Manual da Nova Aplicação da Progressão na Carreira

Juntamente com a nova funcionalidade no SIGRHE para as escolas iniciarem o preenchimentos dos dados da progressão dos docentes a DGAE lançou um manual desta nova aplicação.

Chamo a atenção para estas duas notas do referido manual.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2024/02/manual-da-nova-aplicacao-da-progressao-na-carreira/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ultracongelado on 21 de Fevereiro de 2024 at 16:07
    • Responder

    Olha, este pseudo Tavares e Karamba agora cria alteregos para despejar a sua diarreia mental e ter quem o apoie numa espécie de masturbação intelectual.
    Excelente trabalhador deves ser tu pá, que gastas imenso tempo por aqui a coçar a tua micose!
    Não vás ao médico, não!

    • PROFESSOR(A) on 22 de Fevereiro de 2024 at 14:54
    • Responder

    Isto é um espaço de e para professores e aceita-se linguagem destas? Pobre ensino pelos professores que tem. Não são melhor que os alunos. Bem antes pelo contrário: a posição obriga a determinados comportamentos éticos e morais.
    Deixar passar mensagens de professores (serão?) racistas, homofóbicos, xenófobos, mal formados e outros que tal, ou é propositado e com objectivos bem definidos pelos responsáveis do blog, ou é simplesmente incúria (o que me custa a acreditar).
    Tanto trabalho de qualidade que por vós é feito, para depois nos comentários “dar nisto”.

    • Ultracongelado on 23 de Fevereiro de 2024 at 11:39
    • Responder

    De facto este é um blogue de e para professores, mas isso não impede que qualquer um o possa frequentar e deixar por aqui comentários. Contingência de uma sociedade democrática.
    O Tavares, o Karamba, a Ana Quinas e o Zezé Camarinha sou o mesmo ser abjeto que por aqui gasta imenso tempo. Um adulto problemático que ainda tem amigos invisíveis. Percebe-se que é bastante curto de inteligência e que não é certamente professor pela forma como pensa e escreve o que publica. Percebe-se ainda que tem um trauma muito grande porque quis ser professor, uma carreira aberta a todos que queiram ingressar nela, mas não conseguiu, precisamente porque é pouco inteligente e além disso é muito parvo.
    Deixo pois um conselho que se desdobra em dois motivos:
    1° Não lutem com um porco, porque ele gosta;
    2° Se o fizerem, vão acabar por se sujarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: