O Programa do PS

O Programa do PS refere o seguinte na página 67 e apenas por 9 vezes se refere aos “professores”. E depois de mais de suas horas de apresentação do Programa ainda não se ouviu falar na Educação.

Está vista a importância da Educação para Pedro Nuno Santos.

 

⟩ Iniciar negociações com os representantes dos professores com vista à recuperação do tempo de serviço de forma faseada;

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2024/02/o-programa-do-ps-3/

18 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • A. Ricardo Teixeira on 11 de Fevereiro de 2024 at 19:12
    • Responder

    O PS defende, agora, pois nós soubemos lutar para que tal acontecesse, a recuperação integral do tempo de serviço e não apresenta a distorção nas regras do concurso como o local de residência ou a avaliação de desempenho como defende o partidi que é promovido neste blogue. Devemos tentar esclarecer e não fazer propaganda.

      • Galhamba on 12 de Fevereiro de 2024 at 8:13
      • Responder

      Não defende nada… É o que tem acontecido até agora. Ou seja, uma mão cheia de nada.
      PS e esquerda radical nunca mais para mim!

        • AA on 13 de Fevereiro de 2024 at 16:51
        • Responder

        As propostas de resolução da situação da carreira dos professores apresentadas no parlamento pelo BE, CDU e PAN, em 2019, foram chumbadas pelo bloco central PS-PSD-CDS. Basta ler as medidas propostas para a educação, apresentadas nos respetivos programas, para perceber que tanto o PS como o PSD nada tencionam fazer para reverter a calamidade a que chegou a carreira docente e a escola pública. O PS tinha prometido o descongelamento e a restituição do tempo de serviço e, quando o BE e a CDU tentaram que fosse cumprida, o António Costa ameaçou com a demissão. Se houve erro da geringonça, foi acreditarem que o António Costa cumpriria promessas sem acordo escrito.
        Link: https://observador.pt/2019/05/10/professores-parlamento-debate-normas-da-direita-com-exigencias-para-recuperacao-do-tempo-total/

    • Valia a pena pensar nisto… on 11 de Fevereiro de 2024 at 19:37
    • Responder

    Apresentação do programa do PS, medidas para a educação… ZERO. Contagem do tempo de serviço, sem calendário!!! Reformados a dar aulas, igual à IL!
    Mas, pior de tudo, para ter uns tímidos aplausos, quando falou de professores, viu-se obrigado a pedi-los!!!! A perseguição do PS aos docentes encontra-se no auge. Votem neles, ou em quem contribuirá para lá colocá-los, e depois queixem-se.

    • Anabela Pinho on 11 de Fevereiro de 2024 at 20:37
    • Responder

    Aos professores nunca serviu, não serve nem servirá nunca uma maioria absoluta seja ela de que cor for…

    • Anabela Pinho on 11 de Fevereiro de 2024 at 20:51
    • Responder

    Os professores têm tido aquilo que merecem… Foram aceitando… Muitos ergueram bandeiras, a partir de presentes envenenados (professores titulares e afins, etc., etc.). Outros contentam-se com migalhas. Outros tantos, ainda, julgam-se até mesmo muito aptos para avaliar os seus pares. Muitos outros tem-se encostado no sofá, enquanto os colegas lutam pelo respeito e pela dignidade do ensino público, isto é, pelo respeito e dignidade também de todos os professores… Milagres? Isso não existe…

    • Rodrigo Alberto on 11 de Fevereiro de 2024 at 20:55
    • Responder

    Masoquismo não obrigado!

    • Lament on 11 de Fevereiro de 2024 at 21:35
    • Responder

    O PS, quer com a maioria da geringonça (sobretudo com ela), quer com a maioria absoluta, teve todas as condições para governar melhor e não o fez, revelou-se uma desilusão. PNS faz muito mal em não ter força para se distanciar claramente de tudo (e de todos) o que correu mal. É lamentável.

      • AA on 13 de Fevereiro de 2024 at 16:54
      • Responder

      As propostas de resolução da situação da carreira dos professores apresentadas no parlamento pelo BE, CDU e PAN, em 2019, foram chumbadas pelo bloco central PS-PSD-CDS. Basta ler as medidas propostas para a educação, apresentadas nos respetivos programas, para perceber que tanto o PS como o PSD nada tencionam fazer para reverter a calamidade a que chegou a carreira docente e a escola pública. O PS tinha prometido o descongelamento e a restituição do tempo de serviço e, quando o BE e a CDU tentaram que fosse cumprida, o António Costa ameaçou com a demissão. Se houve erro da geringonça, foi acreditarem que o António Costa cumpriria promessas sem acordo escrito.
      Link: https://observador.pt/2019/05/10/professores-parlamento-debate-normas-da-direita-com-exigencias-para-recuperacao-do-tempo-total/

    • ÉFazerAsContas on 11 de Fevereiro de 2024 at 22:43
    • Responder

    Sócrates, Costa e agora o competente Pedro Nuno Santos para acabar com “Portugal Inteiro”? Obrigado, mas não.

      • Well... on 11 de Fevereiro de 2024 at 23:04
      • Responder

      Well… O Sócrates é um case study. Passei o tempo dele na (muito difícil) oposição, quando toda gente, amigos, família, colegas de profissão!, achavam que eu exagerava, que éramos todos culpados e que ele tinha a coragem de fazer o que os outros não faziam. Muita gente da direita, inclusive, gostava do Sócrates. Comparar o Costa com o socretinismo é intelectualmente desonesto.

        • ÉFazerAsContas on 12 de Fevereiro de 2024 at 10:08
        • Responder

        Por meio de uma leitura mais atenta perceberá que não foi estabelecida nenhuma comparação. Há, sim, uma sequência de governação socialista que arruinou o país. Não se precipite!

        • Ex-Lenine on 12 de Fevereiro de 2024 at 23:07
        • Responder

        O Costa foi ministro do Sócrates e, na época, tentou silenciar o caso da pedofilia… Há escutas no YouTube disponíveis, basta ouvir!

    • Salazar Neves on 11 de Fevereiro de 2024 at 23:45
    • Responder

    METE NOJO!
    Porque razão está este grupo de professores que mais sofreu, que mais cortes e penalizações teve durante a Troika, a ser triplamente penalizado ?
    Porque razão tem este grupo de professores, que já muito pagou, de viver e de reformar-se sem o respetivo tempo de serviço a que têm direito e os que iniciam a carreira agora já não ?
    Há princípios constitucionais em causa e a serem violados. Recorram aos tribunais porque neste momento a associação de foras da Lei, de salafrários, de escroques e de gatunos está inserida no governo.

    • Professor maltratado on 12 de Fevereiro de 2024 at 8:21
    • Responder

    Bem me lembro das maravilhosas negociações dos últimos 8 anos! Muito más e a gozarem com quem trabalha! Querem mais do mesmo? Poupem-se!

      • AA on 13 de Fevereiro de 2024 at 16:59
      • Responder

      As propostas de resolução da situação da carreira dos professores apresentadas no parlamento pelo BE, CDU e PAN, em 2019, foram chumbadas pelo bloco central PS-PSD-CDS. Basta ler as medidas propostas para a educação, apresentadas nos respetivos programas, para perceber que tanto o PS como o PSD nada tencionam fazer para reverter a calamidade a que chegou a carreira docente e a escola pública. O PS tinha prometido o descongelamento e a restituição do tempo de serviço e, quando o BE e a CDU tentaram que fosse cumprida, o António Costa ameaçou com a demissão. Se houve erro da geringonça, foi acreditarem que o António Costa cumpriria promessas sem acordo escrito.
      Já agora, o PS governou nos últimos dois anos com uma maioria absoluta (só negociou com o Livre e com o PAN).

    • anónimo on 12 de Fevereiro de 2024 at 9:07
    • Responder

    De fictícias negociações estamos nós cheios!

    • JP on 12 de Fevereiro de 2024 at 21:36
    • Responder

    Aldrabices.
    Os gatunos e aldrabões, que roubaram tempo de serviço, roubaram tempo de redução da componente letiva, promoveram ultrapassagens indiciárias e de escalão, gozam com os professores desde Maria de Lurdes Rodrigues, puseram todos contra os professores, desautorizaram-nos e escravizaram-nos, agora esperam que isso seja miraculosamente esquecido e que vamos na cantiga mentirosa que andam a propagar de vez em quando.
    Agora TOMA!
    Nunca votarei nestes aldrabões!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: