5 de Novembro de 2010 archive

Outras respostas "oficiais"

Perante as muitas dúvidas que os Mestrados e Doutoramentos concluídos entre 31/08/2007 e 24/06/2010 produzem para efeitos de carreira, mais alguém colocou questões à DGRHE.

2 – Efeitos, para aceleração em carreira, dos mestrados e doutoramentos concluídos entre 31/08/2007 e 24/06/2010.

 – A DGRHE irá analisar esta situação tendo-se mostrado sensível aos argumentos da FNE para que a resposta seja favorável.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2010/11/outras-respostas-oficiais/

As Respostas "Oficiais" ao Conselho das Escolas

…mas acredito que o Conselho das Escolas as oficialize em papel timbrado e com a assinatura do seu Presidente.

Mesmo assim, sabendo que são verídicas e que efectivamente foram enviadas ao Presidente do Conselho de Escolas era necessário que a DGRHE as oficializasse em Esclarecimento oficial, em FAQ ou mesmo na sua página web.

Não querendo a DGRHE dar-se a esse trabalho resta assim que todos os directores cumpram estas orientações com conhecimento à DGRHE.

No dever de lealdade aos seus superiores hierárquicos, entenda-se como superior hierárquico o Conselho de Escolas (desculpem a brincadeira de um post anterior, mas veio a calhar), estas respostas fazem interpretação da lei enquanto a DGRHE não as desmentir e desde que sejam do seu conhecimento.

Já que a DGRHE não se tem dado ao trabalho de responder às dúvidas das escolas proponho que enviem um mail à DGRHE informando que pelo facto de não existir resposta às dúvidas entretanto formuladas serão feitos procedimentos em função do documento “questões sobre progressões” que segue em anexo.

Dúvidas respondidas pela DGRHE ao Conselho de Escolas

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2010/11/as-respostas-oficiais-ao-conselho-das-escolas/

E os outros cortes não precisam de negociação?

Directores contra a forma como se estão a processar “cortes”

A Federação Nacional de Professores considerou ontem “ilegal” a aprovação, em Conselho de Ministros, do decreto-lei regulamentar que determina cortes nos suplementos remuneratórios e nos prémios de desempenho para dirigentes das escolas, por aquele não ter sido negociado com os sindicatos.

Os directores também ficaram desagradados com a forma como o processo foi conduzido e, para se baterem “por outras matérias”, estudam a possibilidade de fundir as duas associações que os representam.

Sujeitos pelo Governo ao dever de confidencialidade – assinalada em todos os documentos levados a debate -, os directores que constituem o Conselho de Escolas (CE) também tiveram dois dias de surpresas.

Mais um MEGA e outro dever em execução.

Logo que encontre a tabela definitiva publico-a aqui, contudo pelas palavras de João Mata podemos já prever como fique.

O secretário de Estado da Educação acrescentou ainda que os três escalões que se encontravam em vigor passarão a sete, com uma progressão de 300 em 300 alunos.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2010/11/e-os-outros-cortes-nao-precisam-de-negociacao/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: