20 de Outubro de 2011 archive

Pelo sim, pelo não


Um balde?
Um balde AMARELO?
Para quê um BALDE AMARELO?
Daqui a pouco já explicamos para que serve um ou… MUITOS BALDES AMARELOS!…

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/pelo-sim-pelo-nao/

Reunião grupo 550

Não vou dizer que é tarde, mas isto devia já ter sido feito em grande escala quando apareceu pela primeira vez neste blog a proposta de revisão curricular que previa o desaparecimento da área projecto.
Organizem-se e transformem a disciplina de Informática num programa essencial para o currículo desde o 1º ciclo do ensino básico. Nunca uma competência em tecnologias de informação e comunicação pode substituir uma formação de base nessa área.
Mas em época de vacas magras vão precisar de muito trabalho.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/reuniao-grupo-550/

FINITO

Apesar de ser sempre lamentável uma morte deste género.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/finito/

MFL propõe fim temporário da gratuitidade na saúde e educação

A antiga ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite pede ao Governo que sejam feitas reformas estruturais no sector público que acompanhem as medidas de austeridade, propondo que a saúde e a educação sejam temporariamente “pagas por todos aqueles que podem pagar”.

 

Não discordo totalmente desta proposta de MFL. Já em tempos abordei a possibilidade das ofertas não essenciais poderem ser pagas pelos EE com mais recursos financeiros.

Nunca percebi porque as actividades de enriquecimento curricular são comparticipadas pelo Estado à cabeça, independentemente dos recursos financeiros que as famílias possuem. O mesmo aconteçe com as ofertas não essenciais do curriculo que as escolas desenvolvem, como o desporto escolar e os diversos clubes que absorvem recursos humanos e financeiros. As escolas públicas pelos recursos humanos e físicos que dispõe poderiam ser um local de grandes oportunidades para o desenvolvimento de actividades extra-curriculares que pudessem ser rentabilizadas financeiramente já que a escola é geralmente o lugar mais próximo da residência dos alunos.

Já em tempos procurei uma escola de música para o meu filho fazer a aprendizagem de um instrumento, pela distância da escola mais próxima e pelo horário a que essas actividades são realizadas acabei por desistir dessas aulas já depois de ter todo o material comprado.

Já agora, se por Oeiras existem umas modalidades finas que exigem qualificações de professores um pouquito estranhas, não seria possível rentabilizar financeiramente essas ofertas em detrimento de um corte curricular? Não é por nada mas preferia dar os meus dois subsídios para comparticipar este tipo de iniciativas do que ficar sem eles.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/mfl-propoe-fim-temporario-da-gratuitidade-na-saude-e-educacao/

Dizem que domingo pode ser o dia de salvação do euro

mas…

Mundo acaba sábado, garante pastor americano

 

Cerca de cinco meses depois de ter falhado redondamente previsão semelhante, Harold Camping, um pastor evangélico, vem agora garantir que o “fim do mundo”, afinal, ocorre sábado. E até aponta uma hora exacta.

As previsões do pastor norte-americano, de 90 anos – comemorados em Julho – garantem que o mundo acaba a 21 de Outubro de 2011, às 20.00 horas locais (01.00 hora de sábado em Portugal continental).

Harold Camping difundiu, através do seu programa radiofónico, “Family Radio” (Rádio da Família, traduzido em português), que afinal enganou-se nos cálculos e interpretações que fez da Bíblia, levando-o a prever o “Apocalipse” em Maio, há cinco meses.

A recuperar de um acidente vascular, o pastor é detentor de um grupo de rádios evangélicas nos Estados Unidos da América e já em 1992 havia publicado uma obra na qual garantia que Jesus Cristo regressaria à Terra, em Setembro de 1994.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/dizem-que-domingo-pode-ser-o-dia-de-salvacao-do-euro/

Projecto de Decreto – ECD

Para integrar o acordado em 9 de Setembro.

Proposta de 19 de Outubro de 2011

versão consolidada do ECD em vigor

Principais alterações que verifico fora as que já eram do conhecimento à altura do acordo:

    • A formação obrigatória é reduzida para metade
    • É considerado o tempo de serviço dos contratos que não satisfaça a verificação do requisito do tempo mínimo de contrato para a avaliação de desempenho
    • É revogada a dimensão Desenvolvimento do ensino e da aprendizagem????
    • A avaliação conclui-se no final do ano escolar anterior ao fim do ciclo avaliativo
    • Os domínios de avaliação são substituídos por referências de avaliação
    • Regime de avaliação simplificado para os contratados em 2011/2012

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/projecto-de-decreto-ecd/

Cortes na Educação atingem 20 mil professores contratados

Para atingir 102 milhões de poupança inscritos no relatório do OE/2012, é necessário um corte drástico no corpo docente a contrato.

O Ministério da Educação pretende poupar, em 2012, 102 milhões de euros com professores contratados. Um objectivo que, para ser cumprido, implica que cerca de 20 mil profissionais não tenham lugar nas escolas no próximo ano lectivo.

A medida de poupança vem inscrita no relatório do Orçamento de Estado para 2012. No documento, o Governo explica que estes 102 milhões de euros – de uma redução de despesa global que deverá atingir os 600 milhões de euros nas pastas da Educação e da Ciência – serão conseguidos através da “supressão de ofertas não essenciais no ensino básico.” Concretizando, o ministério adianta que ali se incluem medidas como a supressão da área de projecto nos 2.º e 3.º ciclos; o ajustamento do estudo acompanhado no 2.º ciclo e a sua supressão no 3.º ciclo; e em “outras a anunciar oportunamente”. E terão de ser várias. A fusão das disciplinas de História e a Geografia, o fim do par pedagógico em Educação Visual e Tecnológica (passando de dois professores para apenas um), o fim do carácter obrigatório da segunda disciplina estrangeira ou até a redução de horas a Educação Física são algumas das hipóteses avançadas.

Certo é que esta é uma poupança que diz directamente respeito a uma diminuição de encargos com salários de professores contratados. Um universo que, apurou o Económico, se situa já na casa dos 27 mil, depois da 5.ª bolsa de recrutamento, que ocorreu no passado dia 13 de Outubro.

Esta notícia do Diário Económico vem no seguimento de outras notícias que referem os mesmo cortes curriculares para 2012/2013. Como já disse na altura estas são notícias que ainda não passam de especulação e que tiveram início em postas de pescada lançadas para a comunicação social.

O mais curioso é que o relatório do OE2012 é específico a anunciar medidas para 2012 que já se concretizaram em 2011, também deve acontecer o mesmo quando é anunciado para 2012 o aumento do número de alunos por turma.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/cortes-na-educacao-atingem-20-mil-professores-contratados/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: