Assunto(s) Resolvido(s)

Porque parece que os candidatos se enganam facilmente nos dados que submetem.

Depois dá nisto.

Mais o tempo que se perde em pedir para ser anulada a colocação.

Hummm……

Felizmente nestes casos as escolas estão a ter comportamentos muito corretos. E isso é bom.

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/01/assuntos-resolvidos/

26 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Gorete on 18 de Janeiro de 2012 at 16:24
    • Responder

    Hoje aconteceu-mne uma dessas injustiças que têm acontecido a muitos de nós. Concorri para uma vaga que tinha a certeza seria para mim (e era nse fossem corretos…), mas colocaram uma pessoa 100 lugares depois de mim.
    Liguei para a escola, fui excluida por, na graduação, não ter colocado a vírgula.


    1. Estranho. Se o campo fosse numérico ninguém conseguia colocar a vírgula.
      Colocaste tudo junto ou um ponto a separar as casas decimais?

    • Fabíola Mesquita on 18 de Janeiro de 2012 at 17:07
    • Responder

    Concorri a uma oferta de EVT e a pessoa colocada não a encontro nas listas, poderia-me ajudar o nº é 7374222793.

    Obrigado


    1. Se colocares esse número no google e depois DGRHE e não aparecer nenhum candidato é porque pode ser do ensino particular e nunca ter concorrido.

    • Gorete on 18 de Janeiro de 2012 at 17:12
    • Responder

    Coloquei tudo junto, 23066. Por esses campos não permitirem a vírgula é que eu devo ter colocado assim mas sinceramente não me lembro se era numérico ou de texto. Mas pediam arredondado às milésimas…
    Mas o melhor é que na mesma escola e com os mesmos critérios havia uma outra oferta, que só agora vi o canditato selecionado. Nesta colocaram alguém com graduação de 16,507 (quanto muito 17,507, se trabalhou no ano passado), em vez de mim com 23,066.
    Enfim como coloquei 23066 devem ter pensado que eram os km do meu carro….enfim e perdem-se meses de trabalho por causa disto.
    Esperemos melhores.


    1. E não vais fazer nada?

        • Gorete on 18 de Janeiro de 2012 at 17:38
        • Responder

        Já liguei para a escola, disseram-me que da forma que escrevi se lia “vinte e três mil e sessenta e seis” e que essa graduação não é possivel. Achas que posso fazer alguma coisa, também já fiz chegar um mail à escola a reclamar.

          • Filipe Pires on 18 de Janeiro de 2012 at 17:50

          Quando pede graduação profissional e a resposta tem de ser numérica, coloca-se (.) a separar…. ex: 23.006 🙂

          • Gorete on 18 de Janeiro de 2012 at 22:48

          Obrigada, não sabia.

    • Fabíola Mesquita on 18 de Janeiro de 2012 at 17:32
    • Responder

    Obrigado, amanhã vou telefonar para a escola. A aplicação pifou mais uma vez agora nem me aparece para concorrer nem as ofertas que já fiz. É por esta hora que costuma pifar.

    • Pedro on 18 de Janeiro de 2012 at 17:41
    • Responder

    Acho incrível e inaceitável que muitos colegas ainda confundam classificações com graduações, habilitação profissional e própria, não saibam contar o tempo de serviço e insiram mal os dados.
    Para estas confusões já chegavam muitas escolas.

    • Pedro on 18 de Janeiro de 2012 at 17:43
    • Responder

    Tive um caso de um colega que concorreu com habilitação própria, mas colocou a graduação da habilitação profissional noutro grupo, apenas porque a escola pedia lá graduação profissional !!!!
    Mas não sabem que na habilitação própria cada ano de serviço so conta meio valor????

    • Advogado do Diabo on 18 de Janeiro de 2012 at 18:01
    • Responder

    Arlindo
    Está a ver como tinha razão, quando te sugeri para averiguares muito bem as situações.
    Também há professores que se enganam. E desconfio que os enganos vão aumentar até ao final do ano.

    • Jorge Marques on 18 de Janeiro de 2012 at 18:13
    • Responder

    Gostaria de saber se afinal devemos colocar (.) quando nos pedem a graduação/classificação…mesmo que esteja referido que se tem de colocar vírgula. Eu sei que quando pedem elementos de texto não há problema, mas quando se trata de elementos numéricos é impossível. Obrigado pela ajuda e um abraço para todos.

      • Hugo on 18 de Janeiro de 2012 at 19:03
      • Responder

      Nem com espaço funciona!

        • Pedro on 18 de Janeiro de 2012 at 20:10
        • Responder

        Se só dá com o ponto, entao qual a dúvida??!?!?

          • Hugo on 18 de Janeiro de 2012 at 21:52

          A dúvida persiste pois quando pedem apenas numérico não aceitam pontos!!!!


  1. Arlindo tive uma situação de uma escola para um horário de 22H de EVT que colocou uma colega 500 lugares abaixo de mim. Liguei para lá e disseram que eu só tinha 3422 dias de serviço e a colega tinha 19 mil e tal e eu insisti dizendo que era impossivel. O diretor vez a conta e a colega com 19 mil e tal dias tinha de ter 50 e tal anos de serviço e nem deram por ela, ela tinha colacado a graduação qd lá pedia os dias de serviço. O facto é que até hoje ainda continua lá o nº de candidato da colega, o que devo fazer agora?


    1. Pedir a anulação de uma colocação demora o seu tempo. 😀

    • Micas on 20 de Janeiro de 2012 at 0:07
    • Responder

    Caros colegas, não posso deixar de partilhar uma situação…
    Concorri a uma oferta, que até tinha critérios justos, no entanto qual o meu espanto quando verifiquei que o candidato selecionado tinha uma graduação muitíssimo inferior à minha . Liguei para lá e cedo percebi que não havia intenção sequer em atender a minha chamada! Só pedi para deixar recado e o recado era (Tenho uma reclamação a fazer e já que ninguém está disponível para atender a minha chamada vou ter de formalizar a minha reclamação na IGE…).
    Passados dez minutos liga-me o director a tentar esclarecer a situação… escusado será dizer que percebi de imediato que me estavam a tentar passar a perna… a reclamação foi para a IGE, até mesmo porque já a tinha posto no correio e antes mesmo de ter resposta já tenho conhecimento que o colega não está lá… Vale a pena reclamar?! Ora vale pois!! Beijinhos e abraços para todos. Obrigado Arlindo por este espaço onde tanto aprendemos e partilhamos!

      • Lena S. on 20 de Janeiro de 2012 at 12:19
      • Responder

      Micas, aconteceu-me a mesma situação… Como é que fez essa reclamação? Foi a um sindicato ou fez sozinho(a)?

        • Micas on 20 de Janeiro de 2012 at 19:14
        • Responder

        Olá Lena, fiz a reclamação sozinha…

    • anabela on 20 de Janeiro de 2012 at 17:56
    • Responder

    Olá Arlindo
    Gostaria de denunciar os seguintes casos que se passaram comigo.
    Sou docente do grupo 240 e concorri a uma Oferta de Escola
    em A-Ver-o-Mar, quando fui verificar o número do candidato seleccionado verifiquei que na lista de ordenação este encontra-se 449 lugares (atrás de mim).
    No Agrupamento do Câstelo da Maia na Maia foi seleccionado um colega com 857 lugares abaixo do meu número de candidato, e o mais caricato é que neste Agrupamento um dos critérios era “quem já lá tivesse trabalhado” e então não é que eu já trabalhei????????
    Um outro caso caricato – o docente com o nº. 5261796911 está seleccionado em duas escolas (2) – No Agrupamento de Escolas Eugénio de Andrade no Porto com um Horário de 22H e no Agrupamento de escolas Júlio Brandão em V.N.F. com um horário de 13H, como isto é possível???????????

    Gostaria de saber como posso fazer a reclamação? na IGE será que alguém me poderia dar a direcção. Muito Obrigada Arlindo

      • Micas on 20 de Janeiro de 2012 at 19:22
      • Responder

      Tens aqui todas as moradas que estão na página, é só escolher…

      Inspeção-Geral da Educação – Serviços Centrais
      Av. 24 de Julho, n.º 136
      1350-346 LISBOA
      Telef.: 213 924 800
      Fax: 213 924 960
      E-mail: ige@ige.min-edu.pt

      Delegação Regional do Norte da Inspeção-Geral da Educação
      Rua António Carneiro, n.º 140
      4300-025 PORTO
      Telef.: 225 021 634
      Fax: 225 094 261
      E-mail: drn-ige@ige.min-edu.pt

      Delegação Regional do Centro da Inspeção-Geral da Educação
      Av. Bissaya Barreto, n.º 267
      3000-076 COIMBRA
      Telef.: 239 488 180
      Fax: 239 483 867
      E-mail: drc-ige@ige.min-edu.pt

      Delegação Regional de Lisboa e Vale do Tejo da Inspeção-Geral da Educação
      Av. 24 de Julho, n.º 136 – 2.º
      1350-346 LISBOA
      Telef.: 213 924 800
      Fax: 213 924 940
      E-mail: drl-ige@ige.min-edu.pt

      Delegação Regional do Alentejo da Inspeção-Geral da Educação
      Travessa dos Lagares, n.º 20
      7000-565 ÉVORA
      Telef.: 266 737 950
      Fax: 266 737 969
      E-mail: dra-ige@ige.min-edu.pt

      Delegação Regional do Algarve da Inspeção-Geral da Educação
      R. Miguel Bombarda, Edifício Varandas de Faro, Bloco D, R/Chão
      8000-374 FARO
      Telef.: 289 863 777
      Fax: 289 863 839
      E-mail: dralg-ige@ige.min-edu.pt

      • Micas on 20 de Janeiro de 2012 at 19:32
      • Responder

      Olá Anabela, pesquisa no Google (Inspeção geral da educação) , depois clicas em Endereços da IGE e aparece te o que pretendes.

    • Cláudia on 23 de Janeiro de 2012 at 12:12
    • Responder

    Não bastavam já os critérios “manhosos”, para agora aparecerem os candidatos “fantasma”. Em 4 dias, é a 2ª OE em que o candidato selecionado não aparece em qualquer lista. Mesmo sendo a situação de candidatos que estiveram no privado, não teriam que aparecer em qualquer lado? Assim fica difícil saber se devemos ou não reclamar, ainda para mais quando na escola não há ninguém disponível para esclarecimentos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog