FNE avança com queixa junto da Provedoria de Justiça

Em causa as ultrapassagens das colocações na Mobilidade Interna por docentes menos graduados que ficaram na RR1 e seguintes. Isto porque como também denunciei na altura os horários entregues na Mobilidade Interna apenas foram superiores a 14 horas.

 

FNE avança com queixa junto da Provedoria de Justiça

 

O Secretariado Nacional da Federação Nacional da Educação (FNE) reuniu na tarde desta 6ª feira, 15 setembro, em Lisboa, num encontro que serviu para além do debate interno sindical a nível de docentes e de pessoal de apoio educativo (PAE), ser realizado um balanço inicial da campanha “o futuro está na escola” que decorre em escolas de todo o país com a colocação de pendões, entrega de flyers com mensagens e concentrações nas entradas das escolas.

Esta reunião contou também com a preparação das próximas iniciativas a levar a cabo pela FNE neste início de ano letivo e que passam, além de várias ações ligadas às celebrações do Dia Mundial do Professor a 5 de outubro, pela apresentação de um site com o nome “mensagemaoministro” em que trabalhadores da educação poderão deixar uma mensagem ao Ministro da Educação com os seus desejos para um sistema educativo melhor no futuro. Os resultados destas mensagens serão depois reunidos num livro e entregues no Ministério por altura da época natalícia.

Neste Secretariado Nacional foram ainda debatidas e aprovadas três resoluções relativas a docentes, PAE e ao tema da educação ambiental e uma queixa a apresentar pela FNE junto da Provedoria de Justiça relativa à forma como decorreram os concursos de docentes este ano.

O Secretariado Nacional da FNE deixou no final deste encontro o reforço da mensagem sobre a disponibilidade e abertura da FNE para a negociação e sobre a urgência na resolução dos problemas que afetam os trabalhadores da educação mostrando que pretende, o mais urgentemente possível, o regresso à tranquilidade no funcionamento das escolas, ultrapassando as situações que se verificaram ao longo do ano letivo 2022-2023.

Resoluções aprovadas pelo Secretariado Nacional:

1. MÚLTIPLAS INSATISFAÇÕES NO INÍCIO DO ANO LETIVO

2. PELA CRIAÇÃO DE UM ESTATUTO DO PAE (Pessoal de Apoio Educativo)

3. URGÊNCIA DE MEIOS NA EDUCAÇÃO PARA A PROTEÇÃO DO AMBIENTE

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/09/fne-avanca-com-queixa-junto-da-provedoria-de-justica/

3 comentários

    • sapinhoVerde on 16 de Setembro de 2023 at 17:37
    • Responder

    Como já foi sugerido pelo Ilustre Colega Arlindo, e até já o referiu neste blog, porque não serem dinâmicas as colocações, de forma a que um Professor pudesse aceitar a colocação definitiva, ou aguardar por melhores colocações até ao início das aulas.
    Por acaso no ano passado concorri para a escola “E” (por causa do cheiro das tintas …) não obtive colocação nessa escola escola, mas na RR1 foi colocada um colega nesso horário (anual, completo)
    Por acaso este ano, foi colocado um Colega na 4ª prioridade na escola “F” (também por causa do cheiro das tintos) sendo eu prioridade superior (apenas não concorri pelos motivos que todos sabem) com horário “incompleto_para_mim”. Ou seja o horário nunca poderia ser para mim porque, por exemplo o horário seria de 18 horas e eu sendo prioridade 3 (por exemplo) teria que ter as 22 horas … mas um outro colega menos graduado pode apanhar um horário mais “reduzido” e numa escola de meu interesse.
    Portanto todos os horários superiores a (diga-se 11 horas) devem ser completados/completos, já que desta maneira se acabariam as ultrapassagens, sendo o citado dinamismo até à segunda RR.

    • Anónimo on 17 de Setembro de 2023 at 15:42
    • Responder

    É pena terem-se esquecido completamente de todos os professores que, tendo sido reposicionados indiviariamente no indice 151 antes de 2011 quando acabaram a profissionaliação, em vez de o serem no indice 167, que tinha já substituído o primeiro, ficaram a perder.
    E ainda continuaram a ser esquecidos em 2018 quando viram os seus colegas com menos tempo de serviço ainda lhes passarem à frente.
    Disto ninguém se lembra.
    Entretanto milhares estão prejudicados com isto, e continuarão para o resto das suas vidas.
    Obrigado por nada.

      • desinformados_há_muitos on 18 de Setembro de 2023 at 11:13
      • Responder

      Caro Anónimo, antes de dizer o que não sabe, informe-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: