FNE admite surpresa com escolha de Fernando Alexandre para Ministro da Educação

 

FNE admite surpresa com escolha de Fernando Alexandre para Ministro da Educação

Numa primeira reação à escolha do economista Fernando Alexandre para liderar a pasta da Educação, o secretário-geral da Federação Nacional da Educação (FNE) admitiu à Agência LUSA alguma surpresa a propósito da escolha de Fernando Alexandre, ainda que lhe reconheça “um currículo riquíssimo”, e ainda que lhe pareça que, “de um ponto de vista abstrato”, esta opção não seja “a melhor solução” para a pasta, assume preferir esperar pela composição final deste ministério para tomar uma posição definitiva.

“Se aquilo que vier acontecer quando apresentarem as secretarias de Estado for termos secretários de Estado com autonomia, capacidade de intervenção, conhecedores daquilo que são as necessidades, que no caso da Educação têm vindo a ser notórias, tudo bem. Para já é um bocadinho precoce estarmos a avançar com o que for, porque nos falta agora perceber de que forma é que a estrutura será montada”, disse.

Garantido para a FNE é que assim que o Governo tomar posse, a 2 de abril, será enviado nesse mesmo dia um ofício a pedir uma reunião “com caráter de urgência” para apresentar as reivindicações da federação, para que o Governo “ainda possa incorporar alguma coisa” no seu programa.
FNE

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2024/03/fne-admite-surpresa-com-escolha-de-fernando-alexandre-para-ministro-da-educacao/

3 comentários

    • Padre Marx on 29 de Março de 2024 at 11:42
    • Responder

    A FNE vai abrir as pernas como abriu ao Crato, sempre foram uns vendidos, uns amarelinhos para dar um jeitinho ao Bloco Central (com mais tendência para o PSD).

    • pretor on 29 de Março de 2024 at 14:27
    • Responder

    Ministro da educação diz que não percebe nada da área

    https://streamable.com/e0bp6x

    É ver o video

    • Chungarelhos por todo o lado on 29 de Março de 2024 at 17:58
    • Responder

    Se a mulher é, como por aí dizem, sócia gerente de um ATL, o novo ME percebe que tem que continuar a desmontar a escola pública para dar mama a negociata privada que vive à custa de mais sacrifício para quem trabalha e é mal pago!
    O neoliberalismo à portuguesa está tão brega que nem os chungarelhos sabem que a matriz ideológica à qual se referem tão entusiasticamente, tal como a do lado oposto, defendia pilares sólidos na base e mãos do estado e os sociais democratas, de tão chungas que andam, nem sabem que a base da social democracia é de defesa da justiça social!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: