14 de Dezembro de 2011 archive

2600 professores vão ficar sem horário

Alterações do 5.º ao 12.º ano eliminam 60 mil horas de aulas semanais.

A revisão curricular que o Ministério da Educação e Ciência pretende implementar já no próximo ano lectivo implica a eliminação de mais de 2600 horários completos de professores nas escolas públicas, entre o 5.º e o 12.º ano de escolaridade, em consequência da redução de perto de 60 mil horas de aulas semanais. Os sindicatos não duvidam de que esta reorganização vai implicar a saída de muitos professores e exigem o estudo de impacto financeiro. O ministério defende que o que interessa são os interesses dos alunos.

Segundo as minhas contas o número mínimo de perdas com EVT atingirão os 2500 docentes, assim sinto que este número apresentado pelo DN peca por defeito.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2011/12/2600-professores-vao-ficar-sem-horario/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: