Recomendação 3/2023 (Conselho das Escolas)

O Conselho das Escolas definiu um conjunto de recomendações para o Ministério da Educação, se houver quem as leia no Gabinete do Ministro já seria bom, mas como não me acredito muito que o Conselho das Escolas seja ouvido pelo Ministério da Educação, o que acho é que estas recomendações irão parar na mesma gaveta das propostas dos sindicatos.

 

II – RECOMENDAÇÃO

 

O Conselho das Escolas, preocupado com a possibilidade de a crispação e as formas de luta se alargarem ao início do próximo ano letivo, recomenda:

1. Que a tutela tome todas as medidas que permitam, antes do arranque do próximo ano letivo, a pacificação das comunidades educativas.

2. Que seja implementado pela tutela um Plano eficaz que permita iniciar o processo para resolver a falta de professores na escola pública.

3. Que seja alargado a 2023/2024 o Plano 21/23 Escola+, com a manutenção dos recursos existentes, de acordo com a Recomendação n.º 3/2022 do CE.

4. Que seja adiada por um ano a aplicação das provas finais digitais ao 9.º ano.

5. Que seja estabilizada a rede digital das escolas, concluindo o processo de entrega e garantindo a sustentabilidade dos equipamentos da Escola Digital, de acordo com a Recomendação n.º 2/2023 do CE.

Aprovado por unanimidade em 16 de junho de 2023

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/06/recomendacao-3-2023-conselho-das-escolas/

1 comentário

    • Falácias do governo on 21 de Junho de 2023 at 12:58
    • Responder

    Sindicatos: deixem de correr atrás do prejuízo e levem mas é os serviços mínimos em Educação, ao Tribunal Constitucional. Não havendo vidas em perigo, e podendo os exames serem realizados noutras datas, isto das “necessidades sociais impreteríveis” é uma falácia destinada unicamente a permitir pedir “serviços Mínimos” e acabar com greves.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: