Artigos mais comentados

  1. Notificação da Mobilidade Por Doença — 855 comentários
  2. Sai Hoje? — 343 comentários
  3. Lista de Candidatos à BCE — 333 comentários
  4. De Volta ao Sonho — 320 comentários
  5. Manifestação de Interesse para Timor-Leste — 315 comentários

Author's posts

Hoje é mesmo só este Link

http://educar.wordpress.com/2008/03/31/a-musica-para-aquecer/

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/hoje-e-mesmo-so-este-link/

Mais ao lado, Colômbia

 Colômbia

Se avanzará en la consolidación de una carrera profesional docente, en la que los mejores serán seleccionados mediante concursos públicos. Los ascensos estarán supeditados a evaluaciones por competencias, en las que los educadores deberán demostrar sus capacidades profesionales para acceder a mejores remuneraciones, así como a estímulos ligados a su desempeño o a su ubicación en áreas rurales de difícil acceso.

Sob o Título “Plan Sectorial 2006-2010 – Revolución Educativa“.

A única novidade que acresce neste pequeno extracto ao que vamos por aqui conhecendo, é o estímulo à leccionação em àreas rurais de difícil acesso.

Neste PDF  encontrei muitas semelhanças com o nosso modelo de avaliação. Só mesmo a opinião dos alunos é que ficou de fora, mas foi substituída pelos seus resultados.

Evaluación de desempeño

Se realizará al terminar cada año escolar a los docentes y directivos docentes que hayan servido en el establecimiento educativo por un término superior a tres (3) meses durante el respectivo año académico)

Dto. Ley 1278/02 Art.32

Instrumentos de evaluación de desempeño.

Pautas para observación de clases y de practicas escolares; instrumentos para evaluación de superiores y colegas, encuestas a padres y estudiantes.

Dto. Ley 1278/02 Art.33

http://www.mineducacion.gov.co/

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/mais-ao-lado-colombia/

Continuando no Peru

POSTULANTES A INSTITUTOS PEDAGÓGICOS DAN EXAMEN EL DOMINGO

Seis mil 914, que aspiran ser los maestros del futuro, deberán sacar una nota mínima de 14 para aprobar. Proceso está a cargo del Ministerio de Educación.

El domingo 30 de marzo, a las 8:30 de la mañana, se aplicará, en todo el país, la prueba del Examen de Admisión Único Nacional para los postulantes a Institutos Superiores Pedagógicos (ISP), Escuelas Superiores de Formación Artística e Institutos Superiores de Formación Docente, tanto públicos como privados, anunció hoy el viceministro de Gestión Pedagógica, Idel Vexler.

Señaló que de acuerdo al cronograma de actividades, el proceso de admisión 2008, para el cual se presentan 6 mil 914 jóvenes, está constituido por dos fases, ambas con carácter eliminatorio. La nota mínima para aprobar, en ambas etapas, es 14, recordó el viceministro.

Idel Vexler explicó que la primera etapa, a cargo del Ministerio de Educación, es de aplicación nacional y medirá la capacidad comunicativa y lógico matemático, así como los conocimientos generales básicos del postulante. El 5 de abril se darán a conocer los resultados a nivel nacional, remarcó el viceministro.

Asimismo, indicó que dos días después se desarrollará la segunda fase a nivel regional, con pruebas de tipo psicológico, vocacional y de aptitudes personales respecto al nivel y la especialidad a los que aspira el postulante. Luego tendrá lugar una entrevista personal que verificará las capacidades de expresión comunicacional, conocimiento de la actualidad regional, y actitudes personales para la carrera a la que se postula, agregó Idel Vexler.

Por su parte, el director de Educación Superior Pedagógica del Ministerio de Educación, Guillermo Molinari Palomino, recordó que desde el año pasado, por decisión expresa del ministro Antonio Chang, empezó esta nueva modalidad de concurso, que – aseguró- busca elevar la calidad educativa mediante una mejor selección de los interesados en la carrera docente.

El año pasado, de los 14 mil 847 postulantes a los ISP, Escuelas Superiores de Formación Artística e Institutos Superiores de Formación Docente, sólo ingresaron 454.

En años anteriores se presentaban entre 25 mil y 30 mil postulantes y todos ingresaban. Pero desde el año 2007, con la aplicación, por primera vez en la historia del país, de la prueba única establecida por el Ministerio de Educación se ha generado una reducción considerable de la demanda. Entre los años 2002 y 2006, el número de postulantes promedio que ingresaban superaban los 24 mil.

Entre otras medidas que han permitido reducir la oferta de formación docente en el Perú figuran: La suspensión de la creación de nuevos institutos superiores pedagógicos hasta el 2011, el recorte de metas de ingreso al primer año de estudios en los institutos que no lograron una evaluación satisfactoria de su funcionamiento, y la aplicación de la evaluación nacional para el ingreso a estudios en la carrera docente que supone obtener un puntaje mínimo de 14 en una escala vigesimal.

OFICINA DE PRENSA Y COMUNICACIONES
28 Mar. 08

http://www.minedu.gob.pe/

Pois, do Peru vem o modelo de Avaliação de Conhecimentos e Competências, com um exame ao Domingo. Vou tentar descobrir como é o Sistema da Carreira Docente na Colômbia, Venezuela e arredores para ter uma ideia mais precisa do que vamos ter no futuro em matéria de educação.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/continuando-no-peru/

Tom Waits – Hold On

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=74xpualjuhk]

They hung a sign up in out town
if you live it up, you wont
Live it down
So, she left monte rio, son
Just like a bullet leaves a gun
With charcoal eyes and monroe hips
She went and took that california trip
Well, the moon was gold, her
Hair like wind
She said dont look back just
Come on jim
(chorus)
Oh you got to
Hold on, hold on
You got to hold on
Take my hand, Im standing right here
You gotta hold on

Well, he gave her a dimestore watch
And a ring made from a spoon
Everyone is looking for someone to blame
But you share my bed, you share my name
Well, go ahead and call the cops
You dont meet nice girls in coffee shops
She said baby, I still love you
Sometimes theres nothin left to do

Oh you got to
Hold on, hold on
You got to hold on
Take my hand, Im standing right here, you got to
Just hold on.

Well, God bless your crooked little heart st. louis got the best of me
I miss your broken-china voice
How I wish you were still here with me

Well, you build it up, you wreck it down
You burn your mansion to the ground
When theres nothing left to keep you here, when
Youre falling behind in this
Big blue world

Oh you go to
Hold on, hold on
You got to hold on
Take my hand, Im standing right here
You got to hold on

Down by the riverside motel,
Its 10 below and falling
By a 99 cent store she closed her eyes
And started swaying
But its so hard to dance that way
When its cold and theres no music
Well your old hometown is so far away
But, inside your head theres a record
Thats playing, a song called

Hold on, hold on
You really got to hold on
Take my hand, Im standing right here
And just hold on.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/tom-waits-hold-on/

Leonard Cohen – I’m Your Man

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=jkGOsIjLqPo]

If you want a lover
I’ll do anything you ask me to
And if you want another kind of love
I’ll wear a mask for you
If you want a partner
Take my hand
Or if you want to strike me down in anger
Here I stand
I’m your man
If you want a boxer
I will step into the ring for you
And if you want a doctor
I’ll examine every inch of you
If you want a driver
Climb inside
Or if you want to take me for a ride
You know you can
I’m your man

Ah, the moon’s too bright
The chain’s too tight
The beast won’t go to sleep
I’ve been running through these promises to you
That I made and I could not keep
Ah but a man never got a woman back
Not by begging on his knees
Or I’d crawl to you baby
And I’d fall at your feet
And I’d howl at your beauty
Like a dog in heat
And I’d claw at your heart
And I’d tear at your sheet
I’d say please, please
I’m your man

And if you’ve got to sleep
A moment on the road
I will steer for you
And if you want to work the street alone
I’ll disappear for you
If you want a father for your child
Or only want to walk with me a while
Across the sand
I’m your man

If you want a lover
I’ll do anything you ask me to
And if you want another kind of love
I’ll wear a mask for you

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/leonard-cohen-im-your-man-2/

Leonard Cohen – First We Take Manhattan

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=tFBKV0zVXSE]

 They sentenced me to twenty years of boredom
For trying to change the system from within
I’m coming now, I’m coming to reward them
First we take Manhattan, then we take Berlin
I’m guided by a signal in the heavens
I’m guided by this birthmark on my skin
I’m guided by the beauty of our weapons
First we take Manhattan, then we take Berlin

I’d really like to live beside you, baby
I love your body and your spirit and your clothes
But you see that line there moving through the station?
I told you, I told you, told you, I was one of those

Ah you loved me as a loser, but now you’re worried that I just might win
You know the way to stop me, but you don’t have the discipline
How many nights I prayed for this, to let my work begin
First we take Manhattan, then we take Berlin

I don’t like your fashion business mister
And I don’t like these drugs that keep you thin
I don’t like what happened to my sister
First we take Manhattan, then we take Berlin

I’d really like to live beside you, baby …

And I thank you for those items that you sent me
The monkey and the plywood violin
I practiced every night, now I’m ready
First we take Manhattan, then we take Berlin

I am guided

Ah remember me, I used to live for music
Remember me, I brought your groceries in
Well it’s Father’s Day and everybody’s wounded
First we take Manhattan, then we take Berlin

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/leonard-cohen-first-we-take-manhattan/

Mais um exemplo da América Latina

 

Educação no perú
O governo peruano, tentando melhorar o nível do ensino público nacional, acabou criando uma saia justa e uma crise de pessoal sem precedentes na história do país.

Nada menos que 99% dos professores de todo o ensino público foram reprovados em um exame nacional de qualificação, levando o Ministério da Educação a continuar empregando educadores que, em tese, não estariam capacitados para a função.

Para evitar centenas de milhares de salas de aula vazias, o ministro da Educação, José Chang, foi forçado a anunciar medidas de emergência para manter os professores em seus empregos.

Mais de 180 mil educadores fizeram a prova, apesar dos boicotes e greves organizados por sindicatos que temiam o corte de postos de trabalho.

Os professores dizem que os problemas na educação do país derivam da falta de recursos públicos e dos baixos salários da profissão de docente.

Mas o ministro da Educação defendeu o rigor em relação à capacitação dos professores, e apontou a necessidade de o país melhorar o padrão nacional de ensino.

O repórter da BBC em Lima Dan Collyns disse que, em meio às discussões, “não se cogita nenhuma força-tarefa para combater o problema na base, há apenas uma reiterada recusa oficial de reduzir os requisitos para os professores”.

Segundo o correspondente, o governo peruano sabe que o baixo nível de educação é um sério obstáculo para o desenvolvimento do país.

“Mas a atual política, positiva ao mostrar as limitações dos professores, não parece oferecer uma saída realista para a crise educacional”, ele disse.

 O pronuncio do Sistema de Ensino Português dentro de muito pouco tempo.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/mais-um-exemplo-da-america-latina/

31 Março (Abaixo-Assinado)

sindic.jpg

ENTREGA ABAIXO-ASSINADO NO M.E., DIA 31 DE MARÇO

ESTA INICIATIVA NO PRIMEIRO DIA DE AULAS, CONFIRMA QUE

3º PERÍODO SERÁ DE MUITA LUTA!

Durante a última semana de aulas e a interrupção lectiva da Páscoa, a Plataforma Sindical dos Professores pôs a circular um abaixo-assinado em que, no essencial, os professores colocam ao ME as mesmas exigências que já tinham apresentado na Resolução aprovada na Marcha da Indignação.

Em pleno período de interrupção, foram recolhidas cerca de 20.000 assinaturas que serão entregues no ME no dia 31 de Março, segunda-feira.

Poderia a Plataforma Sindical recolher, agora que o ano recomeçou, muitos milhares de outros subscritores, mas, sufragadas que estão estas posições pelos participantes na Marcha, preferiu aproveitar este abaixo-assinado para, no primeiro dia de aulas do 3º período voltar à rua e lembrar que, perante a intransigência ministerial, a luta dos professores não irá parar!

Neste dia 31 de Março a Plataforma Sindical promove uma Conferência de Imprensa, pelas 11.00 horas, no Hotel Marquês de Sá (Av. Miguel Bombarda, nº 130), em Lisboa, seguida de uma deslocação para o ME onde será entregue o abaixo assinado às 12.00 horas. Esta entrega será feita pelos membros das direcções sindicais das diversas organizações.

A Plataforma Sindical dos Professores convida os Senhores(as) Jornalistas a acompanharem a Conferência de Imprensa e a deslocação ao ME.
A Plataforma Sindical dos Professores

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/31-marco-abaixo-assinado/

3º Período em LUTA

Últimas notícias da nossa luta e que a comunicação social camufla: As reuniões dos sindicatos com a Ministra têm dado frutos, ao contrário do que se tem feito passar… o Ministério recuou ao ponto de querer negociar a avaliação dos contratados em troca de alterações ao Estatuto da Carreira Docente, um documento que se encontrava completamente fechado a qualquer discussão ou negociação!
A verdade é que o governo se encontra já bastante desorientado (com a pressão dos 100.000 hooligans!) mas os sindicatos, coerentemente, fizeram saber que não vão ‘vender’ os contratados: não há professores de 1ª e de 2ª!! Se não há avaliação para uns, também não deve haver para os outros!
Não podemos desistir agora! Estamos mais perto de recuperar a nossa dignidade profissional do que parece…
Reencaminho-vos as novas formas de luta para o 3º período: PARA QUE A MINISTRA NÃO SE ESQUEÇA DE NÓS!!
Novas concentrações de professores em locais públicos, todas as segundas-feiras, de acordo com o seguinte calendário:

1.ª Ronda:

De 10 a 14/03 – Luto nas escolas.
07/04 – Protesto nacional.
14/04 – Protesto em todas as capitais de distrito do Norte.
21/04 – Protesto em todas as capitais de distrito do Centro.
28/04 – Protesto na Grande Lisboa.
05/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Sul e Regiões Autónomas.

2.ª Ronda:

12/05 – Protesto nacional.
19/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Norte.
26/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Centro.
02/06 – Protesto na Grande Lisboa.
09/06 – Protesto em todas as capitais de distrito do Sul e Regiões Autónomas.

Para que o Governo e a Ministra não se esqueçam de nós.

Divulga. Juntos, podemos!

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/3%c2%ba-periodo-em-luta/

Só falta mais um passinho

Não é para rir não, por este andar chegamos lá num instantinho.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=56VV7HVsgsU]

Olhem que a América do Sul tem dado algumas ideias à MLR.

Modelo de avaliação de professores do Chile

Quem diria que fomos nós que descobrimos a América do Sul

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/so-falta-mais-um-passinho/

Dig Lazarus Dig!!! – Nick Cave & The Bad Seeds

[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Back in that hole.]

Larry made his nest high up in the autumn branches
Built from nothing but high hopes and thin air
He collected up some baby blasted mothers who took their chances
And for a while they lived quite happily up there

He came from New York city man, but he couldn’t take the pace
He thought it was like dog eat dog world
Then he went to San Francisco, spent a year in outer space
With a sweet little San Fransiscan girl.

I can hear my mother wailing and a whole lot of scraping of chairs

I don’t know what it is but there’s definately something going on upstairs
[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.]

(I want you to dig)

(I want you to dig)Meanwhile Larry made up names for the ladies
Like miss Boo and miss Quick
He stockpiled weapons and took potshots in the air
He feasted on their lovely bodies like a lunatic
And wrapped himself up in their soft yellow hair

I can hear chants and incantations and some guy is mentioning me in his prayers.
Well, I don’t know what it is but there’s definately something going on upstairs
[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.]

(I want you to dig)

(I want you to dig)Well L New York City man, San Francisco, LA, I don’t know
But Larry grew increasingly neurotic and obscene
I mean he, he never asked to be raised from the tomb
I mean no one ever actually asked him to forsake his dreams
He ended up like so many of them do, back on the streets of New York City
In a soup queue, a dopefiend, a slave, then prison, then the madhouse, then the grave
Ah poor Larry.

But what do we really know of the dead And who actually cares?

Well, I don’t know what it is but there’s definiately something going on upstairs.[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(two guys ate pig)[Back in that hole.Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Back in that hole.]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/dig-lazarus-dig-nick-cave-the-bad-seeds/

Visão simplificada da Avaliação de Professores

Finalmente alguém me conseguiu esquematizar e explicar de uma forma simples e estruturada como vai funcionar a avaliação dos professores. Não é nada complicado!!!!!!!!! Uma visão simplificada de como vai funcionar a avaliação dos professores.

Visão simplificada

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/visao-simplificada-da-avaliacao-de-professores/

Estatuto do Aluno?

Mas o que é que o Estatuto do Aluno tem a ver com as agressões de alunos a professores?

Quem diz isso está a fazer oportunismo político.

Pois, eu já sabia que o Valter estava a fazer-se ao lugar da MLR., não a sabia era tão inteligente para atacar um subalterno desta forma tão subtil.

[vodpod id=ExternalVideo.488751&w=425&h=350&fv=] from arlindovsky.wordpres posted with vodpod

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/arlindovsky%e2%80%99s-weblog-%e2%80%ba-editar-%e2%80%94-wordpress/

A propósito do Carolina Michaelis

A notícia do dia de ontem sobre o acontecimento na Escola Secundária Carolina Michaelis, fez-me recuar uns anos no tempo, enquanto era jovem e do pouco tempo que passei nessa escola.

O meu 12º ano foi feito no Carolina Michaelis (1987-88), não foi fácil nessa época, depois de 2 anos no Rodrigues de Freitas, fazer uma passagem para a escola em frente. Isto porque a Secundária Carolina Michaelis foi uma escola feminina até 1979, enquanto que o Rodrigues de Freitas era frequentada pelo “machões” da cidade.

Meia dúzia de anos após o fim do domínio feminino desse liceu, imaginam como foi a dificuldade em lidar com o sexo oposto. Parece que ainda hoje o elemento feminino domina por essas bandas.

Outro lembrança que me ocorreu foi a consciencialização da minha personalidade da época. Quero referir que usava na época uns trajes um tanto ou quanto estranhos, era detentor de um moicano, e frequentava os locais mais hardcore da altura.

Bandas como os “cagalhões”, “cães, a morte e o desejo” e os “badalhocos” eram fonte de inspiração diária do intenso ritmo punk dessa época no Porto.

Esta geração “estranha” como muitos a viram era possuidora de valores e ideais próprios e dificilmente se encontrava perante actos de vandalismo desta estranheza.

Não quero fazer uma distinção de gerações diminuindo a geranção actual, porque todas elas são marcantes da mentalidade de toda uma sociedade. Se a geração actual está mal preparada isto deve-se ao facto de os adultos a prepararem mal. Políticas de facilitismo na educação em contraponto com a imensa dificuldade da vida real levará a uma nova geração perdida e que dificilmente se voltará a encontrar.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-proposito-do-carolina-michaelis/

A mão de Maria de Lurdes Rodrigues

Sob o título, 9ºC em grande!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=3MWPXMEgtwY]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-mao-de-maria-de-lurdes-rodrugues/

Bom ponto de vista

abandono.jpg

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/bom-ponto-de-vista/

A contradição das faltas como serviço lectivo efectivo

Na página da DGRHE foi colocado um pdf de faltas equiparadas a prestação efectiva de serviço para efeitos da avaliação.
Até aqui tudo bem, mas a interpretação da DGRHE no concurso de acesso a professor titular já não foi a mesma para efeitos de pontuação no factor assiduidade.

Mais uma vez se vem provar a desordem que vai na casa e a incompetência de quem gere o Ministério da Educação.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-contradicao-das-faltas-como-servico-lectivo/

Não sei se ria ou se chore

O Partido Socialista (PS) português entregou nesta sexta-feira, no Parlamento, um projeto de lei que regula o funcionamento dos estabelecimentos que fazem tatuagens e aplicam piercings, proibindo a sua aplicação na língua.O projeto também estabelece a proibição da aplicação de piercings, tatuagens e de maquiagem definitiva em menores de 18 anos.O PS justifica o projeto alegando que a adoção de um regime para a instalação e o funcionamento dos estabelecimentos de colocação de piercings e tatuagens tem como principal objetivo a definição de um “quadro de referência de qualidade”, que constituirá “fator de proteção dos consumidores e de informação para os profissionais”.Segundo o projeto de lei, apenas serão permitidas a colocação de piercings e a realização de tatuagens em salões especializados. As exceções se aplicam aos furos para brincos, que podem ser feitos em joalherias, e a maquiagem definitiva, cujo procedimento pode ser realizado em institutos de estética, conforme a legislação já em vigor.

No projeto de lei, também são definidos os tipos de jóias que podem ser utilizadas na fase de cicatrização da ferida, que obrigatoriamente devem ser hipoalergênicos, assim como as peças autorizadas após a fase de cicatrização.

Caso aprovado, o projeto também proíbe a aplicação de piercings na “língua e no pavimento da cavidade oral”, na proximidade de vasos sanguíneos, de nervos e de músculos ou sobre quaisquer tipos de lesão cutânea.

Também serão proibidas a aplicação de piercings de prata e folhados a ouro e a utilização de “pistolas de perfuração da orelha e da asa do nariz que não estejam higienizadas e equipadas com dispositivo descartável”.

Sobre as tatuagens, o projeto de lei estabelece que as tintas utilizadas devem ser esterilizadas, sendo que as embalagens dos preparados de tintas devem estar devidamente rotuladas.

“Nas atividades de tatuagens e de maquiagem são apenas permitidas agulhas estéreis, de uso único e descartável”, reitera o projeto.

Por último, passa ainda a ser obrigatório que piercers e tatuadores informem ao consumidor “previamente e por escrito” sobre todo o procedimento, a natureza dos produtos e as possíveis conseqüências da colocação de um piercing ou da realização de uma tatuagem, “dando-lhe oportunidade para que possa refletir sobre o assunto”.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/nao-sei-se-ria-ou-se-chore/

Já ia ficar indignado!!

Marcha Indignação DN

 Estava a ver que não aparecia em lado nenhum a prova da minha presença na Marcha da Indignação!

 DN de 12 de Março

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/ja-ia-ficar-indignado/

Ruas diz que dossier da Educação está fechado

Descentralização: Ruas diz dossier da Educação está fechado

O dossier da transferência de competências da Administração Central para as autarquias na área da Educação está fechado, disse hoje à agência Lusa o presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Fernando Ruas.O líder da ANMP ressalvou, no entanto, que ainda será necessário definir alguns pormenores e recolher dados relacionados com este processo, dando como exemplo os 5.000 funcionários que haverá a mais e os municípios pretenderem saber onde é que estão a mais e em que concelhos poderá haver menos.

«Há rácios bem diferentes de câmara para câmara, o que não há é o quadro ideal para cada concelho», disse.

No parecer enviado ao Governo, a ANMP refere ser «já do conhecimento geral que existirão 5.000 funcionários a mais e, em número indeterminado, funcionários a menos».

O autarca defende que se existir pessoal a mais, a câmara recebe os funcionários, mas o Governo paga esse pessoal, e nos casos em que o número seja inferior, o Governo deve pagar esse diferencial.

O diploma do Governo, a que Lusa teve acesso, estabelece que «quando o pessoal não docente seja em número inferior ao resultante do rácio [ainda a definir em portaria conjunta dos membros do Governo responsáveis pelas áreas da Educação, Administração Pública e Local], são transferidas para os municípios as dotações correspondentes ao pagamento das remunerações do pessoal não docente necessário para cumprir aquele indicador».

Chama-se a isto uma transferência 100% segura.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/ruas-diz-que-dossier-da-educacao-esta-fechado/

Alterações à proposta de “Autonomia, Gestão e Administração”

ME e Conselho das Escolas analisam concretização de medidas de políticaA equipa governativa da Educação reuniu com os membros do Conselho das Escolas para analisar condições de concretização de medidas de política, como o Estatuto do Aluno e a avaliação dos docentes.

A ministra, Maria de Lurdes Rodrigues, e os secretários de Estado, Jorge Pedreira e Valter Lemos, apreciaram com os presidentes dos conselhos executivos que integram este órgão consultivo do Ministério da Educação também outros temas, como as propostas de transferências de competências para as autarquias locais e as mudanças na gestão das escolas.

Neste último ponto, os governantes ouviram os conselheiros sobre a proposta que irá a Conselho de Ministros na próxima 5.ª feira.

Da reunião saiu o acolhimento da maior parte das sugestões apresentadas, designadamente a possibilidade de o Conselho Geral ser presidido por um professor, o aumento do prazo de duração dos mandatos de três para quatro anos, requisitos mais flexíveis na designação dos adjuntos do director e mais autonomia na forma de constituição e designação das estruturas intermédias, para além dos departamentos curriculares.

Entre as sugestões acolhidas encontra-se ainda a da alteração na composição do conselho pedagógico, criando uma comissão especializada com pais e alunos, mas com as competências técnicas reservadas aos docentes, a mudança da regra do regime de exclusividade dos directores, no sentido de lhes permitir a participação em organizações não governamentais e actividades de voluntariado, e a possibilidade de o mandato dos órgãos de gestão actuais ser prorrogado para facilitar a transição para o novo regime.

Sobre a avaliação, ficou patente durante o encontro a determinação das escolas e dos professores em a concretizar.

Neste sentido, as condições para a concretização da avaliação serão melhoradas, com as escolas a poderem evoluir ao seu próprio ritmo, mas com respeito pelo prazo final.

Desde sempre afirmei que a questão da Presidencia do Conselho Geral iria resultar na possibilidade de qualquer membro desse conselho poder presidir ao Órgão, com excepção dos alunos. Não me espanta em nada esta alteração.

No que respeita ao mandato do director passar a ter uma duração de 4 anos, considero uma coincidência muito grande que existam Eleições Legislativas e Autárquicas na mesma altura. Será uma coincidência inocente? Não me parece que assim seja, mas admito que sim. Não se tornará o cargo de Director um cargo político com tamanha semelhança?

Requisitos mais flexíveis para designação de adjuntos. o que é isso? O Director para ter uma “liderança forte” tem de ter mais de 100KG e os adjuntos podem ter entre 50 e 90KG? É isso?

A Ministra dizer que vai dar mais autonomia na forma de constituição e designação das estruturas intermédias, é irrelevante, porque dar mais autonomia do que aquilo que dá nessa área (zero), pode ser zero vírgula um.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/alteracoes-a-proposta-de-autonomia-gestao-e-administracao/

No words

S. Valentim

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/no-words/

TAVIRA quer “adoptar” professores

O título não é meu, é mesmo do jornal.

O presidente da Câmara de Tavira prontificou-se para que a sua autarquia integre um projecto-piloto de gestão municipal de professores em escolas do ensino básico.

A pressinha que deu nestes autarcas, falou-se em transferência de competências para as autarquias e já estão eles prontinhos para “domar as feras”.

Em carta enviada à ministra da Educação Macário Correia oferece-se para acolher a gestão de pessoal docente “em experiências a encetar“, assumindo a “total disponibilidade” do município para “assumir integralmente essa responsabilidade“.

As cobaias seremos nós, neste caso.

Justifica que a mudança trará “coerência e qualidade de gestão“, devido ao “efeito de proximidade” entre a Câmara e as escolas do concelho.

Neste aspecto até dou alguma razão. Qualquer autarquia deve conseguir fazer um melhor trabalho que este incompetente Ministério da Educação.

Macário Correia reiterou a disponibilidade da sua autarquia num projecto-piloto a nível nacional, baseada no conhecimento que tem das escolas e na experiência de gestão municipal.

Digo eu, “ver um Macário apressado é o mesmo que lamber um monte de esterco“.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/tavira-quer-adoptar-professores/

Correntes d’Escritas 2008

Arranca hoje, com o anúncio do vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa, a 9.ª edição do Correntes d’Escritas – Encontro de Escritores de Expressão Ibérica, que decorre, até ao próximo sábado, na Póvoa de Varzim.

Depois do mesquinhez política do dia de hoje, eis que surge algo que me faz pensar que o mundo afinal existe.

Liberto-me de tensões e dedico-me apenas e só apenas à cultura, esperando que amanhã o dia nasça mais limpo.

Correntes d’escritas 2008

Participantes nas Correntes

1.  Adolfo García Ortega (Espanha)

2.  Almeida Faria (Portugal)

3.  Amadeu Baptista (Portugal)

4.  Ana Paula Tavares (Angola)

5.  André Sant’Anna (Brasil)

6.  Aurelino Costa (Portugal)

8.  Carlos do Carmo (Portugal)

9.  Carlos Quiroga (Espanha/Galiza)

10. Carme Riera (Espanha/Catalunha)

11.  Cristina Norton (Argentina)

12.  Cristino Cortes (Portugal)

13.  Daniel Mordzinski (Argentina)

14.  Eduardo Halfon (Guatemala)

15.  Eduardo Mendoza (Espanha/Catalunha)

16.  Eugenia Almeida (Argentina)

17.  Filipa Leal (Portugal)

18.  Francisco José Viegas (Portugal)

19.  Ignacio del Valle (Espanha)

20.  Isabel da Nóbrega (Portugal)

21.  Ivo Machado (Portugal) 

22.  J.J. Armas Marcelo (Espanha)

23.  Janet Nuñez (Colômbia)

24.  João Paulo Cuenca (Brasil)

25.  Jorge Sousa Braga (Portugal)

26.  José Carlos de Vasconcelos (Portugal)

27.  José Eduardo Agualusa (Angola)

28.  José Emílio-Nelson (Portugal)

29.  José Manuel Vasconcelos (Portugal)

30.  José Manuel Saraiva (Portugal)

31.  José Norton (Portugal) 

32.  Juan Carlos Mestre (Espanha)

33.  Júlio Moreira (Portugal)

34.  Kiluanje Liberdade (Angola)

35.  Lêdo Ivo (Brasil)

36.  Leonardo Padura (Cuba)

37.  Lígia Walper (Brasil)

38.  Luís Machado (Portugal)

39.  Luís Serguilha (Portugal)

40.  Luiz Fagundes Duarte (Portugal)

41.  Manuel Rui (Angola)

42.  Manuela Azevedo (Portugal) 

43.  Marcelo Rebelo de Sousa (Portugal)

44.  Maria do Rosário Pedreira (Portugal)

45.  Maria Flor Pedroso (Portugal)

46.  Maria João Seixas (Portugal) 

47.  Maria Lúcia Lepecki (Brasil)

48.  Mário Pinheiro (Portugal)

49.  Mia Couto (Moçambique)

50.  Miguel Real (Portugal)

51.  Ondjaki (Angola)

52.  Onésimo Teotónio Almeida (Portugal)

53.  Oscar Málaga Gallegos (Peru)

54.  Paulina Chiziane (Moçambique)

55.  Pedro Teixeira Neves (Portugal)

56.  Pepetela (Angola)

57.  Rui Grácio (Portugal)

58.  Rui Zink (Portugal)

59.  Susana Fortes (Espanha)

60.  Tabajara Ruas (Brasil)

61.  Teresa Rita  Lopes (Portugal)

62.  Uberto Stabile (Espanha)

63.  valter hugo mãe (Portugal)

64.  Vergílio Alberto Vieira (Portugal)

65.  Vicente Martín Martín (Espanha)

66.  Waldir Araújo (Guiné)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/correntes-descritas-2008/

Erro? Afinal quem errou?

No debate quinzenal na Assembleia da República de hoje assistimos a mais uma das muitas mentiras do Primeiro Ministro no que respeita à educação.

Então depois de ser questionado por Santana Lopes sobre a avaliação de professores e do «caos» que se vive nas escolas, o Engº teve a distinta lata de responder que as reformas na educação são para levar adiante: «Há um erro que este Governo não vai cometer, que é não avaliar os professores, como aconteceu nos últimos 30 anos».

Ninguém, mas mesmo ninguém sabe na oposição que os professores são avaliados desde 1992, com o decreto regulamentar 14/92 de 4 de Julho alterado pelo decreto regulamentar 11/98 de 15 de Maio?

Ninguém, mas mesmo ninguém sabe que existia uma prova de acesso ao 8º Escalão que outro Engº socialista resolveu eliminar como troca de votos para o próprio PS?

O Presidente da República devia puxar as orelhas ao Primeiro Ministro pois foi durante a sua governação enquanto Primeiro Ministro que foi criado o primeiro sistema de Avaliação de Professores.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/erro-qual-erro/

O meu bilhete chegou

Chegou hoje o meu bilhete para o concerto de Nick Cave no dia 22 de Abril no Coliseu dos Recreios do Porto.

O 14º Album de Nick Cave chama-se Dig, Lazarus, Dig

Pela 6ª vez assisto a um concerto de Nick Cave. Mau sinal, estou a ficar tão careca quanto ele. Não faltei a nenhum na Zona Norte de Portugal, dispensando-me de assistir a qualquer concerto dele na zona sul.  Na minha adolescência, andava eu na Escola Secundária Rodrigues de Freitas, conheci Birthday Party pela primeira vez, penso que no ano de 1984 ou 1985.

Se os Bad Seeds já estavam formados não posso garantir.

Desde esse dia Nick Cave é o meu músico de eleição.

1º Concerto 17/12/88 – Porto, Teatro Rivoli

2º Concerto 04/09/92 – Porto, Portugal, Coliseu

3º Concerto 11/06/94 – Porto, Coliseu

4º Concerto 01/07/98 – Porto, Imperial Festival, Campo De treinos Do Estadio Das Antas

5º Concerto 18/07/05 – Festival Paredes de Coura

Bilhete Nick Cave

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/02/o-meu-bilhete-chegou/

Load more

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: