Um resumo dos avanços alcançados na negociação suplementar

Obviamente que o documento final não poderia ter falhas legais e a FENPROF apenas foi conhecê-las na reunião suplementar.

  • Os docentes que mudariam entre 1/01/24 e 31/08/24 terão o mesmo tratamento que quem mude a 1/9/24.
  • Os das listas de 2023 terão o tratamento do acelerador, pelo que quem terá vaga adicional muda com efeitos a 1/1/24.
  • A última avaliação vai poder ser mobilizada;
  • A formação não usada poderá mobilizada;
  • A formação necessária será de 12,5 horas por cada ano de permanência no escalão.
  • Os docentes que mudem em 1/1/27 que por força da RTS  mudem ao 5.º e/ou 7.º são considerados no âmbito do acordo, ou seja mudam ao 5.º e/ou 7.º sem necessidade de vaga.

Um resumo dos avanços alcançados na negociação suplementar

 

No final da reunião, o Secretário-geral da FENPROF fez um resumo dos avanços conseguidos no âmbito da negociação suplementar da recuperação do tempo de serviço congelado dos professores e educadores e que levam a FENPROF a considerar que esta reunião, apesar de tudo, foi bastante positiva.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2024/06/um-resumo-dos-avancos-alcancados-na-negociacao-suplementar/

13 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Zé Co. on 10 de Junho de 2024 at 12:26
    • Responder

    Viva o 10 de Junho! É este ano que os professores e os médicos vão ser condecorados pelo Presidente da República. Vão levar com a Grande Cruz do “Trabalha quase de Borla e até à Morte para Sustentar Isto Tudo” (GC-TBMSIT)!
    E que não venha outra vez aquela deputada de há uns anos dizer que a culpa é do Povo. Ou qualquer outro dizer que é da Rússia ou da América! Os políticos portugueses, incluindo o Chega, não precisam de qualquer empurrão para desmerecer a consideração dos que trabalham! Enterram-se a si próprios .
    O país é bonito, as pessoas tendencialmente manguiteiras à Bordalo, mas a deputagem, salvo raras excepções, só pensa em carreirismo montado às costas do Zé ou em fazer dele parvo delapidando o que é nosso, incluindo o direito ao respeito, à dignidade e à saúde pessoal!
    Fazemos mais pela democracia, nós que trabalhamos diariamente a baixo custo, que esta gente vaidos e ardilosa!

    • Isabel on 10 de Junho de 2024 at 13:40
    • Responder

    E se os outros sindicatos não tivessem assinado ainda poderíamos conseguir mais, mas existem pessoas que só pensam em si e nos partidos. Seremos sempre uma classe desunida!

    1. Duvido que assim fosse.
      Lembre-se do que conseguimos com os Antónios Costa, as negociações em nada deram apesar das greves maciças, das falsas negociações e das convocações ilegais de serviços minimos.
      Tem de haver cedências parte a parte, é isso que é uma negociação.
      Depois de resolver isto poderemos pensar em negociar outros pontos da carreira.
      Um passo de cada vez.

    • Susy on 10 de Junho de 2024 at 15:25
    • Responder

    Boa tarde! Da minha análise, se eu não usar toda a formação que fiz ou farei até 16 de Setembro (quando pressuponho mudar de escalão), poderei usá-la numa posterior mudança de escalão (em dezembro de 2025), estarei a pensar bem?

      • ûlme on 10 de Junho de 2024 at 17:31
      • Responder

      so deus sabe

  1. Arlindo, fiquei com uma dúvida, quem mudar ao 5-º ou 7.º escalão a 1 de julho de 2027, não tem direito a vaga adicional e sujeita-se à mesma às quotas?
    Obrigado.

  2. É que sempre fiquei com a ideia de que, enquanto durasse o período de reposição do tempo, não seríamos sujeitos às vagas… e a última tranche acontece a 1 de julho de 2027. Qual é a vossa leitura?

  3. Deve ser um erro neste artigo, o que estava previsto era até 1/7/2027 e não 1/1/2027.
    O texto era “Será ainda assegurado o acesso ao 5.º e 7.º escalões a todos os Professores que, por via da recuperação do tempo de serviço, reúnam as condições de progressão.”
    Mas vamos esperar para ver.

  4. A minha leitura é que, mais uma vez, FOMOS ENGANADOS! Vamos para a lista sim.

    • Olinda rodrigues on 11 de Junho de 2024 at 12:37
    • Responder

    Acho que as negociaçoes tem sido super produtivas
    Não gozaram com a nossa cara, como no tempo do outro governo

    • Fernando Moura on 11 de Junho de 2024 at 14:25
    • Responder

    Boa tarde, no meu caso eu mudaria para o 7º escalão no dia 5 de Julho de 2023, mas como tive bom não mudei.
    Neste caso como será? Irei mudar na mesma data e irei ser reçarcido monetáriamente desde Agosto de 2023?

      • 😉 on 11 de Junho de 2024 at 17:24
      • Responder

      Vai ter de pagar uma multa por errar.

    • JáSemFigados on 13 de Junho de 2024 at 19:48
    • Responder

    Rezem para que a lei venha cá para fora.
    Com papas e bolos se enganam os tolos …

    E mais não digo …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: