Os “Elegíveis” do Terceiro Ciclo e Secundário

A maior surpresa no número de vagas por QZP encontra-se neste quadro.

O QZP do Tâmega é o que mais vagas tem para os grupos de recrutamento do 3ºCiclo/Secundário com 92, superando a soma dos dois QZP de Lisboa que juntos apenas têm 86 vagas.

O QZP do Porto não tem qualquer vaga para esta vinculação, apesar de ser o segundo QZP com mais colocações de contratados em 2012/2013 pela DGAE e o terceiro com mais horários em contratação de escola.

Para acederem ao EXCEL com a lista de ordenação definitiva por grupo de recrutamento do ano lectivo 2012/2013 ver estes links: 300, 310, 320, 330, 340, 350, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620

A graduação de 2012/2013 do último candidato elegível em função do número de vagas em concurso por grupo de recrutamento é a seguinte:

300 – 31,695

310 – 28,571

320 – 32,823

330 – 36,153

350 – 22,418

400 – 33,419

410 – 31,511

420 – 27,562

430 – 32,721

500 – 25,322

510 – 25,421

520 – 25,621

540 – 35,905

550 – 24,096

560 – 25,092

600 – 37,789

620 – 25,505

 

v3ciclosecOD3ciclosec_Página_1 OD3ciclosec_Página_2 OD3ciclosec_Página_3 OD3ciclosec_Página_4 OD3ciclosec_Página_5 OD3ciclosec_Página_6 OD3ciclosec_Página_7 OD3ciclosec_Página_8 OD3ciclosec_Página_9

Os dados com os docentes colocados no 3º Ciclo/Secundário em função do número de vagas abertas por grupo de recrutamento encontra-se aqui ou clicando na imagem de baixo. Chamo a atenção para uma pequena falha no grupo 320 e que só agora detectei.


C3ciclosec_Página_01

 

NOTA: Não irei produzir quadros deste para os grupos da Educação Especial por várias razões, uma delas tem a ver com o facto de imensos docentes contratados estarem a concluir a sua especialização nesta área e pela alteração das regras para o calculo da graduação profissional nestes grupos de recrutamento que quanto a mim são ILEGAIS.

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/os-elegiveis-do-terceiro-ciclo-e-secundario/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • nelson on 24 de Janeiro de 2013 at 14:57
    • Responder

    Compreendo, mas mesmo assim era interessante ver a tabela com a nova graduação.
    Independentemente de se considerar ilegal, já está em Diário de Republica, e não deverá ser alterado.

    Vá lá…

    • gira on 24 de Janeiro de 2013 at 15:26
    • Responder

    Pelos vistos este novo despacho nao conta para os contratados…..a DGRH informou-me agoraa sobre isso, o que significa que este despacho estáa a ser mal interpretado por todos. A resposta é: SÓ E SÓ para quem está já nos quadros…entendam isso de uma vez por todas…e a nota de especialização só conta para o pessoal dos QUADROS.


    1. Por telefone?
      Se essa for a posição oficial que saia alguma coisa escrita porque perante a legislação em vigor essa também é a minha leitura.

        • nelson on 24 de Janeiro de 2013 at 17:07
        • Responder

        se for por telefone é o mesmo que nada… ninguem se compromete…. peça-lhes por escrito

    • nelson on 24 de Janeiro de 2013 at 15:34
    • Responder

    O ponto 3 do despacho 866/2013 diz:
    3 – Da conjugação das referidas disposições, a graduação dos candidatos aos grupos de recrutamento 910, 920 e 930, é feita com base no
    número de dias de serviço docente ou equiparado contados a partir do dia
    1 de setembro do ano civil em que o docente/candidato obteve a qualificação, nos termos da Portaria n.º 212/2009, para o grupo de recrutamento
    da Educação Especial a que concorre, conforme dispõe a subalínea i) da
    alínea b) do n.º 1 do artigo 11.º do Decreto-Lei n.º 132/2012.

    Realço o docente/candidato. Em lado nenhum diz que apenas é para os do quadro, antes pelo contrário. Talvez a clarificação necessite de uma clarificação.

    • gira on 24 de Janeiro de 2013 at 22:22
    • Responder

    o despacho 866/2013 regulamenta a graduação dos docentes de Educação Especial pertencentes aos Quadros. Para esses, a graduação é calculada com base a nota da especialização e o tempo de serviço de acordo com o artigo 11º do decreto-lei 132/2012. Sendo que este é considerado como antes da profissionalização todo o tempo de serviço efetuado até de 1 de setembro do ano em que obteve a especialização e a partir de setembro do ano em que obteve a especialização conta-se como tempo após a profissionalização (só para docentes do Quadro e para os grupos de Educação Especial- 910, 920 e 930) .

    • gira on 24 de Janeiro de 2013 at 22:26
    • Responder

    Nunca um despacho se sobrepôs sobre um decreto-lei e, por isso, o que prevalece é o decreto-lei 132/2012 onde diz que a graduação para DOCENTES DE CARREIRA (QUADROS) DE EDUCAÇÃO ESPECIAL (artigo 11.º n.º 4 e artigo 49.º), é feita conforme o que o despacho clarifica. Se há escolas a aplicar MAL a lei, os docentes que se sentem prejudicados devem fazer reclamação na mesma ou, ligar para lá a esclarecer.

    • ilusion on 25 de Janeiro de 2013 at 1:07
    • Responder

    Há alguns erros na lista. Constato alguns colegas que surgem na lista e que não foram sempre renovados.

    • Maria on 25 de Janeiro de 2013 at 16:22
    • Responder

    Arlindo, o seu trabalho é excelente. Se eu tivesse algum poder de decisão, o seu nome seria indicado para o DGAE. Tem feito um trabalho ótimo, superior a qualquer outra instituição do MEC. Parabéns.

      • Teresa Maria Almeida Rodrigues on 29 de Janeiro de 2013 at 19:11
      • Responder

      Faço minhas as suas palavras
      Obrigada Arlindo

Responder a Teresa Maria Almeida Rodrigues Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog