos. De EVT cinco intervenções, sim cinco, contando com a do tio Albino. Fiquei babado ao ouvir a ovação depois da afirmação que aparece a bold no texto! A malta de EVT encontrou um novo herói. Há gente sem vergonha na cara, mas enfim.

    Da ANPRI duas intervenções demasiado civilizadas e cordeirinhas. Malta, assim não vamos lá. Aprendam com a malta de EVT, sobretudo aquele cromo que diz – jeito de pelo na venta – que as TIC são uma espécie de ACND – e que TODOS concordamos com isto! Todos lá na tua freguesia, ó amiguinho! Dissesses isso nas minhas trombas e vias como elas que te caíam com uma pinta do carago! Ainda hoje fui a uma sala porque um crominho de EVT não sabia mudar a resolução do monitor. Não me lixem pá! Brincar com a vossa tia!

    É bom que a malta de EVT não julgue que todos nós no grupo 550 somos cordeirinhos. Para ao ano já falamos. A mim não me vão f…. vocês, podem ter a certeza! Muito estetas e o cara…. mas quando é para salvar o cú à custa dos outros não têm o mínimo remorso, e é o que vemos com a agressividade que demonstram sempre que se manifestam em relação às TIC.

      • Carlos Gomes on 24 de Janeiro de 2012 at 2:26
      • Responder

      NÃO FOSSE A CONSIDERAÇÃO QUE NOS MERECE O BLOG ARLINDO, NÃO COMENTAVA TAL “tic” DE TÃO BAIXO NÍVEL. APROVEITO PARA APRESENTAR A MINHA CARA E DIZER QUE ORGULHO-ME DE QUEM SOU E SOU UM CIDADÃO LIVRE
      Carlos A S Gomes É
      • Professor do QND na Escola Básica 2.3 Francisco de Arruda, com 32 anos de serviço docente;
      • Curso de Estudos Superiores Especializados em Gestão Pedagógica e Administrativa, Instituto Politécnico de Setúbal, com a classificação de 17 valores, licenciatura;
      • Lecciona a disciplina de Educação Visual e Tecnológica, é Coordenador de Departamento;
      • Formador certificado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, nas áreas e domínios: Administração Educacional, Concepção e Organização de Projectos Educativos e Didácticas Específicas ( Ed. Visual e Tecnológica e Ed. Tecnológica);
      • Autor de manuais escolares do 5º, 6º anos da disciplina de Ed. Visual e Tecnológica e 7º, 8º e 9º anos da disciplina de Ed. Tecnológica
      • Professor Cooperante da ESE de Lisboa, Variante de EVT, Intervenção Educativa 4º ano;
      • Colaborador do Gabinete de Avaliação Educacional para a elaboração de provas de exame nas disciplinas de Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica.
      Carlos AS Gomes FOI
      • Coordenador do Núcleo do Projecto Minerva;
      • Membro da Equipa de Programas das Artes Visuais e Iniciação Tecnológica, Núcleo de Organização Curricular da Direcção Geral do Ensino Básico e Secundário;
      • Presidente da Associação de Professores de Educação Visual e Tecnológica;
      • Responsável pelo “Projecto Multicultural” no âmbito do PEE e do PES;
      • Coordenador da escola da “Rede Expo98” – “Programa Oceanofília e Programa Oceanexpo”;
      • Membro da Equipa de Programas de Educação Visual e Tecnológica do “ Projecto Manuais Escolares III – República Popular de S. Tomé e Príncipe”, Gabinete para a Cooperação com os Países de Língua Portuguesa / Instituto Camões;
      • Acompanhante da Reforma Curricular, na disciplina de Educação Visual e Tecnológica, Departamento Técnico-Pedagógico da Direcção Regional de Educação de Lisboa;
      • Docente responsável pelo módulo de Didáctica Específica e Tecnologia Educativa, 12º grupo F, UNIFOP – Núcleo de Profissionalização em Serviço;
      • Membro do grupo de Trabalho, constituído no âmbito do Conselho de Acompanhamento da Reforma Curricular, para a análise e reflexão do papel e lugar da EVT e ET no currículo do Ensino Básico;
      • Membro da Equipa de Programas das Artes Visuais e Iniciação Tecnológica, Núcleo de Organização Curricular da Direcção Geral do Ensino Básico e Secundário, 1990 a 1992
      • Autor do Projecto “Centro de Ciências e Tecnologia” . Projecto seleccionado pelo Instituto de Inovação Educacional, no âmbito do 2º Concurso Educar / Inovando, Inovar / Educando, 1990;
      • Responsável pela compilação de textos de apoio para professores do 12º grupo, núcleo de profissionalização em serviço UNIFOP, 1991;
      • Autor de Textos de Apoio para a Experiência dos Novos Programas no âmbito da disciplina de Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica, Lisboa, DGEBS, 1991-1992;
      • Co-responsável pela compilação do “Guia da Reforma”, sob a orientação da DREL, Lisboa, Texto Editora, 1992;
      • Co-autor “Estudo da Aplicação Experimental na Península de Setúbal do Novo Modelo de Gestão e Administração Escolar” (Dec. Lei nº72 de 1991, realizado no âmbito do DESE , IPS, 1993;
      • Co-autor de manuais escolares para a disciplina de Educação Visual e Tecnológica, 2º ciclo, “Construir Ideias 1” e “Construir Ideias 2”, Lisboa, Texto Editora 1993-1998;
      • Co-autor de manuais escolares para a disciplina de Educação Visual e Tecnológica 5ª,6ª classes e 7ª,8ª classes do Ensino Básico e Secundário da República Popular de S.Tomé e Príncipe, 1993;
      • Co-autor do “Manual do Professor de EVT”, República Popular de S. Tomé e Príncipe1993;
      • Co-autor do livro “Áreas Visuais e Tecnológicas” da colecção Educação Hoje, Lisboa, Texto Editora, 1993;
      • “Projecto Manuais Escolares III – S. Tomé e Príncipe” – membro da Equipa de Programas de Educação Visual e Tecnológica, Gabinete para a Cooperação com os Países de Língua Portuguesa / Instituto Camões, 1993 a 1995;
      • Colaborador do Boletim “InFormar” da Associação de Professores de Educação Visual e Tecnológica, 1994 a 1996;
      • Co-autor de provas de exame para a disciplina de Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica, Departamento do Ensino Básico, 1994 –1999;
      • “Projecto Multicultural” – Acção de Formação Contínua de Professores, Modalidade Projecto de Intervenção, 150 horas, Departamento do Ensino Secundário, 1995.
      • Coordenador da revista para professores de Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica, “Agulha de Marear”, Departamento de Ciências e Tecnologia da Alecop – Formação Técnica e Profissional 1998 – 2007;
      • Autor de provas de exame para a disciplina de Educação Visual e Tecnológica e Educação Tecnológica, Gabinete de Avaliação Educacional, 2000 – 2005;

      • Co-autor do livro “Educação Tecnológica” 7º/8º e 9º ano”, Porto Editora, 2002/2007;
      • Co-autor do livro “Educação Visual e Tecnológica” 5º e 6º anos”, Porto Editora, 2004/2007;
      • Autor e coordenador de Projectos: Projecto de Valorização e Humanização do Património da Escola; Projecto da Sala de Intervenção Educativa; Projecto de Intervenção “Jardim do Futuro”; Projecto Interdisciplinar “Nós no Meio”, no triénio do Projecto Educativo de Escola 2002 /2005; Projecto Interdisciplinar “O Despertar dos Sentidos – ExpoSentidos”, Projecto de Intervenção de Comemoração do Cinquentenário da Escola, triénio do Projecto Educativo de Escola 2005 /2008

      … E VOCÊ, que por certo não é professor e se for é com certeza um engano, quem foi no sistema educativo português?

    • Telma on 22 de Janeiro de 2012 at 12:14
    • Responder

    Colega, moderação 🙂
    Não vamos descer ao mesmo nível… Tal como refere o nosso Presidente “as ações mais discretas são as mais eficazes”.

  1. […] 3 horas e 23 minutos que durou a audição pública em 18 de Janeiro na Assembleia da República foi elaborado pela APEVT um resumo com todas as intervenções em que foi abordada a diciplina de EVT. […]

  2. […] Audição Pública sobre a Revisão Curricular Share this:Gostar disto:GostoBe the first to like this .   […]

  3. I liked your blog very much.

    I want to thank you for the contribution.

  4. Google Chrome Download

    Google Chrome Free Download

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: