Artigos mais comentados

  1. Notificação da Mobilidade Por Doença — 852 comentários
  2. Lista de Candidatos à BCE — 331 comentários
  3. Sai Hoje? — 330 comentários
  4. De Volta ao Sonho — 319 comentários
  5. Manifestação de Interesse para Timor-Leste — 313 comentários

Author's posts

31 Março (Abaixo-Assinado)

sindic.jpg

ENTREGA ABAIXO-ASSINADO NO M.E., DIA 31 DE MARÇO

ESTA INICIATIVA NO PRIMEIRO DIA DE AULAS, CONFIRMA QUE

3º PERÍODO SERÁ DE MUITA LUTA!

Durante a última semana de aulas e a interrupção lectiva da Páscoa, a Plataforma Sindical dos Professores pôs a circular um abaixo-assinado em que, no essencial, os professores colocam ao ME as mesmas exigências que já tinham apresentado na Resolução aprovada na Marcha da Indignação.

Em pleno período de interrupção, foram recolhidas cerca de 20.000 assinaturas que serão entregues no ME no dia 31 de Março, segunda-feira.

Poderia a Plataforma Sindical recolher, agora que o ano recomeçou, muitos milhares de outros subscritores, mas, sufragadas que estão estas posições pelos participantes na Marcha, preferiu aproveitar este abaixo-assinado para, no primeiro dia de aulas do 3º período voltar à rua e lembrar que, perante a intransigência ministerial, a luta dos professores não irá parar!

Neste dia 31 de Março a Plataforma Sindical promove uma Conferência de Imprensa, pelas 11.00 horas, no Hotel Marquês de Sá (Av. Miguel Bombarda, nº 130), em Lisboa, seguida de uma deslocação para o ME onde será entregue o abaixo assinado às 12.00 horas. Esta entrega será feita pelos membros das direcções sindicais das diversas organizações.

A Plataforma Sindical dos Professores convida os Senhores(as) Jornalistas a acompanharem a Conferência de Imprensa e a deslocação ao ME.
A Plataforma Sindical dos Professores

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/31-marco-abaixo-assinado/

3º Período em LUTA

Últimas notícias da nossa luta e que a comunicação social camufla: As reuniões dos sindicatos com a Ministra têm dado frutos, ao contrário do que se tem feito passar… o Ministério recuou ao ponto de querer negociar a avaliação dos contratados em troca de alterações ao Estatuto da Carreira Docente, um documento que se encontrava completamente fechado a qualquer discussão ou negociação!
A verdade é que o governo se encontra já bastante desorientado (com a pressão dos 100.000 hooligans!) mas os sindicatos, coerentemente, fizeram saber que não vão ‘vender’ os contratados: não há professores de 1ª e de 2ª!! Se não há avaliação para uns, também não deve haver para os outros!
Não podemos desistir agora! Estamos mais perto de recuperar a nossa dignidade profissional do que parece…
Reencaminho-vos as novas formas de luta para o 3º período: PARA QUE A MINISTRA NÃO SE ESQUEÇA DE NÓS!!
Novas concentrações de professores em locais públicos, todas as segundas-feiras, de acordo com o seguinte calendário:

1.ª Ronda:

De 10 a 14/03 – Luto nas escolas.
07/04 – Protesto nacional.
14/04 – Protesto em todas as capitais de distrito do Norte.
21/04 – Protesto em todas as capitais de distrito do Centro.
28/04 – Protesto na Grande Lisboa.
05/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Sul e Regiões Autónomas.

2.ª Ronda:

12/05 – Protesto nacional.
19/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Norte.
26/05 – Protesto em todas as capitais de distrito do Centro.
02/06 – Protesto na Grande Lisboa.
09/06 – Protesto em todas as capitais de distrito do Sul e Regiões Autónomas.

Para que o Governo e a Ministra não se esqueçam de nós.

Divulga. Juntos, podemos!

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/3%c2%ba-periodo-em-luta/

Só falta mais um passinho

Não é para rir não, por este andar chegamos lá num instantinho.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=56VV7HVsgsU]

Olhem que a América do Sul tem dado algumas ideias à MLR.

Modelo de avaliação de professores do Chile

Quem diria que fomos nós que descobrimos a América do Sul

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/so-falta-mais-um-passinho/

Dig Lazarus Dig!!! – Nick Cave & The Bad Seeds

[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Back in that hole.]

Larry made his nest high up in the autumn branches
Built from nothing but high hopes and thin air
He collected up some baby blasted mothers who took their chances
And for a while they lived quite happily up there

He came from New York city man, but he couldn’t take the pace
He thought it was like dog eat dog world
Then he went to San Francisco, spent a year in outer space
With a sweet little San Fransiscan girl.

I can hear my mother wailing and a whole lot of scraping of chairs

I don’t know what it is but there’s definately something going on upstairs
[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.]

(I want you to dig)

(I want you to dig)Meanwhile Larry made up names for the ladies
Like miss Boo and miss Quick
He stockpiled weapons and took potshots in the air
He feasted on their lovely bodies like a lunatic
And wrapped himself up in their soft yellow hair

I can hear chants and incantations and some guy is mentioning me in his prayers.
Well, I don’t know what it is but there’s definately something going on upstairs
[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.]

(I want you to dig)

(I want you to dig)Well L New York City man, San Francisco, LA, I don’t know
But Larry grew increasingly neurotic and obscene
I mean he, he never asked to be raised from the tomb
I mean no one ever actually asked him to forsake his dreams
He ended up like so many of them do, back on the streets of New York City
In a soup queue, a dopefiend, a slave, then prison, then the madhouse, then the grave
Ah poor Larry.

But what do we really know of the dead And who actually cares?

Well, I don’t know what it is but there’s definiately something going on upstairs.[Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(two guys ate pig)[Back in that hole.Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
(I want you to dig)[Back in that hole.Dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Laz’rus dig yourself]
[Back in that hole.]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/dig-lazarus-dig-nick-cave-the-bad-seeds/

Visão simplificada da Avaliação de Professores

Finalmente alguém me conseguiu esquematizar e explicar de uma forma simples e estruturada como vai funcionar a avaliação dos professores. Não é nada complicado!!!!!!!!! Uma visão simplificada de como vai funcionar a avaliação dos professores.

Visão simplificada

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/visao-simplificada-da-avaliacao-de-professores/

Estatuto do Aluno?

Mas o que é que o Estatuto do Aluno tem a ver com as agressões de alunos a professores?

Quem diz isso está a fazer oportunismo político.

Pois, eu já sabia que o Valter estava a fazer-se ao lugar da MLR., não a sabia era tão inteligente para atacar um subalterno desta forma tão subtil.

[vodpod id=ExternalVideo.488751&w=425&h=350&fv=] from arlindovsky.wordpres posted with vodpod

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/arlindovsky%e2%80%99s-weblog-%e2%80%ba-editar-%e2%80%94-wordpress/

A propósito do Carolina Michaelis

A notícia do dia de ontem sobre o acontecimento na Escola Secundária Carolina Michaelis, fez-me recuar uns anos no tempo, enquanto era jovem e do pouco tempo que passei nessa escola.

O meu 12º ano foi feito no Carolina Michaelis (1987-88), não foi fácil nessa época, depois de 2 anos no Rodrigues de Freitas, fazer uma passagem para a escola em frente. Isto porque a Secundária Carolina Michaelis foi uma escola feminina até 1979, enquanto que o Rodrigues de Freitas era frequentada pelo “machões” da cidade.

Meia dúzia de anos após o fim do domínio feminino desse liceu, imaginam como foi a dificuldade em lidar com o sexo oposto. Parece que ainda hoje o elemento feminino domina por essas bandas.

Outro lembrança que me ocorreu foi a consciencialização da minha personalidade da época. Quero referir que usava na época uns trajes um tanto ou quanto estranhos, era detentor de um moicano, e frequentava os locais mais hardcore da altura.

Bandas como os “cagalhões”, “cães, a morte e o desejo” e os “badalhocos” eram fonte de inspiração diária do intenso ritmo punk dessa época no Porto.

Esta geração “estranha” como muitos a viram era possuidora de valores e ideais próprios e dificilmente se encontrava perante actos de vandalismo desta estranheza.

Não quero fazer uma distinção de gerações diminuindo a geranção actual, porque todas elas são marcantes da mentalidade de toda uma sociedade. Se a geração actual está mal preparada isto deve-se ao facto de os adultos a prepararem mal. Políticas de facilitismo na educação em contraponto com a imensa dificuldade da vida real levará a uma nova geração perdida e que dificilmente se voltará a encontrar.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-proposito-do-carolina-michaelis/

A mão de Maria de Lurdes Rodrigues

Sob o título, 9ºC em grande!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=3MWPXMEgtwY]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-mao-de-maria-de-lurdes-rodrugues/

Bom ponto de vista

abandono.jpg

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/bom-ponto-de-vista/

A contradição das faltas como serviço lectivo efectivo

Na página da DGRHE foi colocado um pdf de faltas equiparadas a prestação efectiva de serviço para efeitos da avaliação.
Até aqui tudo bem, mas a interpretação da DGRHE no concurso de acesso a professor titular já não foi a mesma para efeitos de pontuação no factor assiduidade.

Mais uma vez se vem provar a desordem que vai na casa e a incompetência de quem gere o Ministério da Educação.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2008/03/a-contradicao-das-faltas-como-servico-lectivo/

Load more

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog