Ponto de situação dos DCE e DACL

De acordo com novas informações do MEC a questão relativa aos “DCE” e “DACL” ficariam hoje resolvidos.

Digam-me se ficaram resolvidas ou não.

Porque isto cansa.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/ponto-de-situacao-dos-dce-e-dacl/

59 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • ilum on 21 de Outubro de 2011 at 18:54
    • Responder

    Boa tarde.

    Lamento dizer, mas, tendo concorrido a DCE e não tendo obtido colocação, ainda não vi a minha situação resolvida. Começo a estar farto… Só espero que não me destaquem daqui a um mês, pois, nessa altura, recusarei, se me for permitido.

      • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 17:31
      • Responder

      Se recusa é porque na verdade não deve precisar…

        • ilum on 23 de Outubro de 2011 at 21:19
        • Responder

        Não me conhece de nenhum lado para fazer esses juízos (precipitados e infelizes) de valor.

    • ilum on 21 de Outubro de 2011 at 19:28
    • Responder

    Boa tarde.

    Acabei de receber um email da DGRHE a colocar-me numa escola das minhas preferências.

    Boa sorte para todos.

    1. Parabéns.

      • David on 21 de Outubro de 2011 at 20:39
      • Responder

      Parabéns! Tudo de bom!

    • Paula B. on 21 de Outubro de 2011 at 20:06
    • Responder

    Também já recebi! Espero que todos os DCE estejam a sentir o alívio que sinto agora. Obrigada a todos os que se se importaram e bom ano(ou melhor, pelo menos)!!

    • Cris. on 21 de Outubro de 2011 at 20:26
    • Responder

    Fiquei destacada, recebi mail da DGRHE!!!

    • MN on 21 de Outubro de 2011 at 21:06
    • Responder

    Boa noite….

    Pelo menos a professora do meu filho ficou.

    Magda

    • manuela on 21 de Outubro de 2011 at 21:13
    • Responder

    sou dacl estou a 50 km de casa e gostaria de ficar mais perto.
    nao sei qual será o processo para que a aproximação passa ocorrer.
    alguém me sabe informar?
    obrigada e boa sorte para todos

    • Anónimo on 21 de Outubro de 2011 at 21:19
    • Responder

    DACL e ainda não sei de nada. No nosso caso falavam em apresentar um requerimento para podermos ter aproximação à escola da nossa residência, mas nem sobre isso nos sabem informar.

  1. Penso que essa situação era apenas para os DACL ainda não colocados e para isso bastava apresentar o requerimento à DGRHE.

    • manuela on 21 de Outubro de 2011 at 21:39
    • Responder

    Sou dacl grupo 100 nao colocada.
    E qual é o modelo e a via pela qual se envia o requerimento à dgrhe?
    Não encontro qualquer informação.
    obrigada

    • ilum on 21 de Outubro de 2011 at 21:44
    • Responder

    Obrigado, a todos.

    Não posso deixar de manifestar a minha solidariedade com os/as colegas que necessitam urgentemente de um destacamento e, mesmo com todos os motivos válidos, não conseguem. Não percam a esperança! Desejo-vos os maiores sucessos pessoais e profissionais.

    • Elsa Dourado on 21 de Outubro de 2011 at 22:33
    • Responder

    Arlindo!
    CUIDADO!
    O email da DGRHE está a chegar hoje aos docentes, autorizando o destacamento, mas questiona para que os mesmos respondam com carácter de urgência se o aceita referindo o “conceito” de MOBILIDADE.
    Isto quer dizer o quê? Que perdem o lugar de QE que tinham e ficam no grupo de mobilidade?
    Seria bom que ninguém se precipitasse. Ao aceitar o destacamento têm que saber se estão a aceitar amobilidade?

    1. Ninguém pode perder o lugar de QE ou QA. Mobilidade é o termo utilizado para isso mesmo – MOBILIDADE, mudança de escola.
      É óbvio que as pessoas têm de aceitar essa mobilidade e comunicar à DGRHE. Lembra-te que podem já ter a vida organizada na escola de colocação e não pretenderem a mudança.
      Só aos QZP foi pedido que fizessem um requerimento para colocação numa escola próximo da sua residência. Aos DCE não foi pedido nada e por isso devem aceitar por escrito essa mobilidade.

        • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 15:17
        • Responder

        Desculpe… mas pode-se perder sim o lugar de QE ou de QA, isso está previsto na lei.

      • Paula B. on 22 de Outubro de 2011 at 0:09
      • Responder

      Elsa, tem a certeza que pedem para “responder caso aceite”? O meu mail diz exactamente o contrário : “responder, com urgência, caso NÃO aceite”

      1. Conseguem enviar-me o mail da dgrhe para clarificar o que diz?

          • Joana on 22 de Outubro de 2011 at 0:17

          Exmo.(a) Sr.(a) Dr.(a), nome

          Informamos que, de acordo com o Despacho do Senhor Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, de 11.10.2011, será colocado por mobilidade ao abrigo do artigo 68º do Estatuto da Carreira Docente, na escola da sua primeira preferência, manifestada aquando do concurso para Destacamento por Condições Específicas (DCE) – Nome do Agrupamento.

          Caso não pretenda aceitar esta colocação por mobilidade, preferindo manter-se na escola onde se encontra actualmente, deverá enviar correio electrónico urgentemente para:

          dsgrhe_email@dgrhe.min-edu.pt

          Com os melhores cumprimentos,
          O Director Geral dos Recursos Humanos da Educação
          Mário Pereira

        1. Esclarecido.

          Quem não responder fica com a mobilidade para a escola da sua primeira preferência já na próxima segunda-feira.

          • Paula B. on 22 de Outubro de 2011 at 11:17

          Ontem já não vi esta pergunta, mas vejo que já responderam. Também começava a ficar confusa.Abraço.

    • Florinda on 21 de Outubro de 2011 at 22:34
    • Responder

    boa noite colegas,tenho visitado regularmente o blogue e assistido às denúncias relativamente às falcatruas das ofertas de escola feitas à medida.pois bem,pelo que constato,nos DCE/DACL o mesmo está a acontecer,existem casos com tratamento especial: conheço uma situação de um DACL que pediu DCE em que lhe foi dada a possibilidade de aguardar no agrupamento da sua área de residência,quando todos andaram desde o dia 1 de setembro a percorrer Km,uma vez que não lhes foi concedido o destacamento, e foi esta semana colocado por DCE no agrupamento onde estava a aguardar!Este é apenas um caso que conheço ,mas quantos mais haverá.Onde estão os dados com as colocações?Vivam as cunhas e os bons padrinhos!

    • Kelly on 22 de Outubro de 2011 at 1:42
    • Responder

    Após quase dois meses de tortura psicológica fui hoje colocada em DCE. Espero que todos os colegas nesta situação tenham o seu problema resolvido.
    Obrigada Arlindo por nos ter apoiado fazendo desta página uma importantíssima via de comunicação e divulgação.

    • Vanda Figueira on 22 de Outubro de 2011 at 14:13
    • Responder

    Boa tarde!

    Gostaria que me esclarecesse a minha situação: recebi um mail da dgrhe, ontem por volta das 15h, onde me foi comunicado que fiquei destacada, em DCE, na minha preferência, aquando do concurso. Informei o meu agrupamento, este disse-me que não sabia de nada. Ficou de me ligar hoje, mas ainda não sei de nada. Segunda-feira posso apresentar-me no agrupamento colocada por mobilidade ao abrigo do artigo 68º do ECD? Ou tenho que ir trabalhar para a turma que me foi distribuída no início deste ano letivo? Eu aceito a minha mobilidade, logo penso que é legal apresentar-me na nova escola – a de destacamento.
    Mt obrigada
    Vanda Figueira
    Cu

      • Vanda Figueira on 22 de Outubro de 2011 at 14:16
      • Responder

      Peço desculpa pela palavra final do meu outro mail, pois foi a minha filha que carregou sem querer e sem saber, naquelas letras.

      Mt obrigada
      Vanda Figueira

    1. Imprimes o mail e entregas segunda feira na escola da tua 1ª preferência.

        • Afonso on 22 de Outubro de 2011 at 23:10
        • Responder

        Boa noite Arlindo,
        Antes de tudo, muitos parabéns pelo site e pela qualidade e seriedade do trabalho desenvolvido e informações prestadas.
        Gostaria de saber quais as consequências que advirão do facto de ultrapassar os 30 dias previstos para faltas por doença, nomeadamente ao nível da perda de tempo de serviço e implicações na graduação profissional ao nível dos concursos. Fui informada de que ultrapassando esses 30 dias, perderei tempo de serviço e de que nos próximos concursos, a minha graduação será inferior à que teria caso não esgotasse esses dias, logo serei ultrapassada por candidatos que atualmente estão atrás de mim.
        Pedi uma mobilidade especial pelo facto de o meu filho ter sido diagnosticado com uma doença grave em junho do corrente ano (logo,ñ pude concorrer a DCE) e eu ser portadora de fibromialgia. Em setembro, requeri mobilidade especial, mas até ao momento, na DGRHE continuam a dizer-me q o processo está em análise e que terei q aguardar. Desde o dia 12 de setembro que me encontro de atestado médico e, brevemente, irei esgotar os 30 dias por assistência a menores, bem como por doença do próprio, daí a minha pergunta. Muito obrigada!

    • Luís Cruz on 22 de Outubro de 2011 at 17:31
    • Responder

    Ontem recebi um mail da DGRHE a informar-me que tinha obito DCE na escola/agrupamento da minha 1º preferência aquando do concurso de DCE!
    Acabou-se a angustia, o desespero e fez-se justiça social e humana. Verdade seja dita já vem com dois anos e dois meses de atraso. Neste momento é bom não esquecer que esta palhaçada vem de 2009 quando alteraram o DL 51/2009, passando os profs com DCE para 2ª prioridade, quando até 2006 os DCE eram 1ª prioridade.
    O que é se vai passar para o próximo ano lectivo connosco (DCE)?
    Arlindovsky tem alguma ideia sobre a minha pergunta?

    Boa sorte a todos os colegas!

    1. O diploma de concursos vai ser negociado em breve.

      Estejam atentos nessa altura para ajudar a construí-lo com propostas sobre os DCE.

    • Emmanuelle on 22 de Outubro de 2011 at 17:38
    • Responder

    Também fui destacada ontem, por mail da DGRHE. Até que enfim… após 2 meses de exposições, telefonemas, mails e faxes, 2 deslocações ao MEC e DGRHE… alívio! Obrigada Arlindo pelo apoio, muito desta “vitória” a si a devemos… Mais uma vez obrigada! E n
    os as cinco, vamos estar sempre unidas… Boa sorte a todos.

    • ICPAS on 22 de Outubro de 2011 at 18:31
    • Responder

    Também recebi!

    Obrigada a todos os que me ajudaram!
    Espero também ter ajudado muitos!

    Obrigada Arlindo!

    A nós as cinco!

      • Isabel on 22 de Outubro de 2011 at 20:12
      • Responder

      Boa noite! tambem fui destacada…agradeço de coração a todos que colaboraram na resolução deste problema e quem dera que para o ano não se repita esta angustia, sofrimento…Desejo também muita saúde

    • ilum on 22 de Outubro de 2011 at 20:21
    • Responder

    Gostaria que me esclarecesse, se possível, esta dúvida: na proposta do novo ECD, pode ler-se no artigo 68º (ao abrido do qual o MEC destacou para DCE):

    “4 – Findo o prazo previsto nos n.os 1 e 2, o docente:
    a) Regressa à escola de origem, não podendo voltar a ser requisitado ou destacado durante oprazo de quatro anos escolares;

    b) É reconvertido ou reclassificado em diferente carreira e categoria, de acordo com asfunções que vinha desempenhando, os requisitoshabilitacionais detidos, as necessidades dosserviços e o nível remuneratório que detenha,aplicando-se com as devidas adaptações o disposto na lei geral; ou
    c) Requer a passagem à situação de licençasem vencimento de longa duração.” Isto aplica-se aos DCE? Obrigado.

    1. Penso que não se aplica nada disso visto este destacamento ser a título excepcional.
      Mas é uma boa questão.

    • Margarida Az on 22 de Outubro de 2011 at 20:38
    • Responder

    Colegas e Arlindo,

    tb recebi e-mail, ontem (só li hoje, passou-me despercebido!!!!!!!!!!!!!)! Estou colocada, na primeira opção.
    Espero que o mesmo esteja a acontecer com os mais de 400 de nós que esperávamos!
    As melhoras para todos nós e nossos familiares, a ser esse o caso.
    Este ano está resolvido, tardiamente, mas com alguma justiça. Estou desde 2008 nesta situação e só este ano consegui destacamento. No meio do panorama absolutamente negro, há aqui um bocadinho de esperança, por uns meses, bem sei … mas é melhor do que nada.
    Abraço meu e do meu pseudónimo, Moriae (que hoje nada vai escrever sobre o assunto. O importante, neste momento, foi partilhar com quem sente parecido e com quem se importa).
    Um enorme bem-haja, Arlindo!

    • Ana Ferreira on 22 de Outubro de 2011 at 22:36
    • Responder

    Boa Noite

    Felizmente também fui deslocada. Obrigada Arlindo que nos ajudou bastante.

    Tenho uma dúvida: temos que ficar na escola até sermos substituídos?

    Obrigada

    1. Aconselho-te a resolveres essa situação na segunda-feira com a tua escola.

    • Maria on 23 de Outubro de 2011 at 10:20
    • Responder

    Bom dia!
    Também fui colocada. Uma vez que os horários estão todos preenchidos nesta fase do ano letivo, pressupõe-se que não iremos ter turma(s) atribuída(s) na escola para onde fomos destacados. Nestas condições, teremos de cumprir as 35 horas semanais na escola?
    Obrigada

    • Prof. on 23 de Outubro de 2011 at 13:01
    • Responder

    Já pensaram que é uma mobilidade e que é por um ano… Para o próximo ano como é? Um DACL agora em mobilidade DCE perde o lugar na sua escola quano tinha o lugar até 4 anos, ou seja, até novo concurso? E que trabalho se vai fazer? As turmas estão ocupadas. É preciso ler bem ECD, estas colocações parecem-me mt duvidosas…

    • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 13:04
    • Responder

    Vejamos um DACL agora aceita a colocação de mobilidade DCE. Para o próximo ano, mantem o lugar na escola onde estava como DACL há três anos ou volta a concorrer até ser colocado no seu QZP? E agora na mobilidade vai andar a tapar buracos ou a fazer outros serviços que podem vir a ter consequencias no futuro?
    Artigo 69.º
    Duração da requisição e do destacamento
    1 -Os docentes podem ser requisitados ou destacados por um ano escolar, eventualmente prorrogáveis até ao limite de quatro anos escolares, incluindo o primeiro.
    2 -A requisição ou o destacamento podem ser dados por findos, a qualquer momento, por conveniência de serviço ou a requerimento fundamentado do docente.
    3 -Findo o prazo previsto no n.º 1, o docente:
    a) Regressa à escola de origem, não podendo voltar a ser requisitado ou destacado durante o prazo de quatro anos escolares;
    b) É reconvertido ou reclassificado em diferente carreira e categoria, de acordo com as funções que vinha desempenhando, os requisitos habilitacionais detidos, as necessidades dos serviços e o nível remuneratório que detenha, aplicando-se com as devidas adaptações o disposto na lei geral; ou
    c) Requer a passagem à situação de licença sem vencimento de longa duração.
    4 -Nas situações da alínea b) do número anterior, o docente é integrado no serviço onde se encontra requisitado ou destacado em lugar vago do respectivo quadro ou mediante a criação de lugar, a extinguir quando vagar.
    5 -O docente que regresse ao serviço após ter passado pela situação de licença prevista na alínea c) do n.º 3, fica impedido de ser requisitado ou destacado antes de decorrido um período mínimo de quatro anos escolares após o regresso.

    • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 13:06
    • Responder

    A alínea b mererce alguma atenção…
    Há mts duvidas…

    • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 13:08
    • Responder

    Já para não falar que estamos a ser todos colocados na 1.º opção? Acham que há lugar para todos nas suas primeiras opçoes. Não acredito. Talvez sejamos colocados numa bolsa de mobilidade para tapar buracos…

    • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 15:07
    • Responder

    E já pensaram ao que dá origem ficar sem componente letiva…

    • ilum on 23 de Outubro de 2011 at 15:16
    • Responder

    Boa tarde.

    Tenho lido os comentários e também partilho das dúvidas aqui expostas. Tanto que, recorrendo ao endereço do email da DGRHE que vinha na comunicação de DCE (para onde se deveria escrever caso não se quisesse o destacamento), pedi esclarecimento sobre se se aplicaria ao DCE o estipulado no artigo 69º do ECD. Na situação de destacamento ao abrigo do artigo 68º do ECD estão também alguns professores bibliotecários (ver página DGRHE em “Mobilidade”). Penso que ninguém nos poderá dizer o que vai suceder a quem aceitar o destacamento, nem mesmo a DGRHE.

      • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 15:21
      • Responder

      Concordo plenamente. Claro que todos ao serem colocados na primeira prioridade nesta altura não é para ficarem com componente letiva. E isso traz consequencias quais, não está explicito. Isto é só para tapar os olhos, questões políticas. Não troquem o certo pelo duvidoso.

      • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 15:25
      • Responder

      Pois eles não dizem porque também não sabem e por questões políticas estão a colocar toda a gente na 1.ª opção para tapar os olhos…

    • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 15:23
    • Responder

    Além disso não é um Destacamento por DCE mas sim uma mobilidade o que é totalmente diferente, o que pode implicar fazer outros serviços mais penosos para quem tem problemas e ser ainda mais prejudicado. E para o próximo ano como é? Voltam a concorrer está claro porque não haverá lugar para todos nas escolas…

    • ilum on 23 de Outubro de 2011 at 15:35
    • Responder

    Boa tarde.

    Na minha opinião, seria imperioso que a DGRHE nos dissesse as implicações (se é que há) deste destacamento. Mas não nos esqueçamos de que a mesma DGRHE não foi capaz de esclarecer cabalmente quem lhe telefonou, há duas semanas, a questionar sobre a data deste destacamento excepcional. Mas volto a reiterar esta ideia: temos o direito de conhecer todas as consequências deste destacamento. Reconheço, também, que este DCE é uma oportunidade por que muitos de nós esperavam.

    Boa sorte para todos.

    • Cris. on 23 de Outubro de 2011 at 16:05
    • Responder

    Para os colegas que tem dúvidas: já não é a primeira vez que o Mec destaca os docentes nesta mobilidade excepcional, o anterior governo já o fazia, eu já fui destacada em 2009 com o mesmo motivo. Nesse ano estive como professora de apoio e não fiquei PREJUDICADA. Este ano o MEC foi mais justo porque foi para todos. Se não querem a vaga de mobilidade, fiquem na escola onde estão. Santa paciência, nunca estão contentes!!!

      • Anónimo on 23 de Outubro de 2011 at 17:29
      • Responder

      Entao é porque deve ter tido uma boa cunha para ter mobilidade em 2009 porque eu tb concorri a DCE e nunca fui chamada nesse ano. Como professor de apoio? Excelente, estar o dia todo sentadinho sem fazer nada. Ao menos que seja para quem realmente precisa e não para aqueles que querem ganhar dinheiro sem fazer nenhum com mts devem fazer. É o país que temos…
      Tudo de bom para todos os que são realmente sinceros.

        • ilum on 23 de Outubro de 2011 at 21:17
        • Responder

        Colega,

        Deveria ter mais cuidado com as afirmações que faz: uma boa cunha”? Que sabe a colega das pessoas que escrevem aqui? Parece-me que ficou ressabiada por não ter sido destacada… Infelizmente, são os colegas que temos

    • Cris. on 23 de Outubro de 2011 at 19:18
    • Responder

    Para anónimo: Qual cunha??? Fiquei destacada porque não concorri ao concurso de DCE e estive dois meses a espera do meu destacamento. Houve professores que apesar de ter concorrido ao concurso também foram logo destacados porque fizeram exposições mas também garanto que não têm cunha porque conheço pessoalmente essas docentes. Se não foi destacada foi por sua culpa porque não lutou por um direito que é nosso!!! Se agora ficou destacada pensa que lhe vão dar uma turma??? Vai desempenhar funções de apoio!! Já agora precisava mesmo dessa mobilidade mas se quiser até lhe posso dar a minha doença degenerativa e sem cura: espondilite anquilosante e assim já vê como é! Depois diga se ainda tem a lata de dizer que não precisava desta mobilidade! É o país que temos com pessoas tão mesquinhas!!

    • Emmanuelle on 23 de Outubro de 2011 at 19:51
    • Responder

    Boa cris!!!!
    Tanta dúvida… não podem ter tudo! querem ser destacados e ter turma e blablabla… No apoio sim , claro, e substituições, pois, não será o melhor, mas é melhor isso que estar a 200km de casa com todos os problemas de saúde … eu até dou chinês !!!!!! Caramba, nunca estão satisfeitos…
    Se calhar o MEC devia ter dado o destacamento só a quem sem deslocou ao MEc e DGRHE, e feito exposições?? É?? Muitos tiveram este destacamento…caído do céu sem fazerem nada!!! Agradeçam ou então fiquem onde estão e não concorram a DCE…pois parece que não precisam…

    • Afonso on 23 de Outubro de 2011 at 21:56
    • Responder

    Emanuelle, Cris e Illum. Liguei agora a Internet e vi os comentários despropositados que o “anónimo” fez. Não liguem. Estou solidária convosco, pois sei bem o que é não ter saúde, ter um filho extremamente dependente de mim que é portador de uma doença que exige um acompanhamento constante e ser obrigada a deixá-lo para ir trabalhar a 200km de casa. Ao contrário de vocês, ainda não consegui mobilidade especial, mas estou feliz por alguns já terem conseguido, por isso não posso partilhar dos comentários feitos por esse colega. Quanto ao q irá acontecer nos próximos anos, logo se verá. Perante uma doença grave aprendemos que a vida deve ser vivida dia a dia com esperança num futuro melhor. Muita sorte, mais saúde e força é o q vos desejo do fundo do coração e não se deixem “abater” por comentários despropositados.

      • Cris. on 23 de Outubro de 2011 at 22:09
      • Responder

      Tem que fazer uma exposição ao ministro, salientado que não concorreu ao concurso de DCE porque a doença do seu filho foi diagnosticada mais tarde, foi o que aconteceu comigo mas demorou algum tempo dois meses, se tiver que ser vai lá pessoalmente entregar a sua exposição. Boa sorte e coragem.

      • ilum on 23 de Outubro de 2011 at 22:56
      • Responder

      Obrigado pelo apoio.
      Faço votos para que consiga o merecido destacamento! É pena que existam pessoas que pensem que concorremos por mero capricho. Gostaria de trocar de saúde com esses “críticos”!
      Tudo de bom. Rezo pelo saúde do seu filho e para que consiga o destacamento.

    • IC on 24 de Outubro de 2011 at 15:48
    • Responder

    Boas sorte a todas as colegas DCE e que tudo corra pelo melhor.

    • Marco Pacheco on 18 de Julho de 2012 at 2:37
    • Responder

    Boa noite,
    Á semelhança dos colegas, fui colocado em mobilidade a titulo excepcional, noutra escola diferente da que estou provido, por despacho do sr. secretário de estado.

    Tendo concorrido a DCE neste ano, tenho também de concorrer a DACL.

    Qual a escola de colocação que devo colocar?

    Desde já obrigado.

  1. […] o Afonso diz neste post: “Quanto ao q irá acontecer nos próximos anos, logo se verá. Perante uma doença grave […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: